???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/482
Tipo do documento: Dissertação
Título: AutonomicSec: Um Mecanismo Autonômico para Segurança de Redes baseado em Decepção
Título(s) alternativo(s): AutonomicSec: A Autonomic Mechanism for Networks Security based on Deception
Autor: TELES, Ariel Soares 
Primeiro orientador: ABDELOUAHAB, Zair
Primeiro membro da banca: Lopes, Denivaldo Cícero Pavão
Resumo: Segurança em redes de computadores compreende a área responsável pela proteção dos dados que a transitam. A busca por melhores estratégias de segurança tem aumentado consideravelmente, tendo em vista a grande quantidade de tentativas de ataques que vem sendo realizados. Esses ataques tem causado prejuízos financeiros e de imagem para empresas, instituições e pessoas físicas. Vários obstáculos a serem enfrentados para se alcançar redes realmente seguras existem e isso eleva a complexidade do problema da gerência de segurança. Por esse motivo é interessante a utilização de recursos oferecidos pela Computação Autonômica (CA). Sistemas de CA são capazes de gerenciarem a si próprios e se adaptarem dinamicamente às mudanças a fim de restabelecer seu equilíbrio de acordo com as políticas e os objetivos de negócio. A arquitetura e as propriedades de CA para a implementação de sistemas propõe uma abordagem com muitas vantagens para ser aplicada à segurança de redes. Neste trabalho, apresentamos os conceitos de CA e mostramos sua aplicabilidade ao contexto de segurança em redes de computadores. A aplicação dos conceitos de CA à segurança de redes introduz no sistema a capacidade de auto-segurança. Para mostrar a viabilidade em conseguir auto-segurança, desenvolvemos e apresentamos um mecanismo autonômico para segurança de redes. Este mecanismo é representado, inicialmente, por um framework autonômico, no qual é organizado seguindo o modelo MAPE-K. Neste modelo gerentes autonômicos realizam as atividades de sensoriamento do ambiente de execução, análise de contexto, planejamento e execução de ações de reconfiguração dinâmica. Em seguida, implementamos dois ciclos autonômicos. O primeiro tem a funcionalidade de gerar regras de firewall baseadas em logs de honeypots. O segundo ciclo é responsável por manipular dinamicamente honeypots virtuais que são considerados comprometidos. Os resultados mostram que é possível obter integração e cooperação entre os sistemas de segurança; inteligência, através da implantação de estratégias autonômicas que dinamizam o processo de proteção; e autonomia, para alcançar autossegurança na rede.
Abstract: Security in computer networks is the area responsible for protecting the data passing through it. The research for better security strategies has increased considerably since exists a vast number of attempted attacks. These attacks have caused financial loss and reputation damage to companies, institutions and individuals. There are several obstacles to achieve security into networks and it led to increase the problem complexity of security management. For this reason, it is interesting using the resources offered by Autonomic Computing (AC). AC systems are capable of manage themselves and to adapt dynamically to changes in order to restore its balance according to policies and business goals. The architecture and properties of AC to implement systems offers many advantages to be applied to network security. In this work, we present the concepts of AC and demonstrate its applicability on the network computer security context. The AC concepts application in network security introduces the auto-security capability to the system. To show the feasibility of achieving auto-security, we developed and present an autonomic mechanism for network protection. This mechanism is represented, initially, by an autonomic framework, which is organized according to MAPE-K model. In this model, autonomic managers perform the sensing activities on the execution environment, context analysis, planning and execution of dynamic reconfiguration actions. Then, we implemented two autonomic cycles. The first cycle aims to generate firewall rules based on honeypots log files. The second cycle is responsible for manipulate, dynamically, virtual honeypots that are classified as compromised. The results show that it is possible to obtain integration and cooperation between security systems; intelligence, through the deployment of autonomic strategies that turn the protection process dynamic; and autonomy, to achieve self-security on the network.
Palavras-chave: Segurança de Redes
Computação Autonômica
Metodologia de Decepção
Network Security
Autonomic Computing
Methodology of Deception
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA DA COMPUTACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Engenharia
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ELETRICIDADE/CCET
Citação: TELES, Ariel Soares. AutonomicSec: A Autonomic Mechanism for Networks Security based on Deception. 2012. 116 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/482
Data de defesa: 21-Mar-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ELETRICIDADE

Files in This Item:
File SizeFormat 
dissertacao Ariel Soares.pdf2,61 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.