???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3041
Tipo do documento: Dissertação
Título: O processo de inclusão de crianças com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) na educação infantil
Título(s) alternativo(s): The inclusion process of children with Autistic Spectrum (TEA) in early childhood education
Autor: VIANA, Isaac Pereira 
Primeiro orientador: CHAHINI, Thelma Helena Costa
Primeiro membro da banca: VIEIRA, Camila Mugnai
Segundo membro da banca: BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista
Resumo: O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é um Transtorno do Neurodesenvolvimento que envolve alguns déficits referentes às habilidades sociais e de comunicação, além de comportamentos repetitivos e restritivos. Partindo do Problema de Pesquisa que indagou como vinha ocorrendo o processo de inclusão de crianças com TEA, nas instituições públicas de Educação Infantil, em São Luís/MA, e da hipótese de que apesar de todo o aparato legal que assegura a inclusão escolar de todas as crianças, ainda existem barreiras, principalmente as de caráter atitudinal – que não permitem que a inclusão de crianças autistas ocorra, efetivamente, na Educação Infantil –, o objetivo geral deste estudo correspondeu a investigar o processo de inclusão de crianças com TEA, nas instituições públicas de Educação Infantil, em São Luís/MA, a partir da percepção de seus familiares e dos profissionais das referidas instituições. Nesse sentido, foi realizada uma pesquisa do tipo exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa e quantitativa em duas instituições de Educação Infantil que possuíam crianças com TEA. Os participantes foram 20 pessoas, dentre essas, quatro familiares de crianças com TEA e 16 profissionais que trabalhavam com as referidas crianças nas instituições pesquisadas. Após o Parecer Consubstanciado do Comitê de Ética (CEP/CONEP/UFMA, Nº 2.891.951), os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, com aplicação de dois roteiros contendo, em cada, 12 questões relacionadas às temáticas gerais acerca do que é o TEA; quais suas características; como é a relação dos pares com as crianças com TEA; como é a percepção dos pais de outras crianças para com as crianças com TEA; qual o nível de preparo dos profissionais para atuarem com crianças com TEA; como corre o processo de inclusão dessas crianças nas escolas etc. Assim, um roteiro foi destinado aos familiares e outro aos profissionais. Os resultados revelam que a maioria dos participantes possui conhecimentos adequados em relação ao TEA; apesar de a maioria das crianças com TEA estarem sendo bem tratadas e bem aceitas pelos profissionais e pelas crianças sem deficiência, nas instituições pesquisadas, ainda existem muitas barreiras a serem superadas no contexto da Educação Inclusiva na Educação Infantil, dentre essas, as causadas pelos estigmas em relação ao referido transtorno do neurodesenvolvimento, bem como o medo e/ou a rejeição de pais e demais familiares do convívio de suas crianças, sem deficiência, com aquelas com TEA; a maioria dos profissionais que trabalham com crianças com TEA ainda se sentem pouco preparados; há carência de parceria entre as instituições pesquisadas e os familiares das crianças com TEA, ocasionando, com isso, mais uma barreira no contexto da inclusão de crianças com o Transtorno do Espectro Autista na Educação Infantil.
Abstract: The Autism Spectrum Disorder (ASD) is a Neurodevelopmental Disorder which encompasses some deficits regarding social abilities and communication, besides restricted and repetitive behaviors. Given the Research Problem, which investigated how the process of inclusion of children with ASD was being held in public institutions of Early Childhood Education (up until 5 years old; all following references to Early Childhood Education concerns education until the age of five, which is the definition of Educação Infantil in Brazil), in São Luís/MA, and the hypothesis which claims that, in spite of all the legal apparatus which ensures the children’s inclusion at school, there are still barriers, especially the attitudinal ones – which do not effectively allow the inclusion of autistic children in Early Childhood Education –, the main goal of this study is to investigate the process of inclusion of children with ASD, in public institutions of Early Childhood Education, in São Luís/MA, given the perception of their relatives and of the professionals of the aforementioned institutions. To that end, an exploratory and descriptive research with a qualitative approach was held in two institutions of Early Childhood Education which had children with ASD. There were 20 participants, out of which four were relatives of children with ASD and sixteen were professionals who worked with the aforementioned children in the researched institutions. After the Consolidated Report by the Ethics Committee (CEP/CONEP/UFMA, Nº 2.891.951), the data were collected via semi-structured interviews, applying two scripts which had, each, 12 questions regarding general themes about what ASD is; which characteristics it possesses; what the peers’ relationship with children with ASD is like; what the perception of other children’s parents about children with ASD is; what the level of the professionals’ preparation to deal with children with ASD is; how the process of inclusion of those children is held in schools, etc. Thus, a script was sent to the relatives and another one, to the professionals. The results revealed that most participants had adequate knowledges regarding ASD; despite most children with ASD being treated and being well received by professionals and children without ASD, in the researched institutions, there are still barriers to be overcome regarding Inclusive Education in Early Childhood Education, such as the ones which were caused by the stigmas concerning the mentioned neurodevelopmental disorder, as well as the fear and/or rejection that parents and other relatives had of their children’s interaction – who do not have ASD – with children with ASD; most professionals who work with children with ASD still feel ill-prepared; there is a need of a partnership between the researched institutions and relatives of children with ASD, therefore, creating another barrier concerning the inclusion of children with Autism Spectrum Disorder in Early Childhood Education.
Palavras-chave: Crianças com TEA
Educação Infantil
Educação Inclusiva
Children with ASD
Early Childhood Education
Inclusive Education
Área(s) do CNPq: Educação Pré-Escolar
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO II/CCSO
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE/CCH
Citação: VIANA, Isaac Pereira. O processo de inclusão de crianças com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) na educação infantil. 2020. 133 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade/CCH) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/3041
Data de defesa: 15-Jan-2020
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE (PGCULT) MESTRADO INTERDISCIPLINAR

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ISAAC-VIANA.pdfDissertação de Mestrado3,73 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.