Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/73
Tipo do documento: Tese
Título: AÇÃO ANTIMICROBIANA DE Anacardium Occidentale L: potencial biotecnológico na geração de produtos anticárie
Título(s) alternativo(s): ANTIMICROBIAL ACTION Anacardium Occidentale L.: biotechnological potential in the generation of anti-caries products
Autor: Silva, Rubenice Amaral da 
Primeiro orientador: Guerra, Rosane Nassar Meireles
Primeiro membro da banca: Nascimento, Flávia Raquel F.
Resumo: Anacardium occidentale L. (Anacardiaceae), espécie nativa do Brasil, é conhecida popularmente como cajueiro e muito utilizada como alimento e medicamento. O presente estudo teve como objetivos: organizar os dados publicados sobre as propriedades antimicrobianas de Anacardium occidentale, avaliar a ação antioxidante e antimicrobiana e investigar a composição química dos extratos das flores (EBFL), folhas (EBFO) e da casca do caule (EBC) de A. occidentale e avaliar a atividade antimicrobiana de um bioproduto obtido, visando sua utilização na profilaxia e tratamento auxiliar da cárie. A revisão considerou publicações de: Medline, Lilacs, Scielo, Chemical abstracts, PubMed, Biological Abstract, Web of Sciences e Highwire, entre 1980 e 2011, usando como descritores: Anacardium occidentale e as atividades antimicrobiana, antibacteriana, antifúngica e farmacológica e caju. A ação antioxidante foi determinada pelo ensaio de 2,2-difenil-picrilhidrazila (DPPH) e a antimicrobiana por difusão em agar, diluição em caldo e determinação da concentração bactericida (CBM) ou fungicida (CFM) mínima, utilizando cepas padrão de Streptococcus mutans, Lactobacillus acidophilus, Staphylococcus aureus e MRSA, Enterococcus faecalis, Streptococcus pyogenes, Pseudomonas aeruginosa, Proteus mirabilis, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Helicobacter pylori, Candida albicans e amostras clínicas de Salmonella choleraesuis, Candida albicans e Candida tropicalis. A composição química foi determinada por colorimetria, cromatrografia e espectroscopia. Do extrato das flores (EBFL), o mais ativo, foram obtidas frações que foram avaliadas quanto à ação antimicrobiana. Em relação a revisão de literatura foram encontrados 44 artigos e 3 dissertações sobre propriedades antimicrobianas do cajueiro. A maioria dos estudos utilizou extratos da casca (30%) e Staphylococcus aureus, incluindo as cepas MRSA, foram os micro-organismos mais estudados (68%). Nos ensaios para determinar a atividade antioxidante todos os extratos apresentaram valores semelhantes a quercetina, utilizada como controle positivo. Os resultados dos protocolos experimentais mostraram que o EBFL apresentou ação antimicrobiana mais efetiva por inibir o crescimento de todos os micro-organismos testados, tanto em culturas planctônicas como no biofilme. A fração F1 e um bioproduto à base de EBFL também apresentaram potente ação antimicrobiana sendo tão efetivos sobre micro-organismos cariogênicos quanto à clorexidina. No EBFL foram identificados ácidos orgânicos, alcaloides, compostos fenólicos, taninos hidrolisáveis, flavonas, flavonóis, xantinas, esteroides e triterpenos. Concluímos que as propriedades antimicrobianas e antioxidantes das flores podem estar relacionadas à presença de flavonoides e/ou de compostos fenólicos tais como ácidos anacárdicos, cardol e cardanol. Importante ressaltar que este trabalho é o primeiro relato sobre de A. occidentale quanto ao uso profilático e terapêutico em doenças bucais, em especial, a cárie e a candidíase.
Abstract: Anacardium occidentale, family Anacardiaceae, is popularly known as cashew tree and it is widely used as food and medicine. This study aimed to review data on antimicrobial properties of Anacardium occidentale, to evaluate the antioxidant and antimicrobial action and to investigate the chemical composition of the extracts of flowers (EBFL), leaves (EBFO) and stem bark (EBC) of A. occidentale, to evaluate the antimicrobial activity of the byproduct obtained in order to use it in the prophylaxis and adjunctive treatment of caries. This review considered publications by Medline, Lilacs, Scielo, Chemical Abstracts, PubMed, Biological Abstract, Web of Sciences and Highwire, between 1980 and 2011, using the descriptors: Anacardium occidentale, antimicrobial, antibacterial, antifungal and pharmacological activity and cashew. The antioxidant activity was determined by DPPH assay and the antimicrobial activity by agar diffusion, broth dilution, determination of the minimum bactericidal concentration (MBC) or minimum fungicide concentration (MFC), using standard strains of Streptococcus mutans, Lactobacillus acidophilus, Staphylococcus aureus, MRSA, Enterococcus faecalis, Streptococcus pyogenes, Pseudomonas aeruginosa, Proteus mirabilis, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Helicobacter pylori and Candida albicans and clinical samples of Salmonella choleraesuis, Candida albicans and Candida tropicalis. The chemical composition was determined by colorimetry, chromatography and spectroscopy. The EBFL, more active, was fractionated and the fractions were also evaluated for antibacterial action. Regarding the literature review, 44 articles and 3 dissertations about antimicrobial properties of cashew tree were found. Bark extracts were the mostly used in those researches (30%). Staphylococcus aureus, including MRSA strains were the most studied microorganisms (68%). All extracts have showed antioxidant activity compared to quercetin. On the other hand, the result of experimental protocols showed that the EBFL was presented as the one with the most active antimicrobial action against all microorganisms evaluated either in planktonic cultures or the biofilm. The fraction F1 and bioproduct-based EBFL have also showed potent antimicrobial activity. In EBFL there were identified organic acids, alkaloids, phenolics, hydrolysable tannins, flavones, flavonols, xanthines, steroids and triterpenes. This is the first research on the antioxidant and antimicrobial properties of the flowers of A. occidentale on the prophylactic and therapeutic use in oral diseases, particularly caries and candidiasis, activities that may be related to the presence of flavonoids, tannins, organic acids, alkaloids and phenolic compounds such as anacardic acid, cardol and cardanol.
Palavras-chave: Cárie dentária - Cajueiro (Anacardium occidentale L.) - Uso profilático
Farmacologia
Análise físico-química
Dental caries - Cashew tree (Anacardium occidentale L.) - Prophylactic use
Pharmacology
Physical and chemical analysis
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Fertilização
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - RENORBIO/CCBS
Citação: SILVA, Rubenice Amaral da. ANTIMICROBIAL ACTION Anacardium Occidentale L.: biotechnological potential in the generation of anti-caries products. 2012. 154 f. Tese (Doutorado em Fertilização) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2:8080/tede/handle/tede/73
Data de defesa: 26-Abr-2012
Aparece nas coleções:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA/RENORBIO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese Rubenice Amaral da Silva.pdf3,61 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.