???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/131
Tipo do documento: Dissertação
Título: IMPLICAÇÕES DA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL DE VIGOTSKI NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES ALFABETIZADORES
Título(s) alternativo(s): IMPLICATIONS OF HISTORICAL-CULTURAL VIGOTSKI PSYCHOLOGY IN THE FORMATION OF ALPHABETIZATION TEACHERS
Autor: Sousa, Dijan Leal de
Primeiro orientador: BURBANO PAREDES, José Bolívar
Resumo: Análise da compreensão e a utilização em sala de aula, por parte das professoras egressas do Programa de Formação de Professores Alfabetizadores (PROFA), dos fundamentos teóricos da psicologia vigotskiana trabalhados pelo Programa, em especial sobre a importância da interação social e os processos de mediação para a construção de novas aprendizagens e o desenvolvimento do processo de alfabetização no Município de Imperatriz, Maranhão. A pesquisa teve como ponto de partida um estudo acerca do referencial bibliográfico que trata da teoria psicológica vigotskiana, acerca do desenvolvimento e aprendizagem dos indivíduos, enfatizando-se a mediação e o trabalho com a zona de desenvolvimento proximal, como processos fundamentais na construção das funções psicológicas superiores dos indivíduos que, tendo como prisma esse referencial, constituem-se sujeitos ativos do seu processo de construção do conhecimento. Com o intuito de analisar a prática à luz da teoria em questão, optou-se por uma pesquisa empírica, onde se realizou uma análise das coletâneas e programas de vídeos que integram o material didático do PROFA, e a observação da prática docente e entrevistas com as professoras participantes e egressas do Programa, o que permitiu verificar a superficialidade e até mesmo a inexistência dos princípios basilares da psicologia de Vigotski, na base teórica do Programa. Utilizou-se a entrevista semi-estruturada como instrumento de coleta de dados. A partir da referida pesquisa, constatou-se a fragilidade, como programa de formação de professores em uma perspectiva construtivista e/ou sócio-interacionista, tanto no processo como nos resultados, do PROFA implementado no Município de Imperatriz, inviabilizando assim uma fundamentação teórica consistente que possibilitasse uma mudança efetiva na prática metodológica por parte das referidas professoras entrevistadas-egressas do Programa.
Abstract: This work analyzes the understanding of the theoretical foundations of vigtskian psychology as used in the classroom by egresses teachers of the Program for the Formation of Alphabetization Teachers (PROFA), specifically on the importance of social interaction and the mediation process in the construction of learning and development in the literacy process within the municipality of Imperatriz, Maranhão. The research had as its starting point a study of bibliographical references on the theory vigotskian psychology, in regards to the individual s development and learning, emphasizing the mediation and work within the proximal development zone, as fundamental processes in the construction of the superior psychological functions of the individuals in the knowledge construction process. With the intention of analyzing these practices in the light of the theory at hand, we opted for an empirical research, where an analysis of the collections and programs of videos that integrate the didactic material of PROFA took place, and through the observation of the educational practice and interviews with the participating teachers and egresses of the program, which allowed the verification of the superficiality and even inexistency of the principles of the vigotskian psychology, in the program s theoretical foundations. A semistructured interview was used as the instrument for the collection of data. Through the fore mentioned research, the fragility of the teachers' formation program in regards to the constructivist and/or partner-integrationist perspective was verified, as well as in the process and in PROFA s results as implemented in the municipality of Imperatriz, rendering this consistent theoretical foundation useless for facilitating an effective change in the methodological practices on the part of the referred program s egresses teachers who were interviewed.
Palavras-chave: Psicologia histórico-cultural
Construtivismo e PROFA
Historical-cultural psychology
constructivism and PROFA
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM::METODOS E TECNICAS DE ENSINO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Educação
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO/CCSO
Citação: SOUSA, Dijan Leal de. IMPLICATIONS OF HISTORICAL-CULTURAL VIGOTSKI PSYCHOLOGY IN THE FORMATION OF ALPHABETIZATION TEACHERS. 2007. 105 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/131
Data de defesa: 29-Nov-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dijan Leal de Sousa.pdf306,42 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.