???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4353
Tipo do documento: Dissertação
Título: ANÁLISE SOCIOAMBIENTAL E DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA NOS MUNICÍPIOS DE MATINHA E MONÇÃO – MARANHÃO
Título(s) alternativo(s): SOCIO-ENVIRONMENTAL ANALYSIS AND WATER-BORNE DISEASES IN THE MUNICIPALITIES OF MATINHA AND MONÇÃO – MARANHÃO
Autor: SOARES, Jacenilde Cristina Braga 
Primeiro orientador: RODRIGUES, Zulimar Márita Ribeiro
Primeiro membro da banca: RODRIGUES, Zulimar Márita Ribeiro
Segundo membro da banca: AQUINO JUNIOR, José
Terceiro membro da banca: FARIAS FILHO, Marcelino Silva
Quarto membro da banca: CELERI, Márcio José
Resumo: A contaminação da água representa risco à saúde da sociedade, principalmente a população mais vulnerável, pois são essas que vivem em precárias condições devido à limitação dos serviços de saneamento básico, comprometendo o bem estar da população. No Maranhão, estima-se que 45,3% da população não possuem acesso à água potável. Nesse contexto, a pesquisa objetivou analisar a influência dos condicionantes socioambientais e sanitários e a ocorrência de doenças de veiculação hídrica nos municípios de Matinha e Monção, localizados na Baixada Maranhense, nos anos 2015 e 2016. A pesquisa é descritiva e exploratória, em que se utilizou o método indutivo com abordagem quali-quantitativa, e a escolha dos dois municípios foi referente aos pontos de coletas das análises microbiológica realizada por Bastos (2016), na área urbana de Matinha e Monção. Foram aplicados 30 questionários em cada município em setembro de 2018, levando em consideração as áreas em que maiores valores de microrganismos que foram detectados em amostras coletadas e analisadas por Bastos (2016). Os dados coletados foram tabulados em planilhas no programa Microsoft Excel 2018. O resultado da tabulação tornou possível a criação dos gráficos para melhor apresentação dos resultados. Além disso, foi realizada visita in loco para aplicação dos questionários. Para a confecção dos mapas, utilizou-se o software de geoprocessamento Qgis 3.8.3. Os municípios de Matinha e Monção possuem um território privilegiado em potencial hídrico, entretanto, essa situação é preocupante, uma vez que ambos apresentam um sistema de saneamento básico insatisfatório. A utilização de fossa séptica foi observada em mais de 80% dos domicílios em ambos os municípios. A captação da água é realizada por meio de poços, atendendo toda a zona urbana, entretanto, 40% em Monção e 23% em Matinha utilizam fontes alternativas como de poços rasos e nascentes, onde mais da metade dos entrevistados não realizam nenhum tratamento na água consumida. Os municípios mostraram elevado número de casos de diarreia e gastroenterite, com total de 173 casos em Matinha e 124 em Monção totalizando 297 casos no ano de 2015. No ano de 2016 houve prevalência no número de casos totalizando 427 casos. Sendo que o período de alta pluviosidade foi aquele que mais registrou casos. Quanto ao tratamento da diarreia, 80% entrevistados alegaram fazer esse procedimento em casa. Vale lembrar que análises microbiológicas realizadas nesses municípios mostrou índice elevado de microrganismos causadores de doenças de transmissão hídrica. Compreende-se que os elementos ambientais como características do solo, declividade, pluviosidade e rede hidrográfica, associadas às condições sanitárias interferem na qualidade da água e comprometem a qualidade de vida e saúde dos moradores. Dessa forma, os municípios estudados necessitam de um sistema de monitoramento da qualidade da água destinada ao abastecimento público. Sugere-se que sejam desenvolvias ações integradas de políticas de saneamento, educação e a assistência à saúde que considerem as desigualdades e contribuam para a melhoria das condições de saúde da população e dos indicadores de saúde dos municípios.
Abstract: The water contamination represents a risk to society's health, especially the most vulnerable population, SINCE these are those who live in precarious conditions due to the limitation of basic sanitation services, compromising the well-being of the population. In Maranhão, it is estimated that 45.3% of the population does not have access to drinking water. In this context, the research aimed to analyze the influence of socio-environmental and health conditions and the occurrence of waterborne diseases in the municipalities of Matinha and Monção, located in Baixada Maranhense, in the years 2015 and 2016. The research is descriptive and exploratory, using the inductive method with a qualitative and quantitative approach, and the choice of the two municipalities was related to the points of collection of the microbiological analyzes performed by Bastos (2016), in the urban area of Matinha and Monção. Were applied 30 questionnaires in each municipality in September 2018, taking into account the areas in which the highest values of microorganisms that were detected in samples collected and analyzed by Bastos (2016). The collected data were tabulated in the Microsoft Excel 2018 program. The result of the tabulation made it possible to create the graphs for a better presentation of the results. In addition, visits were made to apply the questionnaires. To make the maps, the geoprocessing software Qgis 3.8.3 was used. The municipalities of Matinha and Monção have a privileged territory in terms of water potential, however, this situation is worrying, since both have an unsatisfactory basic sanitation system. The use of septic tanks was observed in more than 80% of households in both municipalities. The water is captured through wells, serving the entire urban area, however, 40% in Monção and 23% in Matinha use alternative sources such as shallow wells and springs, where over half of the respondents make no treatment in water consumed. Municipalities data showed a high number of cases of diarrhea and gastroenteritis, with a total of 173 cases in Matinha and 124 in Monção, totaling 297 cases in 2015. In 2016 there was a prevalence in the number of cases totaling 427 cases. The period of high rainfall was the one that registered the most cases. with regard to the treatment of diarrhea, 80% of respondents claimed to do this procedure at home. Remember that microbiological analyzes these municipalities showed high content of microorganisms that cause waterborne diseases. It is understood that environmental factors such as soil characteristics, slope, rainfall and river system, associated with health conditions affect water quality and compromise the quality of life and health of residents. Thus, the municipalities studied need a system for monitoring the quality of water destined for public supply. It is suggested that integrated actions be developed for sanitation, education and health care policies that take into account inequalities and contribute to improving the health conditions of the population and health indicators in the municipalities.
Palavras-chave: Contaminação;
Diarreia;
Saneamento básico
Contamination;
Diarrhea;
Basic Sanitation
Área(s) do CNPq: Doenças Infecciosas e Parasitárias
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE GEOCIENCIAS/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E AMBIENTE/CCBS
Citação: SOARES, Jacenilde Cristina Braga. Análise socioambiental e doenças de veiculação hídrica nos municípios de Matinha e Monção – Maranhão. 2019. 77 f. Dissertação (Programa de Pós-graduação em Saúde e Ambiente/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4353
Data de defesa: 26-Nov-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E AMBIENTE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JacenildeCristina.pdfDissertação de Mestrado25,01 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.