???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3066
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da atividade antimicrobiana do extrato hidroetanólico de Talisia esculenta Radlk
Título(s) alternativo(s): Evaluation of antimicrobial activity of hydroethanolic extract of Talisia esculenta Radlk
Autor: SALES JUNIOR, José Helvecio 
Primeiro orientador: FIGUEIREDO, Patrícia de Maria Silva
Primeiro membro da banca: FIGUEIREDO, Patrícia de Maria Silva
Segundo membro da banca: BEZERRA, Geusa Felipa de Barros
Terceiro membro da banca: MONTEIRO, Sally Cristina Moutinho
Quarto membro da banca: MONTEIRO, Odair dos Santos
Resumo: A espécie Talisia esculenta Raldk é popularmente conhecida como pitomba. A planta é comum em áreas de matas úmidas e secas do Norte ao Nordeste do Brasil e pode ser encontrada facilmente em feiras livres ou supermercados e as árvores que existem são de ocorrência natural. A pitomba tem sido estudada devido a presença de compostos fitoquímicos que exercem uma série de atividades biológicas, tais como a atividade antioxidante. Entretanto estudos com atividade antimicrobiana são escassos. Dessa forma, investigou-se a ação do extrato hidroetanólico da folha dessa espécie frente a cepas de fungos e bactérias e também uma micobactéria com o objetivo de desenvolver uma nova alternativa terapêutica (antimicrobiano). O extrato foi preparado por maceração do material vegetal. A atividade antioxidante foi realizada pela metodologia de sequestro do radical DPPH. Utilizou-se a técnica de microdiluição para determinação da CIM e CBM. A atividade citotóxica foi avaliada para redução do sal de tetrazólio. Os bioprodutos desenvolvidos foram creme aniônico 5% e creme vaginal 5% do extrato da folha que também foi avaliado sua atividade antimicrobiana. Na análise cromatográfica foram identificados ácidos fenólicos e flavonoides como a quercitina e acacetina. O extrato apresentou atividade antioxidante dose-dependente, cujo percentual máximo de atividade para o extrato da folha foi de 18.41±0.18. O extrato da folha testado na concentração de 100mg/mL inibiu o crescimento de bactérias como E. coli ATCC 25922, cuja CIM foi 25mg/mL. O extrato também inibiu o crescimento de fungos, como C. albicans ATCC 90028, cuja CIM foi 3,125mg/mL. O Creme aniônico 5% da folha também inibiu o crescimento de E. coli ATCC 25922, cujas CIM foi idêntica ao do extrato bruto. O creme vaginal 5% do extrato da folha também inibiu o crescimento de C. parapsilosis ATCC 22019. O extrato e bioprodutos se apresentaram não irritativos frente à hemácias bem como às culturas de células testadas (Macrófagos RAW 264.7). Os bioprodutos não apresentaram alterações físicas de estabilidade significantes durante os períodos de tempo analisados (30 e 60 dias). O pH apresentou variação de valor nos ambientes testados (geladeira, estufa e ambiente), onde os maiores valores foram para o ambiente da geladeira. Dessa forma, o extrato e bioprodutos apresentam atividade antimicrobiana notável, bem como ação antioxidante, não apresentam ação irritativa para hemácias, bem como não são tóxicos às células testadas, comprovando a segurança toxicológica. Os bioprodutos mostraram-se potencialmente viáveis no desenvolvimento de novos produtos para o tratamento de doenças infeciosas e apresentaram boa estabilidade físicoquímica e microbiológica.
Abstract: The Talisia esculenta Raldk species is popularly known as pitomba. The plant is common in wet and dry forest areas from North to Northeast of Brazil and can be found easily in open markets or supermarkets and the trees that exist are naturally occurring. Pitomba has been studied due to the presence of phytochemical compounds that exert a series of biological activities, such as antioxidant activity. However studies with antimicrobial activity are scarce. Thus, it was investigated the action of the hydroalcoholic extract of the leaf of this species against strains of fungi and bacteria and also a mycobacterium aiming to develop a new therapeutic alternative (antimicrobial). The extract was prepared by macerating the plant material. The antioxidant activity was performed by the DPPH radical sequestration methodology. The microdilution technique was used to determine MIC and MBC. Cytotoxic activity was evaluated to reduce tetrazolium salt. The bioproducts developed were 5% anionic cream and 5% vaginal cream of the leaf extract, which was also evaluated for its antimicrobial activity. The chromatographic analysis identified phenolic acids and flavonoids such as quercitin and acacetin. The extract showed dose-dependent antioxidant activity, whose maximum percentage of activity for leaf extract was 18.41±0.18. The leaf extract tested at a concentration of 100mg/mL inhibited the growth of bacteria such as E. coli ATCC 25922, whose MIC was 25mg/mL. The extract also inhibited the growth of fungi, such as C. albicans ATCC 90028, whose MIC was 3.125mg/mL. Anionic 5% leaf cream also inhibited the growth of E. coli ATCC 25922, whose MIC was identical to that of the crude extract. Vaginal cream 5% of leaf extract also inhibited the growth of C. parapsilosis ATCC 22019. The extract and bioproducts were non-irritating to red blood cells as well as cell cultures tested (Macrophages RAW 264.7). The bioproducts showed no significant physical stability changes during the analyzed time periods (30 and 60 days). The pH presented value variation in the tested environments (refrigerator, greenhouse and environment), where the highest values were for the refrigerator environment. Thus, the extract and bioproducts have remarkable antimicrobial activity, as well as antioxidant action, do not have red blood cell irritant action, and are not toxic to the cells tested, proving the toxicological safety. Bioproducts were potentially viable in the development of new products for the treatment of infectious diseases and showed good physicochemical and microbiological stability.
Palavras-chave: Talisia esculenta Radlk
Pitomba
Flavonóides
Atividade antimicrobiana
Bioprodutos
Talisia esculenta Radlk
Pitomba
Flavonoids
Antimicrobial activity
Bioproducts
Área(s) do CNPq: Farmácia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA/CCBS
Citação: SALES JUNIOR, José Helvecio. Avaliação da atividade antimicrobiana do extrato hidroetanólico de Talisia esculenta Radlk. 2019. 63 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Saúde do Adulto e da Criança/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3066
Data de defesa: 16-Dec-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSÉ-SALES JUNIOR.pdfDissertação de Mestrado596,97 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.