???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/729
Tipo do documento: Dissertação
Título: INFLUÊNCIA DA VIOLAÇÃO DA SIMETRIA DE LORENTZ SOBRE A EQUAÇÃO DE DIRAC E O ESPECTRO DE HIDROGÊNIO
Título(s) alternativo(s): INFLUENCE OF THE BREACH OF LORENTZ SYMMETRY ABOUT EQUATION OF DIRAC AND THE SPECTRUM OF HYDROGEN
Autor: Moucherek, Fernando Marques de Oliveira
Primeiro orientador: FERREIRA JUNIOR, Manoel Messias
Resumo: Neste trabalho, busca-se investigar a influência de termos violadores de Lorentz e CPT (em acoplamentos "vetoriais"e "axiais") sobre a equação de Dirac, e seu limite não-relativistico. Primeiramente, são obtidas as suas soluções de onda-plana, relação de dispersão e autovalores. Em seguida, o limite de baixas energias é trabalhado e o Hamiltoniano não-relativistico determinado. No caso do acoplamento vetorial, os ter- mos de violação não induzem qualquer modificação sobre o espectro do hidrogênio (na presença ou ausência de campo magnético externo), o que está de acordo com o fato deste background determinar apenas um deslocamento no momento do sistema. No caso do acoplamento pseudo-vetorial, entretanto, o Hamiltoniano não-relativistico possui um termo que modifica o espectro, induzindo uma alteração de energia similar ao efeito Zee- man (na ausência de campo magnético externo). Tal efeito é então usado para estabelecer um limite superior sobre a magnitude do background: bz < 10¡10eV Na segunda parte deste trabalho, é analisada a influência de um background bz xo, violador de Lorentz, em acoplamento não-minimo sobre o setor de férmions, sobre a equação de Dirac. O regime não-relativistico é considerado e o Hamiltoniano estabelecido. O efeito deste Hamiltoniano sobre o espectro do hidrogênio é determinado em cálculos de primeira ordem (na ausência de campo magnético externo), revelando a presença de desvios de energia que modificam a estrutura fina do espectro e possibilitam a imposição de um limite superior sobre o produto de violação: gvz < 10¡14(eV )¡1. Na presença de campo magnético externo, uma correção de energia é também obtida, implicando no limite:gvz < 10¡25(eV )¡1.No caso em que o acoplamento não-minimo é do tipo torção, nenhuma correção de primeira ordem é exibida na ausência de campo externo; na presença de um campo externo, um segundo efeito Zeeman é observado, implicando emgvz < 10¡25(eV )¡1. Tais resultados mostram que o efeito de violação de Lorentz pode ser mais sensivelmente investigado em meio à presença de um campo externo.
Abstract: In this work, one searchs to investigate the influence of violating terms of Lorentz and CPT (in "vectorial"and "axial"couplings ) on the equation of Dirac, and its non-relativistic limit. Firstly, its solutions of wave-planes, relation of dispersion and eigenvalues are gotten. After that, the limit of low energies is worked and determined the non-relativistic Hamiltonian. In the case of the vectorial coupling, the breaking terms do not induce any modification on the spectrum of hydrogen (in the presence or absence of external magnetic field), what it is in accordance with the fact of this background only to determine the displacement at the momentum of the system. In the case of the pseudo-vectorial coupling, however, the non-relativistic Hamiltonian possesss a term that modifies the spectrum, inducing an alteration of energy similar to Zeeman effect (in the absence of external magnetic field). Such effect is then used to establish the upper limit on the magnitude of background:bz < 10¡10eV . In the second part of this work, is analyzed the influence of a fixed background, violating of Lorentz, in a non-minimum coupling on the sector of fermions, on the equation of Dirac. The non-relativistic regime is considered and the Hamiltonian accomplished. The effect of this Hamiltonian on the spectrum of hydrogen is determined in calculations of first order (in the absence of external magnetic field), revealing the presence of energy shifting that modifies the fine structure of the spectrum and makes possible the imposition of a upper limit on the breaking product:gvz < 10¡14(eV )¡1. In the presence of external magnetic field, a correction of energy also is gotten, implying in the limit:gvz < 10¡25(eV )¡1. In the case where the non-minimum coupling is of the type torsion, no first order correction is shown in the absence of external field; in the presence of a external field, a second Zeeman effect is observed, implying in:gvz < 10¡25(eV )¡1. Such results show that the effect of Lorentz violating can more significantly be investigated in way to the presence of a external field.
Palavras-chave: Violação de Lorentz
Limite não-relativistico
Lorentz Symmetry
Non-Relativistic limit
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: FISICA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA/CCET
Citação: MOUCHEREK, Fernando Marques de Oliveira. INFLUENCE OF THE BREACH OF LORENTZ SYMMETRY ABOUT EQUATION OF DIRAC AND THE SPECTRUM OF HYDROGEN. 2006. 59 f. Dissertação (Mestrado em FISICA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/729
Data de defesa: 20-Oct-2006
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISICA

Files in This Item:
File SizeFormat 
fernando moucherek.pdf330,84 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.