Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/772
Tipo do documento: Tese
Título: AS CONDIÇÕES DE EXPLORAÇÃO DA FORÇA DE TRABALHO NO BRASIL NA FASE ATUAL DO CAPITALISMO: uma análise do período 1990-2007
Título(s) alternativo(s): CONDITIONS OF THE WORKFORCE IN BRAZIL IN THE CURRENT STAGE OF CAPITALISM: an analysis of the period 1990-2007
Autor: Araujo, Elizeu Serra de 
Primeiro orientador: Lima, Valéria Ferreira Santos de Almada
Primeiro coorientador: Farias, Flávio Bezerra de
Resumo: A partir dos anos 1990, a economia brasileira, a exemplo de outras economias dependentes, passou por amplas transformações como parte da reação à crise estrutural do capital iniciada em meados dos anos 1970. Voltadas para o objetivo de recomposição das condições de acumulação, essas transformações tiveram como foco a recuperação da taxa de lucro e a criação de novos espaços de valorização do capital. O objetivo do trabalho é analisar como essas transformações repercutiram sobre as condições de exploração da força de trabalho no Brasil, levando em conta a sua condição de economia dependente. Para tanto, após a exposição dos fundamentos teóricos da exploração capitalista, situamos a questão da exploração no contexto específico da fase atual do capitalismo, tomando como referência as economias avançadas. A seguir, discutimos as especificidades da exploração da força de trabalho no caso das economias dependentes. Por fim, procedemos a uma estimativa empírica da taxa de mais-valia e ao levantamento de alguns indícios das modalidades predominantes de exploração no período, e tentamos identificar os principais determinantes do comportamento dessas variáveis. Por um lado, registra-se um aumento persistente do grau de exploração (com exceção do subperíodo 2005-2007). Esse aumento é atribuído ao prolongamento da fase depressiva do capitalismo mundial, que repôs em grau mais elevado a contradição entre produção e apropriação de mais-valia, e ao aprofundamento da dependência da economia brasileira, que resultou numa intensificação do volume de transferências de valor para as economias capitalistas avançadas. Por outro lado, esse aumento do grau de exploração está associado à manutenção de modalidades regressivas de exploração da força de trabalho. O mecanismo clássico da mais-valia relativa, embora também presente no período, ainda não apresenta o peso que geralmente possui nas economias avançadas em termos de contribuição para o aumento da taxa de mais-valia.
Abstract: Since the 1990‟s, Brazilian economy, like other dependent economies, has undergone broad changes as part of the reaction to the capital structural crisis started in the mid-1970‟s. Aiming at the restoration of accumulation conditions, these changes have focused on the recovery of the profit rate and the creation of new spaces of capital valorization. The purpose of this study is to analyze how these changes have affected the conditions of exploitation of the labor force in Brazil, taking into account their condition of dependent economy. For that purpose, after describing the theoretical foundations of capitalist exploitation, we placed the issue of exploitation in the specific context of the current phase of capitalism, taking as reference the advanced economies. Then, we discussed the specificities of exploitation of the labor force in the case of dependent economies. Finally, we performed an empirical estimate of the rate of surplus value and the survey of some indication of the leading modes of exploitation in the period, and tried to identify the main determinants of the behavior of these variables. On the one hand, there was a persistent increase in degree of exploitation (except for the underperiod 2005-2007). This increase is due to extension of the depressive phase of world capitalism, which has put on a higher level the contradiction between production and appropriation of surplus value, and the deepening of dependency of Brazilian economy, which resulted in an intensifying of the volume of transfers of value to advanced capitalist economies. On the other hand, this increase in degree of exploitation is associated with maintenance of regressive forms of exploitation of labor power. The classic mechanism of relative surplus value, although also present in the period, still does not present the weight that usually has in advanced economies in terms of contribution to the increase in the rate of surplus value.
Palavras-chave: Exploração
Força de trabalho
Economia brasileira
Dependência
Crise capitalista.
exploration
Workforce
Brazilian economy
dependence
capitalist crisis.
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA REGIONAL E URBANA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Políticas Públicas
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS/CCSO
Citação: ARAUJO, Elizeu Serra de. CONDITIONS OF THE WORKFORCE IN BRAZIL IN THE CURRENT STAGE OF CAPITALISM: an analysis of the period 1990-2007. 2011. 199 f. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2:8080/tede/handle/tede/772
Data de defesa: 22-Jul-2011
Aparece nas coleções:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese Eliseu Serra de Araujo.pdf1,53 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.