???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2657
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação dos registros da caderneta da gestante no pré-natal de risco habitual em São Luís - MA
Título(s) alternativo(s): Evaluation of pregnant woman's records in prenatal care at usual risk in São Luís - MA
Autor: GUIMARÃES , Thaíse Almeida 
Primeiro orientador: FONSECA, Lena Maria Barros
Primeiro membro da banca: FONSECA, Lena Maria Barros
Segundo membro da banca: PINHEIRO, Ana Karina Bezerra
Terceiro membro da banca: ROLIM , Isaura Letícia Tavares Palmeira
Quarto membro da banca: RIOS, Claudia Teresa Frias
Quinto membro da banca: CORRÊA, Rita da Graça Carvalhal Frazão
Resumo: Desde sua implantação, o cartão da gestante tem sido considerado fundamental por possibilitar o registro dos principais dados de acompanhamento da gestação e funcionar como uma ferramenta de intercomunicação profissional, facilitando o fluxo de informações e permitindo a continuidade da assistência onde quer que a gestante seja atendida. Além disso, tem sido utilizado como uma ferramenta para avaliação dos serviços de atenção pré-natal, tendo em vista que a qualidade dos registros realizados pode ser um reflexo da qualidade da assistência prestada. Diante disso, esta pesquisa teve o objetivo de avaliar os registros da caderneta da gestante na assistência pré-natal de risco habitual em São Luís - MA, averiguando a legibilidade, a completude e a adequação do conteúdo registrado. Para tanto, realizou-se um estudo avaliativo, descritivo e quantitativo, em nove unidades de saúde da atenção básica em São Luís - MA, no período de maio de 2017 a setembro de 2018. A amostra da pesquisa foi constituída pelo número de cadernetas da gestante selecionadas ao longo de dois meses ininterruptos em cada unidade, totalizando 105 cadernetas. Os registros foram considerados legíveis, ilegíveis ou parcialmente legíveis; a completude foi classificada segundo os níveis de qualidade: excelente (incompletude < 5%), bom (5% ≤ incompletude < 10%), regular (10% ≤ incompletude < 20%), ruim (20% ≤ incompletude < 50%) e muito ruim (incompletude ≥ 50%); e a adequação do conteúdo foi averiguada conforme recomendações da estratégia Rede Cegonha. Os resultados mostraram que 92,4% das cadernetas foram consideradas com registros legíveis. A avaliação da completude evidenciou que 7,6% apresentaram completude regular, 72,4% completude ruim e 20,0% completude muito ruim. Destaca-se que nenhuma caderneta foi classificada com registro excelente ou bom. A avaliação por seções demonstrou que a seção de Exames Complementares de Rotina apresentou os melhores resultados, enquanto a seção de Atividades Complementares apresentou os menores níveis de completude. Por meio dos registros referentes à assinatura e categoria profissional, constatou-se que 2,9% das gestantes realizaram consulta somente com médicos, 30,5% somente com enfermeiros e 66,7% com médicos e enfermeiros. A verificação da adequação do conteúdo registrado aos parâmetros preconizados pela Rede Cegonha mostrou que, dentre os critérios avaliados, aqueles que apresentaram maior inadequação foram a realização do exame de urocultura (39,1%), o início do pré-natal no primeiro trimestre (33,3%) e a vacinação dTpa (28,6%). Concluiu-se que os registros nas cadernetas da gestante no pré-natal de risco habitual em São Luís foram predominantemente ruins, denotando uma desvalorização desse instrumento e um provável descumprimento de recomendações do Ministério da Saúde para uma assistência de qualidade.
Abstract: Since its implantation, the pregnant woman's card has been considered fundamental because it enables the recording of the main gestational monitoring data and acts as a tool for professional intercommunication, facilitating the flow of information and allowing the continuity of care wherever the pregnant woman is taken care of. In addition, it has been used as a tool to evaluate prenatal care services, considering that the quality of the records can be a reflection of the quality of care provided. Therefore, the objective of this study was to evaluate the records of the pregnant woman's passbooks in prenatal care at usual risk in São Luís - MA, ascertaining the legibility, completeness and appropriateness of the registered content. Therefore, an evaluative, descriptive and quantitative study was carried out in nine primary health care units in São Luís - MA, from May 2017 to September 2018. The research sample consisted of the number of pregnant women's passbooks selected over two consecutive months in each unit, totalizing 105 passbooks. The records were considered legible, illegible or partially legible; completeness was classified according to the quality levels: excellent (incompleteness <5%), good (5% ≤ incompleteness <10%), regular (10% ≤ incompleteness <20%), poor (20% ≤ incompleteness <50%), and very poor (incompleteness ≥ 50%); and the appropriateness of the content was ascertained according to the recommendations of the Stork Network strategy. The results showed that 92.4% of the passbooks were considered with readable records. The evaluation of completeness showed that 7.6% presented completeness regular, 72.4% completeteness poor and 20.0% completeness very poor. It should be noted that no passbook was classified with excellent or good record. The evaluation by sections showed that the section of Complementary Routine Examinations presented the best results, while the section of Complementary Activities presented the lowest levels of completeness. Through the records referring to the signature and professional category, it was found that 2.9% of the pregnant women consulted only with physicians, 30.5% only with nurses and 66.7% with physicians and nurses. The verification of the adequacy of the recorded content to the parameters recommended by the Stork Network showed that, among the criteria evaluated, the ones that presented the greatest inadequacy were the uroculture examination (39.1%), the onset of prenatal care in the first trimester (33.3%) and dTpa vaccination (28.6%). It was concluded that the records in the pregnant women's passbooks in the usual risk prenatal in São Luís were predominantly poor, denoting a devaluation of this instrument and a probable noncompliance with recommendations of the Ministry of Health for quality assistance.
Palavras-chave: Avaliação em Saúde
Qualidade da Assistência à Saúde
Assistência Pré-natal
Saúde Materno-infantil
Atenção Primária à Saúde
Health Evaluation
Quality of Health Care
Prenatal Care
Maternal and Child Health
Primary Health Care
Área(s) do CNPq: Enfermagem Obstétrica
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/CCBS
Citação: GUIMARÃES , Thaíse Almeida. Avaliação dos registros da caderneta da gestante no pré-natal de risco habitual em São Luís - MA. 2019. 114 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Enfermagem/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2657
Data de defesa: 28-Feb-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
THAÍSE-GUIMARÃES.pdfDissertação de Mestrado3,45 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.