???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2490
Tipo do documento: Dissertação
Título: GESTÃO DE RISCOS NAS CONCESSIONÁRIAS DE GÁS NO BRASIL: Uma análise da evidenciação de riscos nos relatórios anuais e financeiros das companhias.
Título(s) alternativo(s): RISK MANAGEMENT IN THE GAS UTILITIES IN BRAZIL: An analysis of the disclosure of risks in the financial and annual reports of companies.
Autor: BOTÃO, Rodrigo Pereira 
Primeiro orientador: CUNHA, Darliane Ribeiro
Primeiro coorientador: CUTRIM, Sérgio Sampaio
Primeiro membro da banca: CUNHA, Darliane Ribeiro
Segundo membro da banca: SINFRONIO, Francisco Sávio Mendes
Terceiro membro da banca: PEREIRA, Newton Narciso
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar o nível de evidenciação da gestão de riscos das empresas estatais que detêm a concessão de distribuição de gás natural no Brasil, utilizando-se a metodologia de análise documental aplicada nos relatórios anuais e financeiros divulgados pelas companhias, referente aos exercícios findos em 2016 e 2017. Neste mesmo período, foi promulgada a Lei 13.303/16, a nova lei de responsabilidade das estatais, que trouxe mudanças significativas no âmbito administrativo e jurídico destas empresas e aumentou as exigências quanto ao nível de transparência e controle por parte destas companhias, tornando obrigatório a implementação de programas de gestão de riscos, governança e compliance. A tipificação de riscos utilizada foi baseada no modelo COSO e considerou sete tipos de riscos diferentes, com base em estudos similares de classificação de riscos realizados. Este trabalho foi dividido em duas partes, a primeira parte consiste na análise documental da quantidade de riscos nos relatórios e a segunda parte consiste na análise de correlação estatística com variáveis explicativas. Os resultados da primeira parte demonstraram que as empresas das regiões Nordeste e Sudeste apresentaram a maior quantidade de riscos evidenciados e no âmbito nacional, as concessionárias de gás concentraram suas evidenciações nos riscos de mercado, de crédito e nos riscos legais. Em relação ao nível de adequação a nova lei das estatais, as evidências apresentadas foram baixas e com nível de detalhamento superficial sobre os programas e ações a serem implementados. Na segunda parte do trabalho realizou-se a análise de correlação estatística dos dados obtidos em comparação com características relevantes destas companhias, como volume de gás movimentado, número de segmentos que atuam e a extensão (km) de rede de gasodutos. Os resultados demonstraram que as hipóteses de correlação entre o nível de evidenciação de riscos e as características das estatais estudadas foram nulas, e em conjunto as três variáveis conseguem explicar 49% da variabilidade do quantitativo de riscos, resultado que reflete principalmente a estrutura de mercado em que estas concessionárias estão inseridas e a forma como operam nos diversos segmentos. Entretanto, apesar da importância da implantação de programas de gestão de riscos e das exigências trazidas pela nova lei, o nível de evidenciação dos riscos nos relatórios das companhias ainda é bastante concentrado nos riscos financeiros do negócio e demonstraram baixa aderência as exigências da lei das estatais.
Abstract: The objective of this study is to analyze the level of disclosure of the risk management of the state-owned companies that hold the natural gas distribution concession in Brazil, using the documental analysis methodology applied in the annual and financial reports disclosed by the companies, years ended in 2016 and 2017. During this same period, Law 13303/16, the new state responsibility law, was promulgated, which brought significant changes in the administrative and legal scope of these companies and increased the requirements regarding the level of transparency and control by these companies, making mandatory the implementation of risk management, governance and compliance programs. This risk analysis was based on the COSO model and considered seven different types of risks, based on similar risk classification studies carried out. Thus, this work was divided in two parts. The first part consists of documentary analysis of the amount of risks in the reports and the second part consists of the analysis of statistical correlation with explanatory variables. The results of the first part showed that the companies of the Northeast and Southeast regions presented the greatest number of risks evidenced and at the national level; the gas concessionaires concentrated their evidence on market, credit and legal risks. Regarding the level of adequacy of the new state law, the evidence presented was low and with a level of superficial detail about the programs and actions to be implemented. After that, in the second part of the work, there was performed the statistical correlation analysis from obtained data in comparison with relevant characteristics of these companies, such as volume of gas, number of segments that operate and the extension (km) of pipeline network. The results showed that the hypothesis of correlation between the level of risk disclosure and the characteristics of the state-owned companies was zero, and together the three variables can explain 49% of the variability of the quantitative risk, a result that mainly reflects the market structure in that these utilities are inserted and how they operate in the various segments. However, despite the importance of implementing risk management programs and the demands of the new law, the level of risk disclosure in the companies' reports is still very concentrated in the financial risks of the business and showed low adherence to the requirements of state law.
Palavras-chave: Gestão de Riscos; Distribuidoras de Gás Natural; Relatórios Anuais; Lei das Estatais
Risk management; Distributors of Natural Gas; Annual Reports; State law
Área(s) do CNPq: Engenharia Econômica.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE CIENCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO/CCSO
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA E AMBIENTE/CCET
Citação: BOTÃO, Rodrigo Pereira. GESTÃO DE RISCOS NAS CONCESSIONÁRIAS DE GÁS NO BRASIL: Uma análise da evidenciação de riscos nos relatórios anuais e financeiros das companhias.. 2018. 90 folhas. Dissertação( Programa de Pós-graduação em Energia e Ambiente/CCET) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2490
Data de defesa: 10-Dec-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA E AMBIENTE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodrigo Pereira Botão.pdfDissertação de Mestrado.1,37 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.