???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/139
Tipo do documento: Dissertação
Título: AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR: do fazer mecânico à intencionalidade teórico-metodológica emancipatória
Título(s) alternativo(s): EVALUATION OF SCHOOL LEARNING: the intent to make mechanical theoretical and methodological emancipatory
Autor: Azevedo, Raquel de Moraes
Primeiro orientador: MELO, Maria Alice
Resumo: Esta dissertação se propõe analisar o processo avaliativo em sua relação com a garantia da aprendizagem de caráter emancipatório, a partir da qualidade pedagógica dos diagnósticos de limites e avanços e da natureza das intervenções didático-metodológicas realizada por professores em séries iniciais de uma escola da rede pública municipal de Imperatriz zona urbana. A partir de referencial qualitativo faz uso das técnicas: entrevista semi-estruturada, observação, análise documental, questionário misto, tendo em vista caracterizar as concepções que predominam entre os professores pesquisados quanto à educação, aprendizagem, metodologia, avaliação da aprendizagem, aluno e professor. Propõe-se também a analisar a correlação dessas concepções entre si e delas com a prática pedagógica, assim como os planos de trabalho dos professores, os instrumentos de avaliação no que tange à elaboração, formas de correção e devolutiva, no sentido de investigar se tais elementos configuram uma avaliação diagnóstico-processual e ainda refletir sobre as implicações das condições objetivas dos professores na escola pesquisada para o exercício de ação-reflexão-ação, em função do aperfeiçoamento da prática pedagógica. Permeando as discussões em torno da avaliação em seu sentido qualitativo, estão as idéias de Vasconcellos, Hoffmann, Demo e Saul, que em conjunto com autores como Vygotsky e Giroux fornecem as bases da análise do objeto em estudo. Mediante o percurso feito, algumas constatações tornaram-se evidentes nas concepções e práticas dos professores investigados: as concepções dos sujeitos da pesquisa apresentam diferentes enfoques epistemológicos; muitas vezes, um mesmo conceito se estrutura a partir de abordagens divergentes entre si. No entanto, podem indicar mais que incoerências, uma vez que a ruptura com um dado referencial não se dá de uma vez, mas por aproximações sucessivas. Quando encampadas do ponto de vista metodológico, mesmo ainda no nível das falas, verifica-se, na maioria dos casos, dificuldades em estabelecer correlação entre o conceito e sua materialização, sobretudo quando este já se situa em um referencial crítico. Quando confrontadas com a prática, via observação direta e análise documental, as dissonâncias entre conceitos de teor crítico-transformador e a ação efetiva do professor se ampliam, comprometendo a dimensão diagnóstico-processual da avaliação. Apesar dos impasses constatados há algumas iniciativas que já se caracterizam pelo acompanhamento diário do aluno por ocasião das atividades de sala, mediadas pelo diálogo, na perspectiva de captar as hipóteses que os alunos estão tendo acerca dos conteúdos, alterando a clássica forma de encarar o erro. Em menor escala, mas não menos importante, verifica-se certa desburocratização da avaliação, na medida em que alunos têm a oportunidade de refazer atividades, sobretudo produção de textos, aproximando-se assim dos critérios estabelecidos. Considerando as condições objetivas, sobretudo as que se referem ao direito do professor quanto à formação continuada na escola e especialmente na rede, embora não imobilizem uma prática pedagógica e avaliativa de cunho emancipatório, pois sempre há espaço para a resistência, comprometem o desejo e mesmo as iniciativas já implementadas por alguns dos sujeitos nesse sentido. Diante disso, propõe-se que o trabalho do Pedagogo, que na rede ainda é diferenciado pelas funções supervisora e de orientação educacional, se paute pela perspectiva da pesquisa do trabalho pedagógico, subsidiando assim os professores no campo epistemológico, no qual, acredita-se, residem as origens das principais fragilidades observadas, superando o ativismo pedagógico, o que naturalmente implica a garantia de processos de formação continuada de qualidade para o conjunto dos educadores, inclusive para o Pedagogo, além da ampliação do número desses profissionais.
Abstract: This dissertation intends to analyze the evaluative process in its relationship with the warranty of learning with emancipation feature, starting from the pedagogical quality of the diagnoses of limits and progresses and of the nature of the didactic-methodological interventions carried out by teachers in initial grades of a public network municipal school in Imperatriz - urban area. Starting from qualitative referential by making use of the techniques: semi-structured interview, observation, documental analysis, mixed questionnaire, with the purpose of characterizing the conceptions that prevail among the researched teachers as for the education, learning, methodology, evaluation of learning, student and teacher. It also intends to analyze the correlation of those conceptions amongst themselves and of them with the pedagogical practice, as well as the teachers' work plans, the evaluation instruments with respect to the elaboration, correction and redelivery forms, regarding to investigate if such elements configure a diagnosis-procedural evaluation and yet contemplate the implications of the teachers' objective conditions in the researched school for the action-reflection-action exercise, towards the improvement of the pedagogical practice. Permeating the discussions around the evaluation in its qualitative sense, are Vasconcellos, Hoffmann, Demo and Saul s ideas, which together with authors like Vygotsky and Giroux provide the bases for the analysis of the object in study. By the run course, some verifications became evident in the conceptions and investigated teachers' practices: the conceptions of the subject of the research present different epistemological focuses, several times a same concept is structured starting from divergent approaches amongst themselves. However, they can indicate, more than incoherence, once the rupture with a given referential isn t felt at once, but by successive approaches. When revoked with the methodological point of view, even if in the level of the speeches, it is noticed in most cases, difficulties to establish correlation between the concept and its materialization, above all when this already locates itself in a critical referential. When confronted with the practice, through direct observation and documental analysis, the dissonances between concepts of critical-transformer content and the teacher s effective action are enlarged, committing the diagnosis-procedural dimension of the evaluation. In spite of the noticed predicaments there are some initiatives that they are already characterized by the student's daily attendance by occasion of the room activities, mediated by the dialogue, in the perspective of capturing the hypotheses that the students are having concerning the contents, altering the classic form of facing the mistakes. In smaller scale, but no less important certain debureaucratization of the evaluation is noticed, whereas the students have the opportunity to redo activities, above all production of texts, approaching this way the established criteria. Considering the objective conditions, above all the ones that refer to the teacher's right as for the continuous development in school and especially in the network, although they don't immobilize a pedagogical and evaluative practice of emancipation tendency, because there is always space for resistance, they commit their desire and even the initiative already implemented by some of the subjects in that sense. Before that, one proposes that the Educator's work, that is still differentiated in the network by the supervisor and educational orientation functions, be ruled by the perspective of the research of the pedagogical work, subsidizing this way the teachers in the epistemological field, in which is believed lies the origins of the main observed fragilities, overcoming the pedagogical activism, what naturally implicates the warranty of the processes of continuous development of quality for the educators' group, including the Pedagogue, besides the enlargement of the number of those professionals.
Palavras-chave: avaliação da aprendizagem
currículo crítico
emancipação
evaluation of learning
critical curriculum
emancipation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::AVALIACAO DA APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Educação
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO/CCSO
Citação: AZEVEDO, Raquel de Moraes. EVALUATION OF SCHOOL LEARNING: the intent to make mechanical theoretical and methodological emancipatory. 2007. 160 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/139
Data de defesa: 30-Oct-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Raquel Azevedo.pdf454,27 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.