???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3716
Tipo do documento: Tese
Título: Análise do uso da andiroba (Carapa guianensis Aubl) na perspectiva do conhecimento tradicional e científico, da proteção intelectual e da atividade anti-Leishmania do óleo e frações.
Título(s) alternativo(s): Analysis of the use of andiroba (Carapa guianensis Aubl) from the perspective of knowledge traditional and scientific, intellectual protection and anti-Leishmania activity of the oil and fractions.
Autor: OLIVEIRA, Iara dos Santos da Silva 
Primeiro orientador: SILVA, Ana Lúcia Abreu
Primeiro coorientador: SOUZA, Fernando Almeida de
Primeiro membro da banca: SILVA, Ana Lúcia Abreu
Segundo membro da banca: SOUZA, Fernando Almeida de
Terceiro membro da banca: CARVALHO, Rafael Cardoso
Quarto membro da banca: CARDOSO, Flávia de Oliveira
Quinto membro da banca: SÁ, Joicy Cortez de
Resumo: Na região Amazônica, o óleo de andiroba (C. guianensis Aublet) é um dos produtos mais utilizados pela população devido as suas propriedades medicinais. O óleo extraído pode ser utilizado para diversos fins, tais como contusões, inflamações, verminoses, para cicatrização, afecções da garganta, tosses e infecção auricular. Existe uma grande variedade de aplicação dos produtos em escala comercial ou uso tradicional. O objetivo deste trabalho foi analisar as pesquisas desenvolvidas e patenteadas, referentes a esta espécie, descrever a composição química do óleo e frações, avaliar sua atividade anti-Leishmania e analisar o uso da andiroba na perspectiva do conhecimento tradicional na região do Baixo Munin, estado do Maranhão. Para a pesquisa de publicações científicas e tecnológicas foi utilizado o site Lens.org e bases de dados públicas do Instituto Nacional de Propriedade Industrial do Brasil (INPI), European Patent Office (EPO), LATPAT – Espacenet, World Intellectual Property Organization (WIPO), United States Patent and Trademark Office (USPTO). Aatividade anti-Leishmania foi avaliada contra formas promastigotas e amastigotas intracelulares de Leishmania amazonensis. Para o estudo das comunidades extrativistas na região do Munin, foi utilizada a metodologia de estudos de casos com aplicação de formulários e entrevistas aos integrantes envolvidos na cadeia produtiva da andiroba (C. guianensis Aublet). Os produtos relacionados aos termos de busca de patentes se destinaram principalmente a fins farmacêuticos, cosméticos, repelentes, processos de produção e utilidades diversas. Apesar do grande número de publicações relacionadas a estudos taxonômicos e ecológicos, estudos sobre as propriedades químicas e atividade biológica das espécies se destacaram. Os trabalhos científicos encontrados referem-se principalmente às atividades antiparasitária, anti inflamatória, cicatrizante, antimicrobiana, anti-proliferativa e antioxidante da andiroba. Três frações de óleo apresentaram atividade contra promastigotas (IC50 de 10,53; 25,30 e 56,90 µg/mL) e amastigotas intracelulares (IC50 de 27,31; 78,42 e 352,20 μg/mL) de L. amazonensis, bem como citotoxicidade contra macrófagos peritoneais (CC50 de 78,55,139,0 e 607,7 μg/mL). A atividade anti-Leishmania das frações de C. guianensis Aublet pode ser atribuída aos limonóides do grupo gedunina e andirobina detectados por Espectrometria de Massa de Ionização por Electrospray (ESI-MS). Verificou-se que o extrativismo da andiroba era realizada em regiões de floresta por extrativistas, com a participação de outros integrantes da cadeia produtiva, os atravessadores, fabricantes de sabão e consumidores. Foi constatado que os integrantes da cadeia produtiva estão organizados principalmente em prol do processamento do óleo de andiroba destinado às fábricas de sabão locais.
Abstract: In the Amazon region, andiroba oil is one of the products most used by the population due to its medicinal properties. The oil can be used for a number of purposes, such as bruises, inflammations, verminoses, for healing and recovery of the skin, throat affections, coughs, ear infections. There is a wide variety of application of the products in commercial scale or traditional use. The objective of this work wasto analyze the developed and patented research on this species, to describe the chemical composition of the oil and fractions, to evaluate its anti-Leishmania activity and to analyze the use of andiroba in the traditional knowledge perspective in the region of Baixo Munin, of Maranhão. The Lens.org website and public databases of the Brazilian Patent and Trademark Office (INPI), United States Patent and Trademark Office (USPTO), the European Patent Office (EPO), the LATPAT - Espacenet and the World Intellectual Property Organization (WIPO) were used for the research of scientific and technological publications. The anti-Leishmania activity was evaluated against the promastigotes and intracellular amastigotes of Leishmania amazonensis. For the study of the extractive communities in the Munin region, the methodology of case studies with application of forms and interviews with members involved in the andiroba production chain. Products related to patent search terms were mainly aimed at pharmaceuticals, cosmetics, repellents, production processes and various utilities. Despite the large number of publications related to taxonomic and ecological studies, studies on the chemical properties and biological activity of the species were highlighted. The scientific studies found are mainly related to the antiparasitic, anti-inflammatory, healing, antimicrobial, anti proliferative and antioxidant activities of andiroba. Three fractions of oil showed activity against promastigotes (IC50 of 10.53, 25.30 and 56.90 μg/mL) and intracellular amastigotes (IC50 of 27.31, 78.42 and 352.20 μg/mL) of L. amazonensis, as well as cytotoxicity against peritoneal macrophages (CC50 of 78.55, 139.0 and 607.7 μg/mL). The anti-Leishmania activity of the fractions of C. guianensis can be attributed to the limonoids of the gedunin and andirobine group detected in the chemical analysis. It was verified that extractive activity of andiroba was carried out in forest regions by extractivists, with the participation of other members of the productive chain, the middlemen, soap manufacturers and consumers. It was found that the members of the production chain are organized mainly for the processing of andiroba oil for local soap factories.
Palavras-chave: andiroba;
proteção intelectual;
biotecnologia;
limonóides;
Leishmania amazonensis;
extrativismo;
Região do Munin
andiroba;
intellectual protection;
biotechnology;
limonoids;
Leishmania amazonensis;
extractivism;
Region of Munin
Área(s) do CNPq: Farmacologia Clínica
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - RENORBIO/CCBS
Citação: OLIVEIRA, Iara dos Santos da Silva. Análise do uso da andiroba (Carapa guianensis Aubl) na perspectiva do conhecimento tradicional e científico, da proteção intelectual e da atividade anti-Leishmania do óleo e frações.. 2018. 116 f. Tese( Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia - RENORBIO/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3716
Data de defesa: 28-Jun-2018
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA/RENORBIO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IARA DOS SANTOS DA SILVA OLIVEIRA.pdfTese de Doutorado2,6 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.