Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/623
Tipo do documento: Dissertação
Título: CRÍTICA AOS EMPREENDIMENTOS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA: Sob o aspecto da precarização da força de trabalho no Maranhão de 2003 a 2012
Título(s) alternativo(s): CRITICAL TO DEVELOPMENTS OF SOLIDARITY ECONOMY: under the aspect of the precarization of the workforce in Maranhão from 2003 to 2012
Autor: Wanderley, Carlos Ferreira 
Primeiro orientador: Farias, Flávio Bezerra de
Resumo: Os efeitos da liberalização, da desregulamentação e da privatização globais, estão se fazendo sentir de forma cada vez mais forte e difusa. Um mundo mais aberto e de novidades consumíveis tornou-se aquele que desemprega e precariza a força de trabalho, resultado, portanto, do mais patente ajuste que o capitalismo vem realizando, sobretudo no paradigma neoliberal. Como decorrência, surge o desemprego e a precarização, que forjam quase que naturalmente as proposições solidárias na busca de soluções, o que, efetivamente, configura-se como a iniciativa de constituir práticas amenizadoras do não assalariamento para subsistência destes trabalhadores, iniciativa que, nesta parte latina das Américas, recebeu o nome de economia solidária. O presente estudo investiga quais as razões para que trabalhadores sem ocupação busquem nesta categoria econômica e de inserção ao trabalho, uma saída e até mesmo uma autonomia. Ao analisar a economia solidária de perto, encontramos, de um lado, uma realidade de relativos êxitos e de outro, o mais comum, a experimentação de fracassos, especialmente no Maranhão. O grupo de catadores do Lixão de Santa Inês e da ASCAMAR, em São Luís, foram os principais campos de pesquisa. Entre os resultados, identificamos um inexpressivo apoio governamental, dificultando o processo de autonomização dessas entidades. Constatou-se ainda que a criação da maioria dos empreendimentos econômicos solidários ainda teve na luta pela sobrevivência seu principal objetivo, superando a motivação da busca pela produção coletiva.
Abstract: The effects of liberalization, deregulation and privatization globally, are being felt so strong and increasingly diffuse. A more open world and new supplies became unemployed and one that precarious the labor force, a result therefore the more obvious adjustment that capitalism has been doing, especially in neoliberal paradigm. As a result, there is unemployment and precariousness, which almost naturally forge solidarity propositions in finding solutions, which effectively sets up as the initiative to establish practices mitigating not the subsistence wage for these workers, an initiative that, in this part Latin Americas, received the name of solidarity economy. This study investigates the reasons for that jobless workersseek in this category economic and labor integration, an exit and even autonomy. By analyzing the solidarity economy closely, we find, on one side, a reality of relative successes and on the other, the most common failures of experimentation, especially in Maranhão. The group of collectors of Lixão Santa Ines and ASCAMAR in San Luis, were the main fields of research that resulted in the self-organization, an unimpressive or even absent government support. Later, it was found that the creation of most solidary economic enterprises still had to fight for survival his main goal, surpassing the motivation of the search for collective production.
Palavras-chave: Economia Solidária
Estado Neoliberal
Desemprego
Maranhão
Solidarity Economy
Neoliberal State
Unemployment
Maranhão
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Desenvolvimento Socioeconomico
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO/CCSO
Citação: WANDERLEY, Carlos Ferreira. CRITICAL TO DEVELOPMENTS OF SOLIDARITY ECONOMY: under the aspect of the precarization of the workforce in Maranhão from 2003 to 2012. 2012. 154 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Socioeconomico) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2:8080/tede/handle/tede/623
Data de defesa: 13-Dez-2012
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE POS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
DISSERTACAO CARLOS.pdf1,25 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.