???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2437
Tipo do documento: Dissertação
Título: Fatores gestacionais e perinatais e defeitos de desenvolvimento de esmalte no bebê
Título(s) alternativo(s): Gestational and perinatal factors and development of enamel in the baby
Autor: COSTA, Elisa Miranda 
Primeiro orientador: THOMAZ, Erika Bárbara Abreu Fonseca
Primeiro membro da banca: THOMAZ, Erika Bárbara Abreu Fonseca
Segundo membro da banca: FERREIRA, Fabiana Vargas
Terceiro membro da banca: PINHO, Judith Rafaelle Oliveira
Quarto membro da banca: FERREIRA, Meire Coelho
Resumo: Os defeitos de desenvolvimento do esmalte (DDE) constituem anomalias estruturais do esmalte, que ocorrem durante o processo de amelogênese nos períodos pré-natal, natal e pósnatal. Ainda persistem lacunas quanto à etiologia dos DDE, porém condições adversas ao nascimento (CAN), como o baixo peso ao nascer (BPN), nascimento pré-termo (NPT) e/ou restrição de crescimento intrauterino (RCIU) têm sido apontadas como possíveis fatores de risco para esse desfecho. Alterações na homeostase do cálcio, mineral importante para formação dos dentes, diante de CAN podem fundamentar essa associação. No entanto, o desequilíbrio imunológico materno, infecções bacterianas e morbidades, como a hipertensão durante a gravidez ainda não foram estudas como potenciais preditoras da ocorrência de DDE. Um dos principais componentes imunológicos maternos responsáveis pela embriogênese – a quimiocina RANTES (Regulated on Activation, Normal T Cell Expressed and Secreted) – ainda não foi investigado em relação ao seu papel na amelogênese. Assim, este trabalho testou a hipótese de que fatores perinatais estariam associados à ocorrência de DDE no bebê. Para isso, foram realizados dois estudos de coorte prospectiva em uma amostra de 327 gestantes e seus bebês, com dados extraídos da coorte de pré-natal – BRISA. No primeiro estudo, cujo objetivo principal foi analisar o papel da quimiocina RANTES no DDE, foi realizada análise com equações estruturais, considerando o efeito direto da RANTES em gestantes na ocorrência de DDE na criança; e o efeito indireto, mediado pelo NPT. Foi ainda avaliado o efeito da variável latente situação socioeconômica sobre o DDE na criança. Os resultados não apontaram efeito dos fatores socioeconômicos e do NPT sobre o DDE na criança, mas demonstraram que os níveis séricos da RANTES exercem efeito direto e negativo sobre a ocorrência de DDE (CFP= -0,160; P=0,021), sugerindo que o componente imunológico materno intefere no processo de amelogênse. No segundo estudo, investigou-se a associação entre infecções bacterianas maternas e a ocorrência de DDE no bebê, por meio de análise de inferência causal com escore de propensão, em amostra dessa mesma coorte. Não foi identificada associações entre esses eventos. Conclui-se que o período gestacional precisa ser monitorado quanto aos efeitos na saúde dos dentes do bebê.
Abstract: Enamel development defects (DDE) constitute structural enamel anomalies, which occur during the process of amelogenesis in the prenatal, natal, and postnatal periods. There are still gaps regarding the etiology of DDE, but adverse conditions at birth (ACB) such as low birth weight (LBW), preterm birth (NPT) and / or intrauterine growth restriction (IUGR) have been identified as possible risk factors for this outcome. Alterations in calcium homeostasis, an important mineral for tooth formation, in the face of ACB can support this association. However, maternal immune imbalance, bacterial infections and morbidities such as hypertension during pregnancy have not yet been studied as potential predictors of the occurrence of DDE. One of the major maternal immune components responsible for embryogenesis - chemokine (RANTES) (Regulated on Activation, Normal T Cell Expressed and Secreted) - has not yet been investigated for its role in amelogenesis. Thus, this paper tested the hypothesis that perinatal factors would be associated with the occurrence of DDE in the baby. For this, two prospective cohort studies were performed on a sample of 327 pregnant women and their infants, with data extracted from the prenatal cohort - BRISA. In the first study, whose main objective was to analyze the role of chemokine RANTES in DDE, a structural equation analysis was performed, considering the direct effect of RANTES in pregnant women on the occurrence of DDE in the child; and the indirect effect, mediated by TPN. The effect of the latent socioeconomic situation on DDE in the child was also evaluated. The results did not indicate the effect of socioeconomic factors and TPN on the DDE in the child, but demonstrated that the serum levels of RANTES have a direct and negative effect on the occurrence of DDE (CFP = -0.160; P = 0.021), suggesting that the component maternal immune system is involved in the process of amelogenesis. In the second study, we investigated the association between maternal bacterial infections and the occurrence of DDE in the baby, through analysis of causal inference with propensity score, in a sample of this same cohort. No associations were identified between these events. It is concluded that the gestational period needs to be monitored regarding the health effects of the baby's teeth.
Palavras-chave: Recém-Nascido Prematuro
Nascimento Prematuro
Quimiocina CCL5
Hipoplasia do Esmalte Dentário
Infecção
Infecções do Sistema Genital
Premature Newborn
Premature Birth
Chemokine CCL5
Enamel Hypoplasia
Infection
Genital System Infections
Área(s) do CNPq: Odontologia
Saúde Publica
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/CCBS
Citação: COSTA, Elisa Miranda. Fatores gestacionais e perinatais e defeitos de desenvolvimento de esmalte no bebê. 2018. 123f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2437
Data de defesa: 23-Feb-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ElisaCosta.pdfDissertação de Mestrado2,71 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.