Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/70
Tipo do documento: Tese
Título: VENENO DE Tityus Serrulatus: uma ferramenta biotecnológica na modulação do sistema imunológico
Título(s) alternativo(s): VENOM Tityus Serrulatus: a biotechnology tool in modulation of immune system
Autor: Maciel, Márcia Cristina Gonçalves 
Primeiro orientador: Nascimento, Flávia Raquel F.
Primeiro membro da banca: Guerra, Rosane Nassar Meireles
Resumo: Os escorpiões do gênero Tityus são de grande importância para a saúde pública do Brasil devido aos acidentes e a potencialidade de seu veneno em causar casos clínicos graves e às vezes fatais principalmente em crianças. O veneno destes aracnídeos induz uma resposta inflamatória, apresenta atividade antimicrobiana e, além disso, mantém a sobrevida de animais com sepse induzida por ligadura e perfuração cecal (CLP). Os objetivos deste estudo foram: avaliar a cinética de ativação e migração celular, fazendo uma comparação entre os venenos de T.serrulatus e T.bahiensis em animais naive (artigo 01); investigar o recrutamento de células para os órgãos linfóides, a ativação destas células e a produção de citocinas após estimulação com o veneno de T. serrulatus em animais naive (artigo 02); e averiguar o efeito do veneno de escorpião Tityus serrulatus sobre o sistema imunológico de animais nos quais foi induzida a infecção polimicrobiana por ligadura e perfuração cecal - CLP (artigo 03). Os animais receberam os venenos de T. serrulatus ou T. bahiensis, via intraperitoneal e após 30, 120 e 360 minutos foram sacrificados para quantificação da celularidade nos órgãos linfoides (artigo 01). No artigo 02, os camundongos receberam apenas o veneno de T. serrulatus e após 30, 120 e 360 minutos, foram sacrificados para quantificação da celularidade nos órgãos linfoides, investigação da ativação celular e produção de citocinas. No artigo 03, os camundongos receberam veneno de T. serrulatus 6h antes da indução da sepse letal por CLP. Após 12h da indução de CLP, uma parte dos animais foi separada para o acompanhamento da sobrevida e outra parte foi sacrificada, o sangue foi coletado para a contagem de plaquetas e obtenção de soro para determinação das concentrações de nitrito sérico e quantificação de citocinas. Foi feita a quantificação da celularidade dos órgãos linfóides e do lavado broncoalveolar por microscopia. O pulmão foi retirado para realização dos cortes histológicos para analisar o edema e o influxo de células para a cavidade pulmonar. A ativação celular também foi avaliada através da liberação de peróxido de hidrogênio pelas células peritoneais. O tratamento foi feito sempre na dose não letal de 200 μg/kg, via intraperitoneal ou subcutânea. Os resultados demonstraram que os venenos (T. serrulatus e T. bahiensis) interferem no recrutamento de células para os órgãos linfoides. O veneno de T. serrulatus induziu um aumento do número de neutrófilos sanguíneos e aumento de IL-6, TNF-α, IL-10, reduziu o número de células no peritônio e baço e promoveu um aumento do número de células no linfonodo. No experimento em que foi induzida CLP nos animais, o veneno impediu a morte dos camundongos com infecção polimicrobiana, reduziu o edema pulmonar, não reduziu citocinas inflamatórias. Houve um aumento de IL-6 e MCP-1no lavado broncoalveolar. O aumento de IL-10 foi identificado no soro dos animais tratados com veneno nos quais a CLP foi induzida. O veneno é uma ferramenta biotecnológica importante na manutenção da sobrevida de quadros infecciosos capazes de induzir óbito, pois estimula o sistema imunológico, induzindo a ativação celular com liberação de citocinas e de produtos microbicidas como, por exemplo, peróxido de hidrogênio. O veneno de escorpião é considerado uma importante fonte de substâncias que se constituem em matérias-primas ou protótipos para síntese de novos fármacos ou bioprodutos profilático de baixo custo para o controle de infecções, atuando como antimicrobiano e ao mesmo tempo fazendo a manutenção da resposta imunológica evitando a letalidade.
Abstract: The scorpions of the genus Tityus are really important to public health in Brazil due to accidents and venom s potentiality to cause serious clinical cases, and sometimes fatal, especially in children. The poison of these arachnids induces an inflammatory response, has antimicrobial activity and furthermore maintains the survival of animals with induced by cecal ligation and puncture (CLP) sepsis. The purpose of this study were: evaluate the kinetics of activation and cell migration by making a comparison between venoms (T.serrulatus and T.bahiensis) in naive animals (Article 01); investigate the recruitment of cells to the lymphoid organs, the activation of these cells and cytokine production after stimulation with the venom of T. serrulatus in naive animals (Article 02); and investigate the effect of T. serrulatus scorpion venom on the immune system of animals which was induced polymicrobial infection cecal ligation and puncture - CLP (Article 03). The animals received the poisons of T. serrulatus or T. bahiensis, intraperitoneally and after 30, 120 and 360 minutes were sacrificed for quantification of cellularity in lymphoid organs (Article 01). In Article 02, the mice received only the venom of T. serrulatus and after 30, 120 and 360 minutes were sacrificed for quantification of cellularity in lymphoid, investigation of cell activation and cytokine production organs. In Article 03, the mice received venom of T. serrulatus 6h before induction of lethal sepsis by CLP. After 12 hours of induction of CLP, a part of animals was separated for monitoring survival and another part were sacrificed, blood was collected for platelet count and obtain serum for determination of serum nitrite and quantification of cytokines. Quantification of cellularity of lymphoid organs and bronchoalveolar lavage was performed by microscopy. The lung was removed to perform the histological sections to analyze the edema and the influx of cells into the lung cavity. The activation was also assessed by the release of hydrogen peroxide by peritoneal cells. The treatment was always done in non-lethal dose of 200 μg/kg, intraperitoneal or subcutaneous injection. The results showed that the poisons interfere with recruitment of cells to the lymphoid organs. The venom of T. serrulatus led to an increased number of blood neutrophils and increased IL -6, TNF- α, IL-10 reduced the number of cells in the spleen and peritoneum associated with an increase in the number of cells in the lymph node. In the experiment in which CLP was induced in the animals, poison prevented death of mice with polymicrobial infection, reduced pulmonary edema, did not reduce inflammatory cytokines. There was an increase in IL-6 and MCP-1 in BAL. Increased IL-10 has been identified in the serum of treated animals in which the poison was induced by CLP. The poison is an important biotechnological tool in maintaining the survival of infectious conditions capable of inducing death, because it stimulates the immune system, inducing cell activation with release of cytokines and microbicidal products such as, for example, hydrogen peroxide. The scorpion venom is considered an important source of substances that constitute raw materials or templates for the synthesis of new drugs or prophylactic bioproducts low cost for the control of infections, acting as antimicrobial and at the same time maintaining the immune response avoiding lethality
Palavras-chave: Imunologia
Veneno
Sepse
Inflamação
Immunology
Poison
Sepsis
Inflammation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Fertilização
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - RENORBIO/CCBS
Citação: MACIEL, Márcia Cristina Gonçalves. VENOM Tityus Serrulatus: a biotechnology tool in modulation of immune system. 2014. 94 f. Tese (Doutorado em Fertilização) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: http://tede2:8080/tede/handle/tede/70
Data de defesa: 14-Fev-2014
Aparece nas coleções:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA/RENORBIO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese Marcia Cristina Goncalves Maciel.pdf3,24 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.