???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1004
Tipo do documento: Dissertação
Título: Exposição ocupacional com resíduos de serviços de saúde entre trabalhadores da limpeza e conservação
Título(s) alternativo(s): Occupational exposure to healthcare wastes among workers cleaning and conservation
Autor: Gomes, Sâmea Cristina Santos 
Primeiro orientador: CALDAS, Arlene de Jesus Mendes
Resumo: O trabalhador da limpeza e conservação dos serviços e saúde, em sua rotina de trabalho, manuseia materiais potencialmente infectantes, e, tratando-se de um ambiente hospitalar, a exposição ocupacional a esses materiais pode resultar em acidente de trabalho. O objetivo deste estudo foi investigar a exposição ocupacional com resíduos de serviços de saúde entre trabalhadores da limpeza e conservação de hospitais públicos e privados em São Luís-MA. Realizou-se um estudo transversal tipo analítico, sendo a amostra composta por 199 trabalhadores da limpeza e conservação de seis hospitais. A coleta de dados foi realizada após o sorteio dos trabalhadores e utilizou-se um formulário com as seguintes variáveis: sexo, idade, escolaridade, tempo de serviço, conhecimento sobre o manejo dos resíduos de serviços de saúde (RSS), existência de capacitação, utilização de equipamento de proteção individual (EPI) e ocorrência de acidentes de trabalho. Primeiramente foi realizada análise não ajustada e na segunda fase, análise ajustada do tipo hierarquizada, tendo como variável resposta a ocorrência de acidente de trabalho com resíduos de serviços de saúde. Foram consideradas associadas à variável resposta àquelas que apresentaram p-valor <0,05. Na amostra em estudo predominou o sexo masculino (57,79%), a idade de 31 a 40 anos (39,70%) e o ensino médio completo (85,43%). Observou-se 13,57% de ocorrência de acidentes de trabalho. Predominaram os acidentes com perfurocortantes (81,48%). Ao final da análise hierarquizada, mantiveram-se associados a ocorrência de acidente de trabalho: ensino médio incompleto (Razão de Prevalência (RP)=2,98; p<0,001), tempo de serviço de 1 a 5 anos (RP=1,12; p<0,001), segregação inadequada dos RSS (RP= 2,31; p=0,009), ter realizado capacitação somente na admissão (RP=2,63 p<0,001), não considerar os RSS como riscos para sua saúde (RP=1,61; p=0,002) e o não uso de EPI (RP= 5,10; p=0,005). Ter idade entre 31 a 40 anos (RP=0,18; p=<0,001) e o tempo de serviço de 6 a 10 anos (RP= 0,04; p=0,005) apresentaram-se associados como fatores de proteção. A alta prevalência de acidentes de trabalho entre adultos jovens, com baixa escolaridade e tempo de serviço menor que 5 anos, ressalta a importância da educação continuada no serviço que possa contribuir para orientar sobre a preservação, manutenção e promoção da saúde desses trabalhadores em estabelecimentos de saúde.
Abstract: Worker cleaning and care services and health in their work routine, handling potentially infectious materials, and, in the case of a hospital setting, occupational exposure to these materials may result in work accidents. The aim of this study was to investigate the occupational exposure to waste services and health among workers cleaning and maintenance of public and private hospitals in São Luís-MA. We conducted a cross-sectional analytical study type, with a sample of 199 workers in the cleaning and conservation of six hospitals. Data collection was performed after the draw of the workers and used a form with the following variables: gender, age, education, length of service, knowledge of the management of health care waste (RSS), existence of training, use of personal protective equipment (PPE) and work accidents. Analysis was not set and in the second phase, the adjusted analysis of hierarchical type, with the variable response to incidents of accident with residues of health services. They were considered to be linked to the variable response to those with a p-value <0.05. It became clear predominance of males (57.79%), aged 31-40 years (39.70%) and completed secondary education (85.43%). There was 13.57% for incidents of accidents. Predominant sharps injuries (81.48%). At the end of hierarchical analysis, remained associated with the work accident: Some high school (prevalence ratio (PR) = 2.98; p <0.001), length of service 1-5 years (PR = 1.12; p <0.001), inadequate segregation of RSS (PR = 2.31; p = 0.009), have pursued training only in admission (PR = 2.63 p <0.001), not considering the RSS as risks to their health (PR = 1 61; p = 0.002) and non-use of PPE (PR = 5.10; p = 0.005). Age between 31 to 40 and 6 years of service to 10 years have been associated as protective factors. The high prevalence of accidents among young adults with low education and time less service five years, emphasizes the importance of continuing education in service that can help to guide on the preservation, maintenance and health promotion of these workers health facilities
Palavras-chave: Acidentes de Trabalho
Trabalhador da limpeza e conservação
Resíduos de Serviços de Saúde
Occupational Accidents
Housekeeping
Waste of Health Services
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: SAÚDE PÚBLICA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/CCBS
Citação: GOMES, Sâmea Cristina Santos. Occupational exposure to healthcare wastes among workers cleaning and conservation. 2016. 83 f. Dissertação (Mestrado em SAÚDE PÚBLICA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1004
Data de defesa: 22-Jan-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dissertacao-SameaCristinaSantosGomes.pdf1,61 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.