???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2222
Tipo do documento: Tese
Título: Recursos alimentares e forrageamento de duas espécies de abelhas sem ferrão - Melipona (Melikerria) fasciculata Smith, 1854 e Melipona flavolineata Friese, 1900 (Apidae, Meliponini) - na região da Baixada Maranhense, Brasil
Título(s) alternativo(s): Food resources and foraging of two species of stingless bees - MELIPONA (MELIKERRIA) FASCICULATA SMITH, 1854 and MELIPONA (MICHMELIA) FLAVOLINEATA FRIESE, 1900 (APIDAE, MELIPONINI) - in the maranhense catchment region, Brazil
Autor: GOSTINSKI, Luana Fontoura 
Primeiro orientador: ALBUQUERQUE, Patricia Maia Correia de
Primeiro coorientador: CONTRERA, Felipe Andrés Léon
Primeiro membro da banca: MENEZES, Cristiano
Segundo membro da banca: RÊGO , Márcia Maria Corrêa
Terceiro membro da banca: FONSECA , Vera Lúcia Imperatriz
Quarto membro da banca: DRUMMOND , Murilo Sérgio
Resumo: As abelhas são um dos mais importantes polinizadores de plantas nativas e cultivadas, onde as plantas são beneficiadas com o fluxo gênico e elas adquirem alimento e substrato para nidificação. Nesta Tese foram selecionadas duas espécies-modelo para serem estudadas: Melipona fasciculata e M. flavolineata, amplamente utilizadas na meliponicultura em um dos polos de maior produção de mel do Maranhão, a Baixada Maranhense. Assim, esta Tese visou identificar os principais recursos florais utilizados pelas duas espécies, além de avaliar a correlação entre os fatores climáticos, temperatura, umidade intranidal e atividade de voo diária. As duas espécies foram observadas em um meliponário no município de Bequimão durante um ano, com observações mensais de setembro de 2014 a julho de 2015. Foram coletadas as cargas de pólen das abelhas que retornavam à colônia, para o levantamento das espécies vegetais por elas utilizadas. Paralelamente, a atividade diária de voo e coleta de recursos foram computadas. A temperatura e umidade relativa, interna das colônias e ambiental, foram amostradas durante o mesmo período, a cada 1 hora. As temperaturas externas e internas das colônias das duas espécies se correlacionaram fortemente, assim como umidade relativa externa e interna. A atividade de voo das abelhas correspondeu positivamente com a temperatura ambiental, iniciando aproximadamente as 6:00 horas quando a temperatura estava por volta de 25ºC, posteriormente houveram picos de atividade das 10 - 14:00 h em M. fasciculata, das 11 - 14:00 h em M. flavolineata. Para as duas espécies houve maior tendência à coleta de pólen durante as maiores médias de umidade relativa e menores temperaturas. Já para a coleta de néctar, foram os horários de menores médias de umidade externa e maiores temperaturas. As famílias vegetais mais frequentes no espectro polínico das duas espécies de Melipona foram Arecaceae (22%), Fabaceae (18.5%), Myrtaceae (9.6%), Melastomataceae (8.4%) e Lecythidaceae (6%). Os tipos polínicos mais frequentes foram: Attalea speciosa, Mouriri acutiflora, Mimosa pudica, Rhynchospora cephalotes e Eschweilera ovata. Foram identificados 82 tipos polínicos, destes 66 tipos foram utilizados por M. flavolineata e 58 por M. fasciculata. As duas espécies de Melipona apresentaram amplitude de nicho trófico elevada, assim como a uniformidade na visitação das espécies vegetais. O hábito de coleta generalista foi observado para as duas espécies, apresentando preferencias temporais por determinadas plantas. Posteriormente às observações de voo, analisamos o método de manejo das colônias para extração do mel de M. fasciculata, em um experimento dividido em três períodos de observação: PI antes da extração do mel, PII após extração do mel recente e PIII após 35 dias do manejo. As forrageiras foram caracterizadas como especialistas, coletando apenas um recurso durante os tempos de observação. Colônias manejadas por período de tempo menores apresentaram uma recuperação mais acelerada dos recursos extraídos. Após a extração do mel, as colônias optaram por uma resposta defensiva, alocando maior número de operárias para defesa da colônia. A extração de mel rústica comumente efetuada na região da Baixada Maranhense demonstrou afetar intensamente a atividade de voo das operárias e determinar o padrão de forrageio priorizando a coleta de néctar, resina e barro após extração. Os resultados obtidos nesta pesquisa podem fornecer informações para o desenvolvimento de métodos mais adequados para o manejo das espécies de abelhas sem ferrão em região amazônica, correlacionando o padrão de forrageamento de cada espécie em relação as mudanças climáticas ambientais e em resposta as atividades de colheita do mel.
Abstract: The bees are one of the most important pollinators of native plants and crops, in a way that the plants are benefited with the gene flow and the bees acquire food and substrate for nesting. In this thesis, two model species were selected for study: Melipona fasciculata and M. flavolineata, widely used on stingless beekeeping in one of the major poles of honey harvest in Maranhão, at the Baixada Maranhense. Thus, this thesis aimed to identify the main floral resources used by both species, as well as evaluate the correlation of the weather factors, the temperature, intranidal humidity and daily flying activity. Both species were observed on a meliponary at the municipality of Bequimão, Maranhão, Brazil, for one year, with monthly observation from September/2014 to July/2015. Pollen loads were collected from the bees returning to the colony, to evaluate the plant species used by them. Besides that, the daily flying activity and the resource colect were also registered. The temperature and relative humidity from inside the colonies and from the local environment were sampled during the same period, everyone hour. The external and internal temperature of the colonies of the two species were strongly correlated, as well as the inside and outside relative humidity. The bee flying activity corresponded positively with the local temperature, beggining at 6:00 am when the temperature was around 25 ºC, after which there were peaks of activity from 10:00 am - 02:00 pm in M. fasciculata, from 11:00 am - 02:00 pm in M. flavolineata. For both species there was a higher tendency of pollen harvested during the highest average of relative humidity and lowest temperature. In relation to the nectar harvest, the higher tendecy was on the lowest averages of external humidity and highest temperature. The most frequent plant families in the pollen spectrum of the two species of Melipona were Arecaceae (22%), Fabaceae (18.5%), Myrtaceae (9.6%), Melastomataceae (8.4%) and Lecythidaceae (6%).
Palavras-chave: Extração de Mel
Manejo de colônias
Meliponicultura
Recursos polínicos
Sobreposiçao de Nicho
Honey harvesting
Management of colony
Stingless beekeeping
Pollen resources
Niche overlap
Área(s) do CNPq: Zoologia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDE - REDE DE BIODIVERSIDADE E BIOTECNOLOGIA DA AMAZÔNIA LEGAL/CCBS
Citação: GOSTINSKI, Luana Fontoura. Recursos alimentares e forrageamento de duas espécies de abelhas sem ferrão - Melipona (Melikerria) fasciculata Smith, 1854 e Melipona flavolineata Friese, 1900 (Apidae, Meliponini) - na região da Baixada Maranhense, Brasil. 2018. 130 f. Tese (Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia) - Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal, Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2222
Data de defesa: 19-Feb-2018
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDE - REDE DE BIODIVERSIDADE E BIOTECNOLOGIA DA AMAZÔNIA LEGAL/CCBS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuanaGostinski.pdfTese5,83 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.