???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1393
Tipo do documento: Dissertação
Título: Atividade moluscicida de óleos essenciais de plantas aromáticas da região Amazônica maranhense
Título(s) alternativo(s): Molluscicide activity of essential oils from aromatic plants maranhense Amazon region
Autor: Ribeiro, Edilene Carvalho Gomes 
Primeiro orientador: MORAES, Denise Fernandes Coutinho
Resumo: “Atividade moluscicida de óleos essenciais de plantas aromáticas da região Amazônica maranhense”. A esquistossomose é uma das doenças endêmicas mais importantes e difundidas no mundo com ocorrência intimamente vinculada a precárias condições socioambientais. O parasito responsável por essa doença, Schistosoma mansoni, necessita da participação de caramujos do gênero Biomphalaria para completar seu ciclo de vida. Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma das formas de combate da esquistossomose é através do controle malacológico, interrompendo o ciclo biológico do helminto responsável pela doença. Este estudo teve como objetivo avaliar a atividade moluscicida de óleos essenciais de cinco plantas aromáticas com ocorrência na Amazônia maranhense, bem como caracterizar a composição química dos óleos essenciais e sua ação tóxica a organismos não alvo, a fim de apontar uma alternativa viável e sustentável para o controle da esquistossomose, doença endêmica em vários estados brasileiros incluindo o estado do Maranhão. Os óleos essenciais foram extraídos de partes aéreas de espécies vegetais coletadas no Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba, Alto Parnaíba – MA, utilizando a técnica de hidrodestilação em aparelho tipo Clevenger, por um período de três horas. A composição química destes óleos foi determinada por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massa. Entre as espécies coletadas, foram selecionados os óleos que demonstraram rendimento acima de 0,7%. A atividade moluscicida dos óleos essenciais selecionados foi testada em cinco diferentes concentrações contra Biomphalaria glabrata seguindo a metodologia padrão preconizada pela Organização Mundial de Saúde (1983). A avaliação de toxicidade foi realizada frente a organismos não alvo, peixes Danio rerio, através de método estático, sem reposição de água, padronizada pela ABNT NBR 15088. Os resultados foram expressos em concentrações letais das atividades biológicas, com nível de confiança de 95%, obtidas por regressão linear, modelo probit, e comparadas por análise de variância, seguida de teste de Tukey. Os óleos essenciais das espécies Eugenia punicifolia, Hyptis dilatata, Lippia gracilis e Lippia acitidens foram caracterizados pela predominância de compostos monoterpênicos. Por outro lado, o óleo essencial de FG20151 demonstrou ausência de monoterpenos e predominância de sesquiterpenos oxigenados. Todos os óleos essenciais avaliados mostraram bioatividade frente B. glabrata com valores de CL90 entre 27,41 e 182,33 μg/mL. Os óleos essenciais apresentaram baixa toxicidade aguda para os peixes Danio rerio, quando comparados à toxicidade do moluscicida comercial sintético Bayluscide. A partir dos resultados obtidos pode-se concluir que, as espécies estudadas apresentam potencial para serem usadas como fontes de substâncias bioativas com ação moluscicida. O desafio é promover inovação no campo das doenças negligenciadas, área que necessita de investimentos e pesquisas com retorno satisfatório.
Abstract: “Molluscicide activity of essential oils from aromatic plants maranhense Amazon region”. Schistosomiasis is one of the most important endemics and widespread diseases in the world with closely linked occurrence to environmental conditions precarious. The parasite responsible for this disease, Schistosoma mansoni, requires the participation of Biomphalaria snails to complete their life cycle. According to the World Health Organization, one of the ways to combat this disease is to perform the mollusc control to avoid the helminth’s life cycle. This study aimed to evaluate the molluscicidal activity of essential oils of herbs occurring in Amazon area of Maranhão, Brazil and characterize the chemical composition and toxicity from non-target organisms of these oils to point viable and sustainable alternative to control the schistosomiasis that is an endemic disease in several Brazilian states, including the state of Maranhão. Essential oils were extracted from the aerial parts of plant harvested in the Rio Parnaíba National Park, Alto Parnaíba – MA, by hydrodistillation in Clevenger-type apparatus during a period of three hours. The chemical composition of these essential oils was analyzed by gas chromatography coupled to mass spectrometry. Among the collected species, the essential oils with a yield above 0,7% were selected to our study. The molluscicidal activity of each essential oil was tested at five different concentrations against Biomphalaria glabrata following the standard method recommended by World Health Organization (1983). The toxicity assessment was carried out against non-target organisms, zebrafish through static method, without replacement water, standardized by NBR 15088. The results were expressed by lethal concentrations with 95% confidence intervals and calculated using a probit regression model, and the data were submitted to analysis of variance followed by Tukey test. Essential oils of species Eugenia punicifolia, Hyptis dilatata, Lippia gracilis and Lippia acitidens were characterized by the predominance of monoterpene compounds. In the other hand, the essential oil of FG20151 showed no monoterpenes and predominance of sesquiterpenes oxygenates. All evaluated essential oils showed bioactivity against B. glabrata with LC90 values between 27.41 and 182.33 µg/mL. Although the essential oils studied exhibited acute toxicity to zebrafish fish in lethal concentrations molluscicide, they were less toxic when compared to the toxicity of the synthetic commercial Bayluscide molluscicide. Thus, these results show that these species have the potential to be used as sources of bioactivity compounds with molluscicide property. The challenge is to promote innovation in the field of neglected diseases, that needs investment and research with satisfactory return.
Palavras-chave: Caramujos
Controle
Esquistossomose
Óleo essencial
Snails
Control
Schistosomiasis
Essential oils
Área(s) do CNPq: Microbiologia
Botânica Aplicada
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E AMBIENTE/CCBS
Citação: RIBEIRO, Edilene Carvalho Gomes. Atividade moluscicida de óleos essenciais de plantas aromáticas da região Amazônica maranhense. 2016. 89 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Saúde e Ambietne) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1393
Data de defesa: 26-Jul-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE E AMBIENTE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EdileneRibeiro.pdfDissertação1,75 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.