???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2680
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação dos impactos antropogênicos sobre a estrutura da paisagem do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the anthropogenic impacts on the structure of the national landscape of the Maranhão sheets.
Autor: AMARAL, Yuri Teixeira 
Primeiro orientador: BARRETO, Larissa
Primeiro membro da banca: BARRETO, Larissa
Segundo membro da banca: RIBEIRO, Milton Cézar
Terceiro membro da banca: ALMEIDA JÚNIOR, Eduardo Bezerra de
Resumo: A perda de habitat por meio da conversão do uso da terra é considerada uma das principais causas da redução da biodiversidade terrestre no planeta Terra. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (PNLM) foi criado em 1981 no litoral oriental do Maranhão, Brasil, para proteger o maior campo de dunas das Américas e os ecossistemas de manguezais e restinga associados. Embora Parque Nacionais Brasileiros não permitam a ocupação humana, o PNLM foi criado em uma área ocupada por populações tradicionais e até hoje nenhuma ação de regularização fundiária ou estabelecimento de Termos de Compromisso (TC) com as famílias foram implementadas para reduzir as ameaças à conservação da biodiversidade. Estas famílias praticam agricultura de subsistência no PNLM e entorno, afetando ecossistemas por meio da conversão do uso da terra. Diante disto, este trabalho tem como objetivo fazer uma análise da conversão de uso e ocupação da terra no PNLM e entorno para fins de conservação e planejamento territorial; calcular da taxa de desmatamento médio anual nos últimos 15 anos e verificar se há diferença estatística entre esta taxa dentro e fora do PNLM, e; propor estratégias de conservação adequadas. Foi realizado um mapeamento em escala fina de imagens de satélite de alta resolução por meio de classificação supervisionada da cobertura da terra do PNLM e 3 km de seu entorno imediato. A área mapeada foi dividida em Unidades de Análise (UA) hexagonais de 1000 ha cada. As seguintes métricas ao nível de classe foram calculadas: as áreas de cobertura das distintas classes de cobertura da terra - campo de dunas (CA-DUNES), corpo d’água (CA-WATER), restinga densa (CA-DENSE), campos de restinga (CA-GRASS), restinga esparsa (CA-SCATTER), solo arenoso (CA-SANDY), manguezais (CA-MANG), atividade antrópica (CA-ANTRO), vegetação secundária (CA-SECOND) - e porcentagem de vegetação nativa na UA (NV-COV). Ao nível de paisagem foi calculado o Índice de Diversidade de Shannon (SHDI). Correlações de Pearson foram realizadas entre as métricas para verificar aquelas mais correlacionadas com atividades antrópicas. A taxa de desmatamento médio anual dos últimos 15 anos foi calculada em 30 unidades de amostragem de 100 ha cada situadas fora e dentro do PNLM. Uma ANOVA foi realizada entre a taxa de desmatamento dentro e fora do PNLM para verificar se há diferença estatística entre elas. As análises realizadas mostraram que os efeitos antrópicos estão presentes por toda a extensão da área protegida, mas afetam em maior grau as formações de restinga esclerófita (CA-DENSE), em detrimento de formações restinga em moias espalhadas (CA-SCATTER), campos de restinga (CA-GRASS) e manguezais (CA-MANG). Os cultivos foram os principais responsáveis pela perda de habitat, seguidos das trilhas e povoados. A conversão do uso da terra teve como resultado o aumento da heterogeneidade ambiental (SHDI) com perdas de fragmentos de habitats prístinos e aumento da vegetação secundária., indicando empobrecimento da vegetação. A taxa de desmatamento médio anual calculada foi de 0,5% ao ano e não foi encontrada diferença significativa desta taxa em áreas localizadas fora e dentro do PNLM, indicando que o status de conservação não impede a destruição de habitats. Estratégias de conservação foram definidas com base na cobertura vegetal das UA: Conservação sem manejo; Conservação com Manejo; Manejo; Manejo e Restauração, e; Restauração.
Abstract: Loss of habitat through the conversion of land use is considered a major cause of the reduction of terrestrial biodiversity on planet Earth. The Lençóis Maranhenses National Park (PNLM) was created in 1981 on the eastern coast of Maranhão State, Brazil, to protect the largest dune field in the Americas and associated mangrove and sandbanck vegetation ecosystems. Although Brazilian National Parks do not allow human occupation, the PNLM was created in an area occupied by traditional populations and to this day no land regularization action or establishment of Commitment Terms (TC) with families have been implemented to reduce threats to the conservation of the biodiversity. These families practice subsistence agriculture in the PNLM and surroundings, affecting ecosystems through the conversion of land use. This work aims to make an analysis of the conversion of land use and occupation in PNLM and surroundings for conservation and territorial planning purposes; to calculate the average annual deforestation rate in the last 15 years and to verify if there is a statistical difference between this rate inside and outside the PNLM; propose appropriate conservation strategies. A fine-scale mapping of high resolution satellite images was performed by supervised classification of the PNLM land cover and 3 km of its immediate surroundings. The mapped area was divided into hexagonal Analysis Units (AU) of 1000 ha each. The following class-level metrics were calculated: the core areas of the different land cover classes - dune fields (CA-DUNES), water bodies (CA-WATER), dense restinga (CADENSE), grassland (CA-SANDY), mangroves (CA-MANG), anthropogenic activity (CAANTRO), secondary vegetation (CA-SECOND) - and percentage of vegetation in the UA (NV-VOC). At the landscape level, the Shannon Diversity Index (SHDI) was calculated. Pearson correlations were performed among the metrics to verify those more correlated with anthropic activities. The average annual deforestation rate for the last 15 years was calculated at 30 sampling units of 100 ha each located outside and within the PNLM. An ANOVA was performed between the deforestation rate inside and outside the PNLM to verify if there is statistical difference between them. The analyzes carried out showed that the anthropic effects are present throughout the protected area, but they affect to a greater degree the formations of sclerophyte restinga (CA-DENSE), to the detriment of restinga formations in scattered moats (CA-SCATTER), restinga (CA-GRASS) and mangroves (CA-MANG). Cultures were mainly responsible for the loss of habitat, followed by trails and settlements. Conversion of land use resulted in increased environmental heterogeneity (SHDI) with loss of fragments of pristine habitats and increase in secondary vegetation, indicating impoverishment of vegetation. The mean annual deforestation rate calculated was 0.5% per year and no significant difference was found in areas located outside and within the PNLM, indicating that conservation status does not prevent the destruction of habitats. Conservation strategies were defined based on the UA vegetation cover: Conservation; Conservation with Management; Management; Management and Restoration, and; Restoration.
Palavras-chave: Estrutura da paisagem
Planejamento territorial
Uso da terra
Métricas de paisagem
Parque nacional
Lençóis maranhenses
Landscape structure
Territorial planning
Land use
Landscape metrics
National park
Lençóis maranhenses
Área(s) do CNPq: Ecologia de Ecossistemas
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE OCEANOGRAFIA E LIMNOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE CONSERVAÇÃO/CCBS
Citação: AMARAL, Yuri Teixeira. Avaliação dos impactos antropogênicos sobre a estrutura da paisagem do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. 2018. 95 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Conservação/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2680
Data de defesa: 28-Mar-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
YuriAmaral.pdfDissertação de Mestrado8,88 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.