???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2348
Tipo do documento: Dissertação
Título: O processo de adaptação da mulher às modificações da gestação à luz da teoria de Callista Roy.
Título(s) alternativo(s): The process of women’s adapting in pregnancy changes in the light of the callista roy's theory.
Autor: MELO, Kaliny Mendes 
Primeiro orientador: FONSECA, Lena Maria Barros
Primeiro membro da banca: FONSECA, Lena Maria Barros
Segundo membro da banca: FRIAS, Luzinéa De Maria Pastor Santos
Terceiro membro da banca: CORREA, Rita da Graça Carvalhal Frazão
Quarto membro da banca: RIOS, Claudia Teresa Frias
Quinto membro da banca: COIMBRA, Liberata Campos
Resumo: Estar grávida significa enfrentar um grande número de mudanças a nível biológico, psicológico e social, que exigem importantes ajustes individuais, assim como outros tantos interpessoais, faz-se necessário então que ocorra um processo de adaptação a essas mudanças, que devem ser assistidas pelo profissional enfermeiro. Teve como objetivo compreender o processo de adaptação para a maternidade em gestantes, que realizam o pré-natal em três unidades de saúde em São Luís, Maranhão. Pesquisa qualitativa e descritiva. Os sujeitos da pesquisa foram gestantes no terceiro trimestre de gestação que realizavam acompanhamento pré-natal em unidades de saúde localizada no município de São Luís, Maranhão. Para coleta de dados utilizou-se entrevista com questões semiestruturadas que posteriormente gravadas e transcritas, um formulário com questões sociodemográficas e um diário de campo, baseados na questão norteadora. Os resultados foram categorizados nos modos adaptativos da Sister Callista Roy e na meta da enfermagem segundo a autora. No modo fisiológico os problemas comuns de adaptação à gestação mais encontrados foram náuseas, fadiga, privação de sono intolerância a atividade, estresse, ansiedade, edema e dor. No modo desempenho de papéis a maioria das mulheres relataram felicidade com o novo papel. No modo interdependência o apoio de familiares, parceiro e amigos foi fundamental para o bem-estar da gestante. Em nosso estudo, quanto as medidas que influenciaram à adaptação das gestantes, três cenários ficaram evidentes: a) consulta de enfermagem efetiva na promoção de adaptação; b) consulta de enfermagem inefetiva na promoção da adaptação; c) grupo de gestantes como mecanismo eficiente de promoção da adaptação.
Abstract: Being pregnant means facing a large number of biological, psychological and social changes that require important individual adjustments, as well as many other interpersonal ones, it is necessary then that a process of adaptation to these changes occurs, which must be assisted by the professional nurse. The objective of this study was to understand the process of adaptation to motherhood in pregnant women, who perform prenatal care in three health units in São Luís, Maranhão. Qualitative research. The subjects were pregnant in the third trimester of gestation who underwent prenatal follow-up at health units located in the city of São Luís, Maranhão. For data collection we used an interview with semi-structured questions, a form with sociodemographic questions and a field diary. The results were categorized in the adaptive modes of Sister Callista Roy and in the nursing goal according to the author. In the physiological mode the common problems of adaptation to the gestation most found were nausea and vomiting, fatigue, sleep deprivation intolerance to activity, stress, anxiety, edema and pain. In role-playing mode most women reported happiness with the new role. In the interdependence mode the support of family members, partners and friends was fundamental to the well-being of the pregnant woman. In our study, regarding the measures that influenced the adaptation of pregnant women, three scenarios were evident: a) effective nursing consultation in the promotion of adaptation; b) ineffective nursing consultation in the promotion of adaptation; c) group of pregnant women as an efficient mechanism to promote adaptation.
Palavras-chave: Adaptação; Gravidez; Consulta de enfermagem; Pré-natal; Teorias de enfermagem
Adaptation; Pregnancy; Nursing consultation; Prenatal; Adaptation; Nursing Theory
Área(s) do CNPq: Enfermagem Obstétrica.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/CCBS
Citação: MELO, Kaliny Mendes. O processo de adaptação da mulher às modificações da gestação à luz da teoria de Callista Roy.. 2018. 102 folhas. Dissertação( Programa de Pós-graduação em Enfermagem/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2348
Data de defesa: 28-Feb-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Kaliny Mendes.pdfDissertação de Mestrado.838,45 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.