???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/138
Tipo do documento: Dissertação
Título: A DIMENSÃO LÚDICA DA LINGUAGEM CORPORAL INFANTIL E SUA RELAÇÃO COM O PROCESSO DE APRENDIZAGEM: uma reflexão a partir das práticas escolares percebidas nas escolas da rede pública de ensino no município de Imperatriz-MA
Título(s) alternativo(s): THE PLAYFUL DIMENSION OF THE INFANTILE CORPORAL LANGUAGE AND ITS RELATION WITH THE LEARNING PROCESS: a reflection from the practical pertaining to school perceived in the schools of the public net of education in the Imperatriz-Ma
Autor: Miranda, Amanda Ribeiro
Primeiro orientador: SILVA, Paulo da Trindade Nerys
Resumo: O presente trabalho consiste em um estudo sobre a dimensão lúdica da linguagem corporal infantil e suas implicações junto ao processo de aprendizagem. Propõe uma análise acerca das práticas escolares percebidas nas escolas da rede pública de ensino no município de Imperatriz-MA, considerando seus determinantes sociais. Fundamentou-se essencialmente nas teorizações encontradas na área da educação e da educação física, sobretudo as que se propõem a uma investigação em torno da construção do conceito de corpo e da relação corpo/educação, na perspectiva da aprendizagem, tendo em vista uma abordagem histórica e cultural. Neste sentido buscou-se nas contribuições de Merleau-Ponty, na sua obra Fenomenologia da percepção, bem como de seus interlocutores, os aportes teóricos necessários ao desenvolvimento deste estudo. O trabalho mostra a constatação, a partir de observações, análise de fontes documentais e depoimentos dos sujeitos envolvidos na pesquisa, de que o processo de afirmação da dimensão lúdica da linguagem corporal, junto ao processo de aprendizagem encontra-se fragilizado diante das condições observadas e que tais condições revelaram-se desarticuladas, considerando um projeto pedagógico e social que compreenda o corpo enquanto síntese da totalidade humana e, portanto, elemento indispensável ao processo de formação do ser. Faz uma observação de como os fatores determinantes envolvem elementos como as condições do espaço físico e sua utilização, a formação docente, a realidade sócio-cultural dos sujeitos envolvidos, entre outros. Aponta, pela complexidade desse processo, bem como de seus determinantes, que há um impedimento histórico marcado pela negação do corpo no ambiente escolar e fundamentado na objetividade da racionalidade técnica, incorporada pela escola. Tal impedimento precisa ser refletido e superado, no sentido de avançar em direção a um processo qualitativamente melhor, que considere a possibilidade de desenvolvimento de elementos relacionados à sensibilidade humana, que possam implicar efetivamente no processo de resgate da subjetividade, enquanto possibilidade de superação da dicotomia corpo/mente. Consiste na constatação de que nas escolas observadas, tal movimento encontra-se longe de ser concretizado, haja vista que não só os professores, como o próprio sistema de ensino, não têm a compreensão necessária sobre a relevância desta discussão ao processo de aprendizagem, nem tão pouco se reconhecem como sujeitos protagonistas deste processo. Por fim, indica que as condições reveladas trazem sérias implicações ao processo de aprendizagem, considerando a possibilidade de uma educação integral, que tenha como referência a concepção de corpo-sujeito no processo educativo, em detrimento da concepção hegemônica de corpo-máquina.
Abstract: The present paper consists of a study about the playful dimension of the infantile corporal language and their implications for the learning process. It proposes an analysis concerning the school practices found in the schools of the public teaching network in the municipal district of Imperatriz-MA, and, considering their social determinant. It was based essentially on the theorization found in the area of education and physical education, above all the ones that intend an investigation of the construction of the body concept and of the relationship body/education, in the perspective of the learning, taking into account a historical and cultural approach. In this regard, one has fetched in Merleau-Ponty s contributions, in his work Phenomenology of Perception , as well as from his interlocutors, the necessary theoretical outpouring to the development of this study. The paper shows the evidence, starting from observations, analysis of documental sources and depositions of the subjects involved in the research, which the affirmation process of the playful dimension of the corporal language, along the learning process, is found weakened due to the observed conditions and that such conditions were revealed disjointedly, considering a pedagogical and social project which considers the body as synthesis of the human totality and, therefore, indispensable element to the process of the human being's formation. It was observed how the decisive factors involve elements that rise from the conditions of the physical space and its use, to the dimension which concerns the involved teachers' graduation. It rises by the complexity of this process, as well as by their determinant, that there is a historical impediment marked by the denial of the body in the school environment, based upon the objectivity of the technical rationality, incorporated by the school. Such impediment needs to be contemplated and overcome, in the sense of moving forward towards a qualitatively better process, which considers the possibility of development of elements related to the human sensibility, which implicates indeed in the process of rescuing the subjectivity, as possibility of overcoming the dichotomy body/mind. It consists in the evidence that in the observed schools such a movement is far away from being rendered, since not only the teachers, but also the educational system itself, does not have the necessary understanding about the relevance of this discussion for the learning process, nor even as well they are recognized as protagonist subjects of this process. Finally, it indicates that the revealed conditions bring about serious implications to the learning process, considering the possibility of an integral education that has as reference the body-subject conception for the educational process, to the detriment of the hegemonic conception of body-machine.
Palavras-chave: Corpo
Dimensão lúdica
Linguagem corporal
Aprendizagem
Sensibilidade
Educação integral
Playful Dimension
Corporal Language
Learning
Sensibility
Integral Education
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::AVALIACAO DA APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Educação
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO/CCSO
Citação: MIRANDA, Amanda Ribeiro. THE PLAYFUL DIMENSION OF THE INFANTILE CORPORAL LANGUAGE AND ITS RELATION WITH THE LEARNING PROCESS: a reflection from the practical pertaining to school perceived in the schools of the public net of education in the Imperatriz-Ma. 2007. 124 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/138
Data de defesa: 19-Dec-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Amanda Ribeiro Miranda.pdf316,17 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.