???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/541
Tipo do documento: Dissertação
Título: COMUNIDADE DE ABELHAS SOLITÁRIAS (Hymenoptera: Apidae) QUE NIDIFICAM EM NINHOS-ARMADILHA EM UMA ÁREA DE CERRADO NO PARQUE ESTADUAL DO MIRADOR, FORMOSA DA SERRA NEGRA, MARANHÃO
Título(s) alternativo(s): COMMUNITY OF SOLITARY BEES (Hymenoptera: Apidae) NESTING IN TRAP-NESTS IN AN AREA OF CERRADO IN THE PARQUE ESTADUAL DO MIRADOR, FORMOSA DA SERRA NEGRA, MARANHÃO
Autor: CARVALHO, Gracy Chrisley Alencar 
Primeiro orientador: ALBUQUERQUE, Patrícia Maia Correia de
Primeiro coorientador: RÊGO, Márcia Maria Corrêa
Primeiro membro da banca: REBÊLO, José Manuel Macário
Resumo: Conhecer a diversidade de abelhas solitárias através de ninhos-armadilha tem buscado compor um checklist da diversidade, assim como o relato do comportamento e da biologia das espécies. Poucos foram os estudos já realizados no Estado do Maranhão, que é uma zona privilegiada, pois incluem em seus limites os dois principais biomas brasileiros. Diante desses poucos relatos, o propósito desse trabalho foi estudar a comunidade de abelhas solitárias através do método de ninhos-armadilha durante dois anos, em uma área de Cerrado e Mata de Galeria, no Parque Estadual do Mirador. Além disso, descrever a biologia de nidificação de Centris (Hemisiella) dichrootricha e analisar a composição florística do alimento de sua prole. A área de estudo está localizada no Parque Estadual do Mirador, município de Formosa da Serra Negra, Maranhão. O método empregado foi o de ninhos-armadilha de madeira nos diâmetros 6, 8, 10, 12, 14 e 16 mm, estes foram agrupados em conjuntos de 6 ninhos, totalizando 300 ninhos por área. Foi fundado um total de 101 ninhos pertencentes a 11 espécies de abelhas, das quais oito espécies ocorreram na Mata de Galeria e seis no Cerrado, sendo que a similaridade foi baixa entre os habitats (SJ = 0,27). Duas espécies foram dominantes na comunidade, Centris dichrootricha na Mata de Galeria e Centris tarsata no Cerrado. A diversidade e equitabilidade das espécies foram maiores na Mata de Galeria do que no Cerrado. O pico de fundação dos ninhos foi em novembro (2012 e 2013) e agosto (2013), não havendo correlação com a precipitação mensal (rCE = -0,061; pCE = 0,775 e rMG = 0,194; pMG = 0,365). Após 24 meses de coleta a curva de rarefação das espécies não atingiu a assíntota para ambos os habitats. Centris dichrootricha nidificou em 29 ninhos nos diâmetros 8, 10, 12 e 14mm. A espécie utilizou em maioria recursos provenientes do Cerrado, que consistia tanto no sedimento para compor as células quanto o material polínico e óleo floral. Tipos polínicos do gênero Byrsonima da família Malpighiaceae foram os mais representativos nas amostras. Nesse trabalho foram coletadas cinco espécies de Centris para um único estudo, sendo todas representadas na Mata de Galeria. Assim, o estudo revela a importância das áreas florestais como refúgio para algumas espécies de abelhas solitárias. A biologia da C. dichrootricha mostrou uma preferência por nidificar em cavidades com diâmetros variados e em locais sombreados da Mata de Galeria, também foi observada a espécie Euglossa amazonica que até então não havia sido registrada nidificando em ninhos-armadilha, principalmente em áreas de domínio do Cerrado. Além dessas duas espécies, o presente estudo contribui com a ampliação da distribuição geográfica de Centris bicornuta e Centris terminata, espécies estas que são pouco estudadas no Brasil.
Abstract: Knowing the diversity of solitary bees through trap-nests have sought to compose a checklist of diversity, as well as the account of the behavior and biology of the species. Few studies have been done in the state of Maranhão, which is a privileged area, as it includes within its boundaries the two major biomes. Given these few reports, the purpose of this work was to study the community of solitary bees by the method of trap nests for two years, in an area of cerrado and gallery forest, in the Parque Estadual do Mirador. Also, describe the nesting biology of Centris (Hemisiella) dichrootricha and analyze the floristic composition of the food of her offspring. The study area is located in the Parque Estadual do Mirador, municipality of Formosa Serra Negra, Maranhão. The method used was the trap-nests in wood diameters 6, 8, 10, 12, 14 and 16 mm, these were grouped in sets of 6 nests, totaling 300 nests per area. A total of 101 nests belonging was founded 11 bee species, including eight species occurred in the Gallery Forest and six in the Cerrado, and the similarity was low among habitats (SJ = 0.27). Two species were dominant in the community, Centris dichrootricha in Gallery Forest and the Centris tarsata in Cerrado. The diversity and evenness of species were higher in gallery forest than in the cerrado. The peak of the nests was founded in November (2012 and 2013) and August (2013), there were nothing correlation between the precipitation (rCE = -0.061; pCE = 0.775 and rMG = 0.194; pMG = 0.365). After 24 months of collecting the species rarefaction curve did not reach the asymptote for both habitats. Centris dichrootricha observed nesting in 29 nests in sizes 8, 10, 12 and 14mm. The species used in most resources from the Cerrado, which consisted both in the sediment to compose the cells and the pollen material and floral oil. Pollen types Byrsonima the genus of the Malpighiaceae family were the most representative in the samples. In this study five species of Centris were collected for a single study, all represented in the gallery forest. Thus, the study reveals the importance of forests as a refuge for some species of solitary bees. The biology of C. dichrootricha showed a preference for nesting in cavities with different sizes and in shady places in the Gallery Forest , also Euglossa amazonica species which hitherto had not been recorded nesting in trap-nests, especially in areas of the field was observed Cerrado. Besides these two species, the present study contributes to the expansion of the geographical distribution and Centris bicornuta e Centris terminata, these species are little studied in Brazil.
Palavras-chave: Abelhas solitárias
Ninhos-armadilha
Mata de Galeria
Centris
Análise polínica
Parque Estadual do Mirador
Solitary bees
Trap-nests
Gallery forest
Centris
Pollen analysis
Parque Estadual do Mirador
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA::CONSERVACAO DAS ESPECIES ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: BIOLOGIA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE CONSERVAÇÃO/CCBS
Citação: CARVALHO, Gracy Chrisley Alencar. COMMUNITY OF SOLITARY BEES (Hymenoptera: Apidae) NESTING IN TRAP-NESTS IN AN AREA OF CERRADO IN THE PARQUE ESTADUAL DO MIRADOR, FORMOSA DA SERRA NEGRA, MARANHÃO. 2014. 87 f. Dissertação (Mestrado em BIOLOGIA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/541
Data de defesa: 13-May-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dissertacao Gracy Chrisley Carvalho.pdf2,11 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.