???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1853
Tipo do documento: Tese
Título: Avaliação da resposta imunológica de cães portadores de Leishmaniose tratados com extrato seco de noni (Morinda citrifolia)
Título(s) alternativo(s): IMMUNE RESPONSE ASSESSMENT LEISHMANIASIS PATIENTS TREATED WITH DOGS EXTRACT DRY NONI (Morinda citrifolia)
Autor: BATISTA, Zulmira da Silva 
Primeiro orientador: SILVA, Ana Lúcia Abreu
Primeiro coorientador: NASCIMENTO, Maria do Desterro Soares Brandão
Resumo: A leishmaniose visceral (LV) é uma antropozoonose de distribuição mundial, que acomete o homem, canídeos e marsupiais. A doença é causada por diferentes espécies de protozoários do gênero Leishmania e é transmitida pela picada de insetos flebotomíneos. O cão vem sendo apontado como principal hospedeiro e reservatório da LV, sendo provavelmente o mais importante reservatório natural relacionado aos casos humanos. Além disso, tem um papel fundamental na expansão da doença em áreas endêmicas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o perfil de citocinas, hematológico e bioquímico de cães portadores de Leishmania infantum e tratados com extrato seco de Morinda citrifolia. Para este estudo foram utilizados nove cães, de ambos os sexos e raças variadas. A triagem dos animais deu-se através do teste de ELISA/S7® e pesquisa do parasito em esfregaços sanguíneos. Os animais utilizados na pesquisas eram todos sintomáticos. Para realização da pesquisa foram colhidos sangue com EDTA para realização do hemograma e sangue sem EDTA para realização das dosagens bioquímicas e de citocinas. Foi colhido fragmento da pele da orelha para realização de exames histopatológicos e imunohistoquímicos. Foram avaliadas as seguintes variáveis clínicas: hipertrofia de linfonodos poplíteos, alterações cutâneas, onicogrifose, caquexia e lesões oculares. Quanto aos sinais clínicos observou-se que 78% apresentavam linfoadenopatia, 67% apresentavam alterações cutâneas; 55% apresentavam hepatoesplenomegalia, 44 % apresentavam estado de emagrecimento 33% presença de lesões oculares. Ao se verificar os valores hematológicos houve significado estatístico (p≤0,05) nos valores do VGM e contagem de plaquetas. Para a avaliação das provas bioquímicas houve significado estatístico (p≤0,05) para a dosagem de ALT, AST, ureia e creatinina. Em relação a dosagem de citocinas não houve resultado estatístico significante. O exame histopatológico demostrou diminuição do processo inflamatório. E o exame de imunohistoquímica não demonstrou presença do parasito. Dessa maneira, verificou-se que os estudos das diferenças no perfil de citocinas em cães que apresentavam as mais diversas formas de sintomas da LVC são inconclusivos, visto que os resultados encontrados são contraditórios.
Abstract: Visceral leishmaniasis (VL) is a anthropozoonosis worldwide distribution that affects humans, canines and marsupials. The disease is caused by different species of protozoa of the genus Leishmania and is transmitted by the bite of sand flies insects. The dog has been appointed as the main host and reservoir of LV, being probably the most important natural reservoir related to human cases. Moreover, it has a key role in the expansion of the disease in endemic areas. This study aimed to evaluate the cytokine profile, hematological and biochemical dogs with Leishmania infantum and treated with dry extract of Morinda citrifolia. For this study, nine dogs of both sexes and various breeds were used. Screening of animals was given through the ELISA / S7® testing and detection of parasites in blood smears. Animals used in the studies were all symptoms. To conduct the survey EDTA blood for complete blood count and blood without EDTA to carry out the biochemical and cytokines were collected. Tissue was also harvested in ear for conducting histopathological and immunohistochemical examinations. The following clinical variables was evaluated: hypertrophy of popliteal lymph nodes, skin changes, onychogryphosis, cachexia and eye injuries. Regarding clinical signs was observed that 78% had lymphadenopathy, 67% had skin lesions; 55% had hepatosplenomegaly, 44% had been slimming 33% presence of ocular lesions. While determining the hematologic values was statistically significant (p ≤ 0.05) in the values of MCV and platelet count. For the evaluation of the biochemical significance was (p = 0.05) for serum ALT, AST, urea and creatinine. Regarding cytokine assay no significant statistical result. The histopathological examination demonstrated decreased inflammation. And the examination of immunohistochemical not demosntrated presence of the parasite. Thus, it appears that studies of the differences in the cytokine profile in dogs presenting the most diverse forms of symptoms of CVL are inconclusive, since the results are contradictory.
Palavras-chave: Cães
Citocinas
Leishmaniose visceral canina
Morinda citrifolia
Dogs
Cytokines
Canine visceral leishmaniasis
Área(s) do CNPq: Doenças Infecciosas de Animais
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - RENORBIO/CCBS
Citação: BATISTA, Zulmira da Silva. Avaliação da resposta imunológica de cães portadores de Leishmaniose tratados com extrato seco de noni (Morinda citrifolia). 2014. 1 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1853
Data de defesa: 30-Jun-2014
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA/RENORBIO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ZulmiraBatista.pdfResumo170,27 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.