???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4220
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação morfológica da placenta do Holochilus scireus naturalmente infectado pelo Schistosoma mansoni
Título(s) alternativo(s): Morphological evaluation of the Holochilus scireus placenta naturally infected by Schistosoma mansoni
Autor: LEÔNCIO, Gabriel Gomes 
Primeiro orientador: SILVA, Ana Lúcia Abreu
Primeiro membro da banca: SILVA, Ana Lúcia Abreu
Segundo membro da banca: CORTEZ, Joicy
Terceiro membro da banca: SILVA, Neuton da
Quarto membro da banca: BRANDÃO, Maria do Desterro Soares
Resumo: A esquistossomose é uma parasitose causada pelo trematódeo Schistosoma mansoni. Segundo o Ministério da Saúde, a esquistossomose no Maranhão é endêmica em mais de 20 municípios. A transmissão dessa parasitose ocorre por meio do contato com coleções de água doce, contaminadas por ovos de S. mansoni, onde também estejam presentes os hospedeiros intermediários (caramujos do gênero Biomphalaria). Tendo em vista a semelhança entre a placenta dos roedores e a placenta humana (discoidal hemocorial), aliada a falta de literatura científica existente, este trabalho teve por objetivo caracterizar histologicamente a placenta de roedores Holochilus sp naturalmente infectados por Schistosoma mansoni que habitam na Baixada Maranhense. Foram avaliados no período de setembro de 20019 a março de 2020 um total de 13 fêmeas da espécie Holochilus scireus, das quais quatro encontravam-se em diferentes estágios de gestação. Os roedores do gênero Holochilus sp encontrados mostraram-se no estudo suscetíveis à infecção por S. mansoni. Sendo que neste trabalho podemos concluir que a placenta do roedores do gênero Holochilus sp apresenta-se de forma semelhante a humana, porém do ponto de vista da transmissão vertical observou-se que aplacenta cumpre seu papel no de preservação e proteção fetal.
Abstract: Schistosomiasis is a parasitosis caused by the trematode Schistosoma mansoni. According to the Ministry of Health, the schistosomiasis in Maranhão is endemic in more than 20 municipalities. The transmission of this parasitosis occurs through contact with fresh water collections, contaminated by S. mansoni eggs, where intermediate hosts (snails of the genus Biomphalaria) are also present. In view of the similarity between the rodent placenta and the human (hemocorial discoid) placenta, combined with the lack of existing scientific literature, this study aimed to histologically characterize the rodent placenta Holochilus sp naturally infected by S. mansoni that inhabit the Baixada Maranhense. From September 20019 to March 2020, a total of 13 females of the species H. scireus were evaluated, of which 4 were in different stages of pregnancy. The rodents of the genus Holochilus sp found in the study were susceptible to infection by S. mansoni.
Palavras-chave: S. Mansoni;
Holochilus sp;
caracterização histológica;
S. Mansoni;
Holochilus sp;
histological characterization.
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: LEÔNCIO, Gabriel Gomes. Avaliação morfológica da placenta do Holochilus scireus naturalmente infectado pelo Schistosoma mansoni. 2021. 48 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2021
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/4220
Data de defesa: 26-May-2021
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GabrielLeoncio.pdfDissertação de Mestrado3,02 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.