???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2079
Tipo do documento: Dissertação
Título: GÊNERO NO CONTEXTO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL: produções institucionais (RCNEI e BNCC).
Título(s) alternativo(s): GENDER IN THE SCHOOL CONTEXT OF CHILDREN'S EDUCATION: productions Institutional (RCNEI and BNCC).
Autor: MAIA, Marília Milhomem Moscoso 
Primeiro orientador: SOUZA, Sandra Maria Nascimento
Primeiro membro da banca: SOUZA, Sandra Maria Nascimento
Segundo membro da banca: SALLES, Vera Lúcia Rolim
Terceiro membro da banca: SILVA, Jackson Ronie Sá da
Resumo: Nesta dissertação busco compreender como se produz o gênero pela via de documentos institucionais, que pretendem orientar e promover a execução de práticas educativas na área da educação infantil, tendo como base o RCNEI, os seus enunciados, prescrições e formas de trabalhar e experienciar as discussões de gênero e sexualidade na educação infantil e a nova BNCC que apaga totalmente estas discussões de seu texto. O RCNEI quando foi lançando, em 1990, apresentava certo ineditismo e tinha a intencionalidade de ser o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Foi o primeiro documento na época, a abordar temáticas referentes a gênero e sexualidade na educação infantil. Em contrapartida, a BNCC cuja proposta é também ser um Referencial Curricular para a educação básica evidencia um movimento de retrocesso ao não contemplar as temáticas de gênero. Proponho, um exercício denso de análise do documento citado, o RCNEI, com vistas a perceber elementos constitutivos da produção do gênero; como ali são produzidos e reiterados sujeitos, regras e normas que seriam indicadas para o trabalho pedagógico com crianças na faixa etária de 0 a 6 anos, num contexto designado como da “educação infantil”. Faço uso da desconstrução empreendida por Jacques Derrida, das contribuições de Judith Butler (1999; 2016), Joan Scott (1995) e Teresa de Lauretis (1987) e dos estudos de Michel Foucault sobre a constituição de Discursos, Enunciados e Formação Discursiva em sua vinculação a campos específicos de saberes, produção de sujeitos e poder para a construção de uma narrativa sobre a normalização tanto do gênero quanto da infância em documentos oficiais destinados à escola e à prática educativa das/dos professoras/professores de educação infantil.
Abstract: In this dissertation I seek understanding how the gender is produced by the pathway of institutional documents, which intend to guide and promote the implementation of educational practices in the area of child education, based on the RCNEI, its enunciations, prescriptions and forms of work and experience gender and sexuality discussions in children's education and the new BNCC that completely erases these discussions of your text. The RCNEI when he was launching, in 1990, he had a certain ineditism and had the intention of being the national curricular benchmark for infant education. It was the first document at the time, addressing thematic issues relating to gender and sexuality in infant education. On the other hand, the BNCC whose proposal is also to be a curricular benchmark for basic education, it highlights a backward movement by not contemplating gender themes. I propose, a dense exercise of analysis of the quoted document, RCNEI, with views (a) perceive constituent elements of the production of the genus; As there are produced and reiterated subjects, rules and norms that would be indicated for pedagogical work with children in the age range from 0 to 6 years. In a context designated as "educates" infantile tion. " I make use of the Deconstruction undertaken by Jacques Derrida, of the contributions of Judith Butler (1999; 2016), Joan Scott (1995) and Teresa de Lauretis (1987) and Michel Foucault's studies on the Constitution of Discourses, enunciates and formation discursive in their linking to specific fields of knowing production of subjects and power for the constructing a narrative on the standardisation of both gender and childhood in official documents destined for school and educational practice the teachers children's education.
Palavras-chave: Escola; Gênero; Educação Infantil; Documentos educacionais institucionais
School; Genre; Children's education; Educational documents Institutional
Área(s) do CNPq: Papéis e Estruturas Sociais; Indivíduo
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE/CCH
Citação: MAIA, Marília Milhomem Moscoso. GÊNERO NO CONTEXTO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL: produções institucionais (RCNEI e BNCC).. 2017. [98 folhas]. Dissertação( PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE/CCH) - Universidade Federal do Maranhão, [São Luís] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/2079
Data de defesa: 12-Dec-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE (PGCULT) MESTRADO INTERDISCIPLINAR

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marília Milhomem.pdfDissertação de Mestrado1,19 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.