???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4435
Tipo do documento: Tese
Título: Associação do baixo peso ao nascer e função pulmonar em adolescentes de uma coorte de nascimentos
Título(s) alternativo(s): Association of low birth weight and lung function in adolescents from a birth cohort
Autor: LIMA NETO, Pedro Martins 
Primeiro orientador: SIMÕES, Vanda Maria Ferreira
Primeiro membro da banca: CARDOSO, Viviane Cunha
Segundo membro da banca: MARTINS, Marília da Glória
Terceiro membro da banca: CARTÁGENES, Maria do Socorro de Sousa
Quarto membro da banca: BATISTA, Rosângela Fernandes Lucena
Resumo: Introdução. A influência do peso ao nascer no aparecimento de doenças em outras fases da vida ainda não foi totalmente esclarecida, mas está fortemente associada à teoria das origens desenvolvimentistas da saúde e da doença. A função pulmonar dos nascidos com baixo peso se mostrou prejudicada, com danos persistentes em outras fases da vida, como na adolescência. Objetivo. Investigar a associação do baixo peso ao nascer com a função pulmonar. Materiais e métodos. No primeiro artigo foi realizada uma revisão integrativa por meio de pesquisa nas bases de dados eletrônicas Scopus, PubMed, SciELO e Lilacs no período de maio a junho de 2020. Foram selecionados artigos em todos os idiomas, sem filtro quanto ao ano de publicação, que avaliaram a função pulmonar por meio de exame espirométrico em crianças e adolescentes com baixo peso ao nascimento. Foram encontrados 64 artigos, sendo 18 deles incluídos no estudo de revisão. O segundo artigo trata-se de um estudo analítico, longitudinal, baseado em um estudo de coorte de nascimentos. A função pulmonar de 650 adolescentes (18 e 19 anos) foi avaliada através do exame espirométrico. Para verificar a associação entre as variáveis categóricas, foi utilizado o teste Qui-quadrado de independência, considerando o nível de significância de 5%. Foram calculadas razões de prevalência e intervalo de confiança de 95%. Os valores espirométricos foram analisados em relação ao sexo, peso ao nascer, classificação econômica, atividade física, tabagismo, padrão de consumo de álcool, índice de massa corpórea, rinite e asma. Resultados. No artigo de revisão, primeiro artigo, os estudos mostraram que o baixo peso ao nascer parece influenciar negativamente a função pulmonar em crianças e adolescentes, e os efeitos desse comprometimento podem ser duradouros e persistir por outras fases da vida. No segundo artigo, que avaliou os valores espirométricos dos indivíduos, o fluxo expiratório forçado médio entre 25% e 75% da capacidade vital forçada (FEF25-75%) apresentou um valor não adequado em 61,2% dos adolescentes avaliados. Sexo, classificação econômica, atividade física, consumo de álcool, índice de massa corpórea, rinite e asma foram as variáveis que apresentaram associação com pelo menos um dos valores espirométricos avaliados. O baixo peso ao nascer e o tabagismo não tiveram efeitos significativos em relação aos valores espirométricos. Conclusão. Há resultados conflitantes descritos na literatura sobre a influência do peso ao nascer na função pulmonar de adolescentes. No artigo de revisão parece ser clara essa associação, porém não foi encontrada a mesma relação no artigo original. Por esses fatos, sugere-se que novas pesquisas sejam continuadas com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre o tema.
Abstract: Introduction. The influence of birth weight on the appearance of diseases at other stages of life has not yet been fully clarified, but it is strongly associated with the theory of the developmental origins of health and disease. Lung function in low birth weight infants was impaired, with persistent damage in other stages of life, such as adolescence. Objective. To investigate the association of low birth weight with lung function. Material and methods. In the first article, an integrative review was carried out through a search in Scopus, PubMed, SciELO and Lilacs electronic databases from May to June 2020. Articles in all languages were selected, without filtering the year of publication, which evaluated lung function through spirometry in children and adolescents with low birth weight. A total of 64 articles were found, 18 of which were included in the review study. The second article is an analytical, longitudinal study, based on a birth cohort study. The pulmonary function of 650 adolescents (18 and 19 years old) was evaluated through spirometry. To verify the association between the categorical variables, the chi-square test of independence was used, considering a significance level of 5%. Were calculated prevalence ratios and 95% confidence interval. Spirometric values were analyzed in relation to sex, birth weight, economic classification, physical activity, smoking, alcohol consumption pattern, body mass index, rhinitis and asthma. Results. In the review article, the first article, the studies showed that low birth weight seems to negatively influence lung function in children and adolescents, and the effects of this impairment can be long-lasting and persist for other stages of life. In the second article, which evaluated the values of individuals, the mean forced expiratory flow between 25% and 75% of the FVC (FEF25-75%) presented an inappropriate value in 61.2% of the adolescents evaluated. Gender, economic classification, physical activity, alcohol consumption, body mass index, rhinitis and asthma were the variables that were associated with at least one of the spirometric values evaluated. Low birth weight and smoking had no significant effects on spirometric values. Conclusion. There are conflicting results described in the literature on the influence of birth weight on lung function in adolescents. In the review article, this association seems to be clear, but the same relationship was not found in the original article. For these facts, it is suggested that further research be continued with the aim of deepening knowledge on the subject.
Palavras-chave: baixo peso ao nascer;
espirometria;
estudo de coortes;
crescimento e desenvolvimento;
low birth weight;
spirometry;
cohort studies;
growth and development.
Área(s) do CNPq: Saúde Pública
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: LIMA NETO, Pedro Martins. Associação do baixo peso ao nascer e função pulmonar em adolescentes de uma coorte de nascimentos. 2022. 131 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4435
Data de defesa: 7-Nov-2022
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PedroMartins.pdfTese de Doutorado4,35 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.