???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3808
Tipo do documento: Tese
Título: Dinâmica espacial e temporal da ocorrência de hepatite B em gestantes no Brasil
Título(s) alternativo(s): Spatial and temporal dynamics of hepatitis B occurrence in pregnant women in Brazil
Autor: ALBUQUERQUE, Ingrid de Campos 
Primeiro orientador: FERREIRA, Adalgisa de Souza Paiva
Primeiro membro da banca: FERREIRA, Adalgisa de Souza Paiva
Segundo membro da banca: SILVA, Tereza Cristina
Terceiro membro da banca: FERREIRA, Thaís Furtado
Quarto membro da banca: BRANCO, Maria dos Remédios Freitas Carvalho
Quinto membro da banca: QUEIROZ, Rejane Christine de Sousa
Resumo: Introdução: A hepatite B é uma infecção viral (HBV) considerada um problema de saúde pública mundial, no qual um dos mecanismos de transmissão é via transversal, implicando a possibilidade de transmissão para os recém-nascidos, possibilitando a persistência da infecção na forma crônica. Objetivo: Analisar a tendência e distribuição espacial da hepatite B em gestantes no Brasil. Métodos: Estudo ecológico a partir de todos os casos notificados de hepatite B em gestantes pelo Sistema Nacional de Agravos de Notificação entre 2009 e 2018. A análise espacial foi realizada por meio do Índice Global de Moran para os dados globais e dos Indicadores Locais de Associação Espacial (Lisa) para os 5.570 municípios do país. Analisaram-se as tendências temporais por Estado através de regressão linear, considerando- se p<0,05. Resultados: Foram notificadas 15.253 gestantes com HBV, com a maioria entre 20 a 39 anos (82,22%), pardas (40,58%), contaminadas por via sexual (28,16%), diagnóstico no terceiro trimestre (37,55%) e classificadas como portadoras crônicas (79,59). Entre 2009 a 2018, na análise das taxas brutas observou-se concentração dos casos nos municípios da região Norte (Amazonas, Rondônia e Acre), Centro-Oeste (Mato Grosso) e Sul (Paraná e Santa Catarina). As taxas suavizadas, em todos os biênios, foram menores, mas com maior número de casos em municípios das mesmas regiões da taxa bruta. O Índice Global de Moran (I) obtido para o período entre 2009 a 2018 (I = 0,056) apresentou uma associação espacial positiva. Enquanto, nos Indicadores Locais de Associação Espacial (Lisa) observou-se 78 municípios no cluster alto-alto, com concentração na região Sul (51,28%). O cluster baixo- baixo totalizaram 48, a maioria localizados na região Sudeste (72,91%). Ao analisar a tendência verificou-se que foi crescente no Maranhão (p=0,004) e Pernambuco (p=0,007) e com diminuição no Mato Grosso (p=0,012), Paraná (p=0,031) e Santa Catarina (p=0,008). Conclusão: O estudo evidenciou que há detecção na maioria dos municípios brasileiros, o que demanda atenção das políticas de saúde para a prevenção da transmissão vertical e por conseguinte as complicações neonatais que podem advim.
Abstract: Introduction: Hepatitis B is a viral infection (HBV) considered a global public health problem, in which one of the transmission mechanisms is transversal, implying the possibility of transmission to newborns, allowing the persistence of the infection in the chronic form. Objective: To analyze the trend and spatial distribution of hepatitis B in pregnant women in Brazil. Methods: Ecological study based on all reported cases of hepatitis B in pregnant women by the National System of Notifiable Diseases between 2009 and 2018. Spatial analysis was performed using the Moran Global Index for global data and Local Association Indicators Space (Lisa) for the country's 5,570 municipalities. Time trends by state were analyzed using linear regression, considering p<0.05. Results: 15,253 pregnant women with HBV were reported, most of them between 20 and 39 years old (82.22%), brown (40.58%), sexually contaminated (28.16%), diagnosed in the third trimester (37, 55%) and classified as chronic carriers (79.59). Between 2009 and 2018, in the analysis of crude rates, a concentration of cases was observed in the municipalities of the North (Amazonas, Rondônia and Acre), Midwest (Mato Grosso) and South (Paraná and Santa Catarina) regions. Smoothed rates, in all biennia, were lower, but with a greater number of cases in municipalities in the same regions as the gross rate. The Moran Global Index (I) obtained for the period between 2009 and 2018 (I = 0.056) showed a positive spatial association. While, in the Local Indicators of Spatial Association (Lisa) 78 municipalities were observed in the high-high cluster, with a concentration in the South region (51.28%). The low-low cluster totaled 48, most located in the Southeast region (72.91%). When analyzing the trend, it was found that it increased in Maranhão (p=0.004) and Pernambuco (p=0.007) and decreased in Mato Grosso (p=0.012), Paraná (p=0.031) and Santa Catarina (p=0.008). Conclusion: The study showed that there is detection in most Brazilian municipalities, which demands attention from health policies for the prevention of vertical transmission and, therefore, the neonatal complications that may arise.
Palavras-chave: hepatite B.
sistema de informação;
gestante.
hepatitis B;
information system;
pregnant.
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/CCBS
Citação: ALBUQUERQUE, Ingrid de Campos. Dinâmica espacial e temporal da ocorrência de hepatite B em gestantes no Brasil. 2022. 87 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3808
Data de defesa: 2-Jun-2022
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
INGRIDDECAMPOSALBUQUERQUE.pdfTese de Doutorado3,15 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.