???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/612
Tipo do documento: Dissertação
Título: O TEATRO DO PODER: Cultura e Política no Maranhão
Título(s) alternativo(s): THE POWER THEATER: Culture and Politics in Maranhão
Autor: Cardoso, Letícia Conceição Martins 
Primeiro orientador: COELHO, Elizabeth Maria Beserra
Resumo: Análise sobre a gestão cultural dos Governos de Roseana Sarney no Maranhão (1995- 1998/1999-2001), concebida pela Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão (SECMA) e pela Fundação Cultural do Maranhão (FUNCMA). Busca-se identificar o campo de relações entre atores culturais e o Estado, tomando como referência os discursos desses atores, através de entrevistas, da análise dos Relatórios de Atividades da SECMA/FUNCMA e notícias veiculadas em jornais locais. Para situar o Governo de Roseana Sarney na discussão sobre as políticas públicas culturais no Brasil, constrói-se uma trajetória das políticas estatais de cultura no país, que tenderam à fabricação de símbolos nacionais, até o Governo de José Sarney na Presidência da República (1985- 1980), quando foi criada a primeira Lei de Incentivo à Cultura (Lei Sarney). Observa-se que na primeira fase da gestão cultural de Roseana Sarney (1995-1997), predominou uma concepção de cultura identificada com o patrimônio . E, na segunda fase (1998-2001), as intervenções estatais concentraram-se naquilo que o órgão de cultura concebeu como uma cultura popular . Percebe-se que nos dois momentos são criadas estratégias teatrais, que levam a um acúmulo de capital simbólico na figura de uma protagonista: a governante. Mas os atores culturais são sujeitos ativos nessa encenação, criando também suas estratégias de visibilidade. Assim, a disputa pelo poder se desenvolve por meio da teatralização dos atos de poder. Neste contexto, a mídia constitui um cenário importante para a aquisição de poder simbólico, podendo servir tanto a um grupo como a outro. A intenção, portanto, é explicar como são estabelecidas as relações da cultura com o Estado; saber que estratégias são usadas, por que e por quem são desenvolvidas, tentando identificar em que medida essas relações constituem uma política pública de cultura.
Abstract: Analysis of the cultural management of the governments of Roseana Sarney in Maranhão (1995-1998/1999-2001), designed by Maranhão Culture Secretary (SECMA) and Maranhão Culture Foundation (FUNCMA). It s searched to identify the field of cultural relations between actors and the State, taking as reference the speeches of those actors through interviews, analysis of the Activities Reports of SECMA/FUNCMA and reports in local newspapers. The Government of Roseana Sarney is located on the discussion of culture public policy in Brazil and a study about the culture state policies in the country which manufactured national symbols until José Sarney government as President of Brazil (1985 -1980), when was created the first Law of the Encouragement Culture (Sarney Law). It s observed that in the first time of the cultural management of Roseana Sarney (1995- 1997) a conception of culture identified with the heritage was predominated. And, in a second time (1998-2001), state interventions focused on a concept of popular culture . In both moments theatrical strategies are created, leading to a symbolic capital accumulation on the protagonist: the governor. But the cultural actors are active subjects in this play, also creating their visibility strategies. Thus, power dispute is developed through stage of power acts. In this context, the media is an important scene for the acquisition of symbolic power and can serve both as a group or another. The intention, therefore, is to explain how the relations between the State and culture are established; to know what strategies are used, why and by whom are developed, trying to identify if these relations can be considered a public policy of culture.
Palavras-chave: Relações de Poder
Teatralização
Política Cultural
Governo Roseana Sarney
Cultura
Power Relationship
Drama
Cultural Policy
Roseana Sarney Government
Culture
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICA::COMPORTAMENTO POLITICO::CLASSES SOCIAIS E GRUPOS DE INTERESSE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS/CCH
Citação: CARDOSO, Letícia Conceição Martins. THE POWER THEATER: Culture and Politics in Maranhão. 2008. 179 f. Dissertação (Mestrado em SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/612
Data de defesa: 25-Mar-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS-PPGCSoc

Files in This Item:
File SizeFormat 
Leticia Conceicao Martins Cardoso.pdf1,03 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.