???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2085
Tipo do documento: Dissertação
Título: DIVERSIDADE DE PEIXES DE RIACHOS EM ÁREAS DE CERRADO: COMPOSIÇÃO, ESTRUTURA E INTEGRIDADE DE HABITATS.
Título(s) alternativo(s): DIVERSITY OF FISH FROM STREAMS IN CERRADO AREAS: COMPOSITION, STRUCTURE AND INTEGRITY OF HABITATS.
Autor: LIMA, Thamires Barroso 
Primeiro orientador: PIORSKI, Nivaldo Magalhães
Primeiro membro da banca: PIORSKI, Nivaldo Magalhães
Segundo membro da banca: NUNES, Jorge Luiz Silva
Terceiro membro da banca: FIGUEIREDO, Marina Bezerra
Resumo: Como um sistema natural, rios e riachos são importantes para a conservação da biodiversidade pois abrigam uma grande diversidade de espécies formadas a partir de variações espaciais e temporais que incluem o ambiente, as espécies, as interações entre as espécies e com o ambiente, além das condições históricas e geográficas. Compreender as causas desta variação é uma questão importante para entender a forma como a biodiversidade está estruturada ao longo do espaço. Para testarmos a hipótese que existem diferenças na composição e estrutura da ictiofauna entre bacias hidrográficas, em virtude das diferenças no habitat interno e em função das mudanças no aporte de materiais alóctones, nós usamos um método de amostragem regularmente padronizado a fim de caracterizar as margens e a parte interna dos riachos nas bacias hidrográficas dos rios Alpercatas, Itapecuru, Munim e Preguiças entre os anos de 2012 e 2015. Utilizamos uma análise de similaridade (ANOSIM) para verificar a existência de diferença espacial na composição e abundância das espécies de peixes entre as bacias. Para comparar a abundância utilizamos o rank de abundância. A diversidade foi comparada através das curvas de rarefação. Os padrões na composição trófica entre as bacias hidrográficas foram avaliados com os dados de abundância das espécies para cada guilda trófica através de uma análise de coordenadas principais (PCoA). A multicolinearidade entre as variáveis preditoras foi calculada através da correlação Spearman. Para analisar os efeitos das variáveis preditoras sobre as variáveis respostas (riqueza e abundância das espécies) em cada bacia, utilizamos a regressão linear múltipla e o modelo linear generalizado. Foram coletados 4.048 indivíduos pertencentes a sete ordens, 27 famílias e 68 espécies. A composição de espécies entre as bacias foi similar entre Alpercatas e Itapecuru e entre Munim e Preguiças. Nas bacias do Itapecuru, Alpercatas e Preguiças houve a predominância de indivíduos onívoros ao passo que na bacia do Munim houve a predominância de indivíduos herbívoros. Com relação aos fatores locais, a riqueza e abundância das espécies foi influenciada pela profundidade e largura do canal na bacia do Alpercatas e pela temperatura da água e oxigênio dissolvido na bacia do Itapecuru. A abundância das espécies foi influenciada pela velocidade do fluxo e pela temperatura da água no Munim. Na bacia do Preguiças, a profundidade do canal foi a variável mais importante para a riqueza e abundância das espécies. Para cobertura do solo, áreas com presença de cultivo apresentaram menor riqueza e abundância de espécies na bacia do Itapecuru. Ao passo que no Munim áreas com presença de pastagem apresentaram maior riqueza e abundância de espécies. Os resultados obtidos neste trabalho sugerem que mesmo que drenagens mais próximas compartilhem maior número de espécies, uma determinada parcela dessas espécies podem ser restritas a uma bacia hidrográfica ou podem ter dificuldades em dispersar para outras bacias. Por outro lado, algumas espécies parecem se adaptar bem às diferentes condições impostas pelo ambiente, uma vez que, alterações na cobertura do solo foram refletidas na composição trófica das espécies favorecendo a ocorrência de indivíduos onívoros. Além disso, o efeito de fatores locais (profundidade, largura do canal, temperatura da água, oxigênio dissolvido e cobertura do solo) em cada uma das bacias hidrográficas estudadas demostram que a estrutura do hábitat tem um papel importante na estruturação da comunidade de peixes.
Abstract: As a natural system, rivers and streams are important for the conservation of biodiversity because they harbor a great diversity of species formed from spatial and temporal variations that include the environment, the species, the interactions between the species and the environment, besides the historical and geographical conditions. Understanding the causes of this variation is an important issue to understand how biodiversity is structured throughout space. In order to test the hypothesis that there are differences in the composition and structure of the ichthyofauna between watersheds, due to the differences in the internal habitat and due to changes in the supply of allochthonous materials, we use a regularly standardized sampling method to characterize the margins and the inner part of the streams in the watersheds of the rivers Alpercatas, Itapecuru, Munim and Preguiças between the years of 2012 and 2015. We used a similarity analysis (ANOSIM) to verify the existence of spatial differences in the composition and abundance of fish species between the basins. To compare abundance we use the rank of abundance. Diversity was compared through rarefaction curves. The patterns in the trophic composition between the watersheds were evaluated with the abundance data of the species for each trophic guild through a coordinate analysis (PCoA). The multicollinearity among predictor variables was calculated using the Spearman correlation. In order to analyze the effects of the predictor variables on the response variables (richness and abundance of species) in each basin, we used multiple linear regression and the generalized linear model. A total of 4,048 individuals belonging to seven orders, 27 families and 68 species were collected. The species composition among the basins was similar between Alpercatas and Itapecuru and between Munim and Preguiças. In the basins of Itapecuru, Alpercatas and Preguiças there was a predominance of omnivorous individuals, whereas in the Munim basin there was a predominance of herbivorous individuals. Regarding local factors, the richness and abundance of the species was influenced by the depth and width of the channel in the Alpercatas basin and by the temperature of the dissolved oxygen and water in the Itapecuru basin. The abundance of the species was influenced by the flow velocity and the water temperature in Munim. In the Preguiças basin, the depth of the canal was the most important variable for the richness and abundance of the species. To cover the soil, areas with cultivation presence presented lower richness and abundance of species in the Itapecuru basin. Whereas, in the Munim areas with pasture presence presented greater wealth and abundance of species. The results obtained in this work suggest that even if more drainage systems share a greater number of species, a certain portion of these species may be restricted to a river basin or may have difficulties in dispersing to other basins. On the other hand, some species seem to adapt well to the different conditions imposed by the environment, since changes in soil cover were reflected in the trophic composition of the species favoring the occurrence of omnivorous individuals. In addition, the effect of local factors (depth, channel width, water temperature, dissolved oxygen and soil cover) in each of the studied watersheds shows that the habitat structure plays an important role in structuring the fish community.
Palavras-chave: Savana; Córregos; Diversidade biológica; Ictiofauna
Savanna; Streams; Biological diversity; Icthyofauna
Área(s) do CNPq: Geoecologia.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE CONSERVAÇÃO/CCBS
Citação: LIMA, Thamires Barroso. DIVERSIDADE DE PEIXES DE RIACHOS EM ÁREAS DE CERRADO: COMPOSIÇÃO, ESTRUTURA E INTEGRIDADE DE HABITATS.. 2017. [75 folhas]. Dissertação( PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE CONSERVAÇÃO/CCBS) - Universidade Federal do Maranhão, [São Luís] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2085
Data de defesa: 31-Mar-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Thamires Barroso Lima.pdfDissertação de Mestrado1,25 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.