???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2556
Tipo do documento: Dissertação
Título: Síndrome metabólica e risco de doenças cardiovasculares em mulheres sobreviventes de câncer de mama
Título(s) alternativo(s): Metabolic Syndrome and Risk of Cardiovascular Disease in Women Surviving Breast Cancer
Autor: SILVA, Leandro Marques da 
Primeiro orientador: FIGUEIREDO NETO, José Albuquerque de
Primeiro membro da banca: FIGUEIREDO NETO, José Albuquerque de
Segundo membro da banca: CABRAL, Flávia Castello Branco Vidal
Terceiro membro da banca: BEZERRA, Geusa Felipa de Barros
Quarto membro da banca: SOUSA, Rosângela Maria Lopes de
Resumo: Introdução: O câncer de mama (CM) é o tipo mais comum de tumor e a principal causa de morte por câncer em mulheres. A implementação de protocolos com terapia mais intensiva aumenta nas pacientes a probabilidade de eventos adversos. Dentre estes eventos, encontram-se os componentes da síndrome metabólica (SM) e doenças cardiovasculares (DCV). Objetivo: Verificar a prevalência da SM e o risco de DCV em pacientes sobreviventes de CM. Materiais e Método: Trata-se de um estudo descritivo, observacional, com delineamento transversal. A amostra foi composta 60 mulheres sem CM (G1) e 60 mulheres sobreviventes de CM (G2). Foram coletados dados sociodemográficos, tumorais, antropométricos, clínicos e do tratamento realizado. Após análise das variáveis, as participantes receberam o diagnóstico positivo ou negativo para SM, conforme critérios da National Cholesterol Education Program’s Adult Treatment Panel III (NCEP-ATP III) e a estratificação do risco de desenvolvimento de DCV em 10 anos, segundo escore de Risco de Framingham. Resultados: A média de idade do grupo G1 foi de 49,06 anos e 48,86 no grupo G2. Neste a mama direita foi a mais acometida (60%), o nível de estadiamento mais prevalente foi o II (43,3%), 86,6% realizaram um protocolo de tratamento completo e estavam em seguimento médio há quatro anos. Ambos os grupos apresentaram sobrepeso e uma relação cintura-quadril (RCQ) aumentada. As variáveis: peso, índice de massa corporal (IMC), circunferência abdominal (CA), circunferência do quadril (CQ) e colesterol lipoproteína de baixa densidade (LDL) apresentaram diferenças estatisticamente significativas entre os grupos. A SM foi diagnosticada em 32% das mulheres do G1 e 45% do G2. Em relação ao risco de desenvolvimento de DCV em 10 anos, houve a prevalência da estratificação de baixo risco (73% do G1 e 72% do G2), sendo 7,48% no G1 e 7,70% no G2 o risco médio total da ocorrência destas DCV. Conclusão: O presente estudo demostrou que há uma maior prevalência de SM em mulheres sobreviventes de CM, possivelmente em decorrência de sobrepeso, além de um baixo risco de desenvolvimento de DCV em 10 anos, após a finalização do tratamento do câncer. Logo, é recomendada para este público a adoção de estilos de vida saudáveis e rigoroso rastreio e controle dos fatores de risco cardiometabólicos.
Abstract: Introduction: Breast cancer (BC) is the most common type of tumor and the leading cause of cancer death in women. The implementation of protocols with more intensive therapy increases in patients the probability of adverse events. Among these events are the components of the metabolic syndrome (MS). Objective: Verify the prevalence of MS and the risk of cardiovascular diseases (CVD) in survivors of BC. Materials and Methods: This study is a descriptive, observational with design a cross-sectional. The sample consisted of 60 women without BC (G1) and 60 survivors of BC (G2). Data socio-demographic, tumoral, anthropometric, clinical and treatment were collected. After analysis of the variables, the participants were diagnosed as positive or negative for MS, according to criteria of the National Cholesterol Education Program's Adult Treatment Panel III (NCEP-ATP III) and the stratification of the risk of developing CVD in 10 years, according to risk score of Framingham. Results: The mean age of the group G1 was 49.06 years and 48.86 in the group G2. In this case, the right breast was the most affected (60%), the most prevalent staging level was II (43.3%), 86.6% performed a complete treatment protocol and were in an average follow-up for four years. Both groups were overweight and had an increased waist-hip ratio (WHR). The variables: weight, body mass index (BMI), waist circumference (WC), hip circumference (HC) and lipoprotein low density cholesterol (LDL) showed statistically significant differences between the groups. MS was diagnosed in 32% of women in G1 and 45% in G2. In relation to the risk of developing CVD in 10 years, there was a prevalence of low risk stratification (73% of G1 and 72% of G2), with 7.48% in G1 and 7.70% in G2 the mean total risk occurrence of these CVDs. Conclusion: The present study demonstrated that there is a higher prevalence of MS in CM survivors, possibly due to overweight, as well as a low risk of developing CVD in 10 years after the end of cancer treatment. Therefore, it is recommended for this public to adopt healthy lifestyles and rigorous screening and control of factors risk cardiometabolic.
Palavras-chave: Síndrome metabólica
Cardiopatias e neoplasias da mama
Metabolic syndrome
Heart diseases and breast neoplasms
Área(s) do CNPq: Clínica Médica
Cancerologia
Cardiologia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA/CCBS
Citação: SILVA, Leandro Marques da. Síndrome metabólica e risco de doenças cardiovasculares em mulheres sobreviventes de câncer de mama. 2018. 83 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Saúde do Adulto e da Criança / CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2556
Data de defesa: 12-Dec-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LEANDROSILVA.pdfDissertação de Mestrado6,24 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.