???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2733
Tipo do documento: Dissertação
Título: As regras do jogo: neoliberalismo e contrarreforma no estado colombiano na década de 1990
Título(s) alternativo(s): The rules of the game: neoliberalism and counterreformation in the Colombian state in the 1990s
Autor: MAÑUNGA-ARROYO, Angela Patricia
Primeiro orientador: COUTINHO, Joana Aparecida
Primeiro membro da banca: COUTINHO, Joana Aparecida
Segundo membro da banca: JOHNSON, Guillermo Alfredo
Terceiro membro da banca: GALVE, Fernanda Rodrigues
Resumo: A pesquisa analisa, sob a orientação do materialismo histórico, as contrarreformas no Estado colombiano na década de 1990 numa relação de interdependência com as transformações econômicas e sociais da América Latina e do mundo, dado que a Colômbia não existe isolada, solta no ar, e as formas de dominação-acumulação que caracterizam o país, não podem ser percebidas sem um olhar para suas articulações regionais, nacionais e internacionais. Nesse sentido, demonstra-se a implantação de um projeto econômico, político e social, implementado pela burguesia nacional, em sintonia com os grupos de poder global, aprofundando a subordinação do Estado colombiano às agendas e interesses do capital internacional. Considera-se a importância do processo de desenvolvimento do imperialismo e do neoliberalismo, assim como a configuração do Estado colombiano no capital-imperialismo na sua fase neoliberal; debate fundamental para a análise da primeira onda de contrarreformas no Estado colombiano (1990-1998), uma vez que estes seguiram as alamedas da acumulação ditadas pelo capitalismo e suas novas configurações. Para o estudo e análise realizou-se pesquisa bibliográfica e documental, principalmente na constituição política e nos planos de desenvolvimento da década de 1990. Esse processo permite o desvelamento da implantação do neoliberalismo na Colômbia, a través da contrarreforma no Estado. Constata-se que, a Constituição colombiana de 1991 concedeu ao poder político as ferramentas necessárias para o desenvolvimento do neoliberalismo no país, ao tempo que manteve uma certa funcionalidade no ordenamento constitucional, isto é, a Constituição provê o Estado para a regulação das suas funções no desenvolvimento econômico. As contrarreformas no Estado colombiano na década de 1990 cumpriram o objetivo de especializar o Estado para garantir suas funções na sua relação orgânica com o capital. Assim, a abertura econômica e a modernização do Estado, geraram incremento na pobreza, desigualdade na distribuição de renda, altas taxas de desemprego e de informalidade do trabalho, desestimulação da produção nacional, déficit na balança comercial, insegurança e instabilidade social e institucional.
Abstract: The research analyzes, under the guidance of historical materialism, counter-reforms in the Colombian State in the 1990s. Analyze from a relationship of interdependence with the economic and social transformations of Latin America and the world. This is because Colombia does not exist in isolation, and the forms of domination-accumulation that characterize the country need to be perceived in a look at their regional, national and international articulations. In this sense, we demonstrate the implementation of an economic, political and social project that the national bourgeoisie implemented, in tune with the global power groups. The Colombian state deepened its subordination to the agendas and interests of international capital. The importance of the process of development of imperialism and neoliberalism, as well as the configuration of the Colombian State in capital-imperialism in its neoliberal phase is considered; a fundamental debate for the analysis of the first wave of counter-reforms in the Colombian state (1990-1998), since they followed the accumulation paths dictated by capitalism and its new configurations. For the study and analysis, we carried out bibliographical and documentary research, mainly in the political constitution and in the development plans of the 1990s. This process allows the unveiling of the implantation of neoliberalism in Colombia, through counter-reform in the State. It can be seen that the Colombian Constitution of 1991 granted political power the necessary tools for the development of neoliberalism in the country, while maintaining a certain functionality in the constitutional order, that is, the Constitution provides the State for the regulation of its functions in economic development. Counter-reforms in the Colombian State in the 1990s fulfilled the objective of specializing the state to guarantee its functions in its organic relationship with capital. Thus, economic opening and modernization of the State have led to an increase in poverty, inequality in income distribution, high rates of unemployment and informal work, discouragement of national production, trade deficit, insecurity and social and institutional instability.
Palavras-chave: Estado
Contrarreforma
Neoliberalismo
Colômbia
Década de 1990
State
Counter-Reformation
Neoliberalism
Colombia
1990s
Área(s) do CNPq: Políticas Públicas
Política Internacional
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS/CCSO
Citação: MAÑUNGA-ARROYO, Angela Patricia. As regras do jogo: neoliberalismo e contrarreforma no estado colombiano na década de 1990. 2019. 164 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas/CCSO) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2733
Data de defesa: 31-May-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANGELAMAÑUNGA-ARROYO.pdfDissertação de Mestrado1,06 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.