???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4921
Tipo do documento: Dissertação
Trabalho sob sigilo. Motivo: Publicação em Periódico Cientifico. Período de Sigilo: 1 ano de sigilo.
Título: Caracterização sociodemográfica, clínica e qualidade de vida de pessoas afetadas pela Hanseníase em município da Baixada Maranhense
Título(s) alternativo(s): Sociodemographic, clinical and quality of life characterization of people affected by leprosy in the municipality of Baixada Maranhense
Autor: CARNEIRO, Cristina Rosângela do Nascimento 
Primeiro orientador: AQUINO, Dorlene Maria Cardoso de
Primeiro membro da banca: AQUINO, Dorlene Maria Cardoso de
Segundo membro da banca: FIGUEIREDO, Ivan Abreu
Terceiro membro da banca: COUTINHO, Nair Portela Silva
Resumo: INTRODUÇÃO: A hanseníase é uma doença crônica, com alta infectividade, gerando sequelas que afetam a realização das atividades, gerando estigmas que interferem na qualidade de vida. O conceito de qualidade de vida envolve experiências que vão das necessidades elementares, até a sensação de realização e felicidade pessoal. O Brasil é o segundo país com maior número de casos no mundo, tornando a hanseníase um problema de saúde pública. OBJETIVO: Analisar as características sociodemográficas, clínicas e qualidade de vida de pessoas afetadas pela hanseníase, em município da Baixada Maranhense. MATERIAL E MÉTODO: Estudo epidemiológico descritivo, envolvendo população de indivíduos com idade igual ou superior a 18 anos, notificados como casos de hanseníase em acompanhamento no município de Pinheiro – MA, em 2022. Dados obtidos por aplicação de formulário - Casos de Hanseníase, ficha de Avaliação Neurológica Simplificada e do Índice de Qualidade de Vida em Dermatologia, análise de dados secundários extraídos das fichas do Sistema de Informação de Agravos de Notificação e prontuários. Coleta realizada de junho de 2022 a janeiro de 2023. Informações digitadas no software Microsoft Excel® e analisadas no programa EPI-INFO, versão 7. RESULTADOS: O perfil da amostra apresentou maior frequência no sexo masculino (72,22%), cor/raça pardo (66,67%), elevados percentuais entre analfabetos (27,78%) e renda familiar de R$ 1.200,00 a 2.400,00 (55,56%). Frequência maior entre as formas multibacilares (61,11%), grau zero de incapacidade física (44,44%), pessoas sem história de hanseníase na família (72,22%) e tempo de doença de menos de um ano (44,44%). O DLQI apresentou comprometimento da qualidade de vida maior no sexo masculino (76,92%), pretos (80%) e pardos (75%), entre os analfabetos (100%) e educação superior incompleta (100%), nas pessoas com renda familiar de R$ 1.200,00 a 2.400,00 (80%). Comprometimento entre os casos multibacilares (81,82%), grau II (100%), com história de hanseníase na família (80%) e tempo de doença menos de um ano (87,50). Apenas 27,78% do Escore não apresentaram comprometimento da qualidade de vida. Na avaliação das questões/domínios, os resultados demonstraram que todos os participantes foram afetados. O município apresenta parâmetro de endemicidade muito alto, há comprometimento da qualidade de vida das pessoas que vivem com hanseníase, necessidade de melhorias das ações de vigilância epidemiológica e incentivo às pesquisas com temas que envolvam as doenças negligenciadas, com maior enfoque na atenção e gestão do cuidado em saúde, principalmente na Estratégia Saúde da Família.
Abstract: INTRODUCTION: Leprosy is a chronic disease with high infectivity, it causes sequelae that affect the performance of activities, generating stigmas that interfere with the quality of life. The concept of quality of life involves experiences ranging from basic needs to a sense of fulfillment and personal happiness. Brazil is the second country with the highest number of cases in the world, making leprosy a public health problem. OBJECTIVE: To analyze the sociodemographic, clinical, and quality of life characteristics of people affected by leprosy, in a Municipality in Baixada Maranhense. MATERIAL AND METHOD: Descriptive epidemiological study, involving population of individuals aged 18 years or over and were notified as cases of leprosy under follow-up in the Municipality of Pinheiro – MA, in 2022. Data was collected by applying a form - Leprosy Cases, Simplified Neurological Assessment form and the Physical Quality of Life Index in Dermatology, analysis of secondary data taken from the National Disease Notification System (SINAN) forms and medical records. Collection carried out from June 2022 to January 2023. Information typed in the Microsoft Excel® software and analyzed in the EPI-INFO program, version 7. RESULTS: The sample profile was more frequent in males (72.22%), brown color/race (66.67%), high percentages among illiterates (27.78%) and family income between BRL 1,200.00 and 2,400.00 (55.56%). Higher frequency between the multibacillary form (61.11%), zero degree of physical disability (44.44%), people no history of leprosy in the family (72.22%), and disease duration of less than one year (44.44%). The DLQI showed a greater impairment of quality of life in males (76.92%), black (80%) and brown (75%), among the illiterate (100%) and incomplete higher education (100%), in people with family income between BRL 1,200.00 and 2,400.00 (80%). Commitment between the multibacillary (81.82%), degree II (100%), with a family history of leprosy (80%), and disease duration of less than 1 year (87.50%). Only 27.78% of the Score did not show impairment of quality of life. In the evaluation of questions/domains, the results showed that all were affected. The municipality has a very high endemicity parameter, there is impairment in the quality of life of people living with leprosy, there is a need for improvement in epidemiological surveillance actions and financial incentive for research on topics involving neglected diseases, with greater focus on care and health management, especially in the Family Health Strategy.
Palavras-chave: Hanseníase;
Epidemiologia;
Qualidade de Vida;
Doenças Negligenciadas
Leprosy;
Epidemiology;
Quality of Life;
Neglected Diseases
Área(s) do CNPq: Enfermagem de Saúde Pública
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDE - REDE NORDESTE DE FORMAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA/CCBS
Citação: CARNEIRO, Cristina Rosângela do Nascimento. Caracterização sociodemográfica, clínica e qualidade de vida de pessoas afetadas pela Hanseníase em município da Baixada Maranhense. 2023. 108 f. Dissertação( Programa de Pós-graduação em Rede -Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2023.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4921
Data de defesa: 30-Mar-2023
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - REDE NORDESTE DE FORMAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cristina Parcial.pdfDissertação de Mestrado108,03 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.