Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/760
Tipo do documento: Tese
Título: O plano de eliminação da hanseníase no Brasil em questão: o entrecruzamento de diferentes olhares na análise da política pública
Título(s) alternativo(s): THE PLAN OF ELIMINATION OF THE HANSENÍASE IN BRAZIL IN QUESTION: to cross of different looks in the analysis of the public politics
Autor: Figueiredo, Ivan Abreu
Primeiro orientador: Silva, Antonio Augusto Moura da
Resumo: Avaliação dos primeiros dez anos de vigência do Plano de Eliminação da Hanseníase (PEL) no Brasil (1995-2004) com base no entrecruzamento de olhares de diferentes sujeitos na análise desta política pública. Descreve-se o percurso histórico das ações de enfrentamento da hanseníase no imaginário social e sanitário, enfatizando os processos de construção e desconstrução de estigmas. Narra-se a trajetória de conversão do olhar do pesquisador na articulação entre as Ciências da Saúde e Ciências Sociais, descrevendo-se a constituição do caminho metodológico da investigação na perspectiva da complementaridade entre o aporte epidemiológico e o olhar sobre o mundo novo de sentidos e significados da entrevista narrativa. Explicitam-se as controvérsias relacionadas à meta de eliminação da hanseníase como problema de saúde pública , defendida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e adotada como diretriz da política pública de enfrentamento desta endemia pelo Ministério da Saúde (MS). Ao longo das análises, revela-se a fragilidade do conceito de eliminação defendido pela OMS/MS, com base tanto na análise estatística de tendência temporal de indicadores epidemiológicos e operacionais, como nos depoimentos de diferentes sujeitos participantes do PEL. Abordam-se expressões do ser hanseniano nas esferas pessoal, familiar, profissional e comunitária, a partir da ameaça de ruptura dos vínculos sociais, configurando-se processos de desfiliação. Descreve-se a terapêutica via poliquimioterapia (PQT), destacando eventuais prejuízos trazidos aos doentes, incluindo considerações sobre tempos diferenciados de cura para o médico e o doente e sobre os significados do abandono do tratamento. Contrasta-se a perspectiva restrita da meta de eliminação estatística da hanseníase com a trajetória de ampliação da abrangência das ações de controle desta doença no Brasil. Vislumbra-se a perspectiva de articulação das atividades de enfrentamento da hanseníase com o esforço de humanização do atendimento aos usuários ora em curso no MS.
Abstract: Evaluation of the first ten years (1995-2004) of validity of the Brazilian Leprosy Elimination Plan (LEP) based upon the crossing of looks from different subjects in the analysis of this public policy. The historical course of the actions opposed to leprosy in social and sanitarian imagination is described, emphasizing processes of building and deconstructing stigma. The researcher s route of gaze conversion in the articulation of Health and Social Sciences is told, describing the composition of the methodological investigation path under the perspective of complementarities between the epidemiological approach and looking at the new world of senses and meanings of the narrative interview. Controversies surrounding the aim of elimination of leprosy as a public health problem defended by WHO (World Health Organization) and adopted by the Brazilian Health Ministry (BHM) as a mainstay of the public policy opposed to this endemic are exposed. Throughout the analysis, the frailty of the elimination concept defended by WHO/BHM is showed, based upon statistical time trend analysis of epidemiological and operational indicators as well as testimonies from different subjects involved in LEP. Personal, family and professional repercussions of being a Hansen s disease patient are approached, considering as a starting point the threat of breaking social ties, outlining processes of unbelonging. The multi drug therapy (MDT) treatment is described, singularizing fortuitous damages brought to the clients, including considerations about patients and physicians different cure times for and meanings of treatment interruption. The restricted perspective of the statistic leprosy elimination aim is contrasted with the course of growing breadth of leprosy control actions in Brazil. The articulation of health activities opposed to leprosy with the effort of humanized care of the clients now occurring in BHM is glimpsed.
Palavras-chave: Hanseníase
Eliminação
Estigma
Políticas públicas de saúde
Humanização
Desfiliação
Adesão ao tratamento
Cura
Leprosy
Elimination
Stigma
Health Public Policies
Humanization
Unbelonging
Adherence to treatment
Cure
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Políticas Públicas
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS/CCSO
Citação: FIGUEIREDO, Ivan Abreu. THE PLAN OF ELIMINATION OF THE HANSENÍASE IN BRAZIL IN QUESTION: to cross of different looks in the analysis of the public politics. 2006. 211 f. Tese (Doutorado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2:8080/tede/handle/tede/760
Data de defesa: 14-Ago-2006
Aparece nas coleções:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Ivan Abreu figueiredo.pdf636,46 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.