???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3115
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise de marcadores precoces de doença cardiovascular em pacientes com diabetes tipo 1 no Maranhão
Título(s) alternativo(s): Analysis of early markers of cardiovascular disease in patients with type 1 diabetes in Maranhão
Autor: REIS, Roberta Maria Duailibe Ferreira 
Primeiro orientador: FARIA, Manuel dos Santos
Primeiro coorientador: NASCIMENTO, Maria do Desterro Soares Brandão
Primeiro membro da banca: FARIA, Manuel dos Santos
Segundo membro da banca: SILVA, Marcelo Magalhães
Terceiro membro da banca: BRITO, Luciane Maria Oliveira
Quarto membro da banca: RIBEIRO, Maria Jacqueline Silva
Quinto membro da banca: SERRA, Jacira do Nascimento
Resumo: INTRODUÇÃO: Pacientes com diabetes tipo 1 (DM1) tem risco até quatro vezes maior de desenvolver doença cardiovascular (DCV), que é a principal causa de morte nessa população. O objetivo do estudo foi identificar e comparar os marcadores precoces de DCV em portadores de DM1 no estado do Maranhão no período de Agosto de 2018 a Outubro de 2019 e relacioná-los com os fatores de risco para DCV, complicações microvasculares e valores de peptídeo C. METODOLOGIA: Os pacientes foram submetidos a inquérito clínico-demográfico, exames laboratoriais e cardiovasculares - índice tornozelo Braquial (ITB), eletrocardiograma (ECG), escore de cálcio (EC) e doppler de carótidas. RESULTADOS: Avaliamos 83 pacientes com DM1 com média de 28 anos de idade e 14 anos de duração do DM1. A prevalência de alterações nos marcadores precoces de DCV foi: PCRus 54,89%, ITB 21,68%, ECG 12,05%, EC 6,02% e Doppler de carótidas 4,81%. Houve concordância significativa entre o EC e doppler de carótidas e estes se correlacionaram com fatores de riscos da DCV. CONCLUSÃO: O ITB foi útil na identificação precoce da DCV em pacientes jovens assintomáticos com DM1 e com pouco tempo de doença. Apesar do EC e doppler de carótidas serem exames não invasivos, o doppler de carótidas tem melhor custo benefício, e ambos tem limitações no rastreio de DCV em pacientes jovens com pouco tempo de duração do DM1. A PCRus foi o exame com maior prevalência de alterações, porém com evidência limitada na identificação da doença subclínica no DM1. O ECG não foi útil na detecção precoce de DCV nessa população.
Abstract: INTRODUCTION: Patients with type 1 diabetes (DM1) have a risk of up to four times higher risk of developing cardiovascular disease (CVD), which is the leading cause of death in this population. The aim of this study was to identify and compare early CVD markers in patients with DM1 in the state of Maranhão from August 2018 to October 2019 and relate them to risk factors for CVD, microvascular complications and c peptide values. METHODOLOGY: Patients underwent a clinical-demographic survey, laboratory and cardiovascular tests - Brachial ankle index (ITB), electrocardiogram (ECG), calcium score (EC) and carotid doppler. RESULTS: We evaluated 83 patients with DM1 with a mean of 28 years of age and 14 years of duration of DM1. The prevalence of changes in early CVD markers was: PCRus 54.89%, ITB 21.68%, ECG 12.05%, EC 6.02% and Carotid Doppler 4.81%. There was significant agreement between EC and carotid doppler and these correlated with risk factors of CVD. CONCLUSION: ITB was useful in early identification of CVD in asymptomatic young patients with DM1 and with little disease time. Although EC and carotid doppler are noninvasive tests, carotid doppler has a better cost benefit, and both have limitations in cvD screening in young patients with little duration of DM1. PCRus was the test with the highest prevalence of alterations, but with limited evidence in the identification of subclinical disease in DM1. ECG was not useful in early detection of CVD in this population.
Palavras-chave: Diabetes tipo 1
Doença cardiovascular
Escore de cálcio
Doppler carótidas
Índice tornozelo braquial
Type 1 diabetes
Cardiovascular disease
Calcium score
Carotid Doppler
Brachial ankle index
Área(s) do CNPq: Ciências da Saúde
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA/CCBS
Citação: REIS, Roberta Maria Duailibe Ferreira. Análise de marcadores precoces de doença cardiovascular em pacientes com diabetes tipo 1 no Maranhão. 2020. 68 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Saúde do Adulto e da Criança/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3115
Data de defesa: 31-Jan-2020
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROBERTA-REIS.pdfDissertação de Mestrado1,85 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.