Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1751
Tipo do documento: Tese
Título: Eficácia da Morinda citrifolia (noni) no tratamento de cães com sintomatologia neurológica infectados pela Ehrlichia canis e pelo vírus da cinomose
Título(s) alternativo(s): Efficacy of Morinda citrifolia (noni) in the treatment of dogs with symptomatology Neurological diseases infected by Ehrlichia canis and by the distemper virus
Autor: Torres, Mylena Andréa Oliveira 
Primeiro orientador: SILVA, Ana Lúcia Abreu
Resumo: A cinomose e erliquiose são duas doenças que acometem cães e que possuem sintomatologia neurológica. A primeira é uma doença viral contagiosa, de alta incidência e mortalidade, que acomete cães domésticos e várias espécies de carnívoros; já a segunda é de origem bacteriana, que apresenta alta frequência em cães. O tratamento de doenças neurológicas é baseado na administração de fármacos, que podem atuar tanto no agente etiológico como na diminuição da progressão da doença; ou na terapia de suporte, no caso da cinomose. Visando tratamentos alternativos para as doenças com quadros neurológicos, que sejam de baixo custo, fácil administração e com efeitos satisfatórios na remissão dos sinais clínicos, esta pesquisa teve como objetivo avaliar a eficácia de Morinda citrifolia (noni) no tratamento de cãescom sintomatologia neurológica causada pelo vírus da cinomose e pela Ehrlichia canis. Para avaliação do efeito da droga vegetal de M. citrifolia em cães com erliquiose, foram utilizados 10 cães, divididos em dois grupos, um tratado com a droga padrão doxiciclina (10 mg/kg, BID/PO) e complexo de vitaminas B (0,2 mg/kg, BID/PO), e outro tratado com o protocolo experimental (500 mg da droga vegetal de M. citrifolia, SID/PO). Após trinta dias, foi realizada coleta de sangue para avaliação dos parâmetros hematológicos. Foi observado que, embora o noni tenha levado à melhora dos parâmetros hematimétricos, principalmente das plaquetas, os animais não apresentaram cura clínica da doença, o que demonstrou a sua ineficácia no tratamento da erliquiose. Para a avaliação da droga vegetal de M. citrifolia em animais com cinomose, foram utilizados 15 animais, divididos em dois grupos, um tratado com as medicações convencionais e outro com o protocolo experimental. Após trinta dias, foi observado que os animais tratados com noni apresentaram remissão dos sinais clínicos, demonstrando sua eficácia no combate aos sinais neurológicos da cinomose. Como última etapa deste trabalho, buscou-se avaliar as lesões no sistema nervoso de cães com estado avançado de cinomose, que foram submetidos à eutanásia. Foram coletadas várias áreas do encéfalo de 7 cães (cerebelo, colículo rostral, colículo caudal, obex, pedúnculo cerebelar e telencéfalo) para análises histopatológicas e imunohistoquímicas. Após avaliação histopatológica, foi observado que a área mais afetada foi o pedúnculo cerebelar, e os principais achados foram processo inflamatório e desmielinização. A imunohistoquímica confirmou os resultados histopatológicos, com marcações em todas as áreas do encéfalo e, contrariando a literatura os neurônios foram as células que apresentaram mais marcações virais.
Abstract: Canine distemper and ehrlichiosis are two diseases affecting dogs, which have neurological symptomatology. The former is a contagious viral disease, with a high incidence and mortality that affects dogs and other canids; the latter is a bacterial disease highly frequent. The treatment of neurological diseases is based on drug administration, which may act both on etiologic agent as reducing the progression of the disease; or on supportive therapy, in cases of canine distemper. Looking for an alternative treatment for diseases with neurological conditions, low-cost, easy to administrate and with satisfactory effects in the remission of clinical signs, this study aimed to evaluate the effectiveness of Morinda citrifolia (noni) in the treatment of dogs with neurological symptoms caused by canine distemper virus and Ehrlichia canis. To evaluate the effect of M. citrifolia vegetable drug in animals with ehrlichiosis, ten animals were used, divided into two groups, one treated with the standard drug, doxycycline (10 mg/kg, BID, orally) and complex B vitamins (0.2 mg/kg, BID, orally), and the other treated with the experimental protocol (500 mg of M. citrifolia vegetable drug, SID, orally). Thirty days post-treatment, blood collection was made to evaluate hematological parameters. Although noni has led to the improvement of these parameters, especially platelets, animals did not show clinical cure, which demonstrated its inefficacy in the treatment of ehrlichiosis. To evaluate the effect of the vegetable drug in animals with canine distemper, fifteen animals were used, divided into two groups, one treated with the conventional drugs and the other with the experimental protocol. After thirty days, was observed that the animals treated with noni showed remission of clinical signs, demonstrating its efficacy against distemper neurological signs. As the last step of this work, were assessed the lesions in the central nervous system of dogs in an advanced stage of distemper, which were euthanized. Several brain areas of seven dogs were collected (cerebellum, rostral colliculus, caudal colliculus, obex, cerebellar peduncle and telencephalon), to perform histopathological and immunohistochemical analyses. In histopathological analysis was observed that the cerebellar peduncle was the most affected area and that inflammation and demyelination were the major findings. Immunohistochemistry confirmed histopathological results, with markings in all areas of the brain and, contrary to the literature; neurons were the cells that presented more viral particles.
Palavras-chave: Cinomose
Erlichiose
Tratamento
Sinais Neurológicos
Morinda citrifolia
Canine Distemper Virus
Erlichiose
Treatment
Neurological Signs
Área(s) do CNPq: Farmacognosia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - RENORBIO/CCBS
Citação: TORRES, Mylena Andréa Oliveira. Eficácia da Morinda citrifolia (noni) no tratamento de cães com sintomatologia neurológica infectados pela Ehrlichia canis e pelo vírus da cinomose. 2016. 188 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1751
Data de defesa: 27-Jun-2016
Aparece nas coleções:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA/RENORBIO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MylenaTorres.pdfTese2,8 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.