Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/298
Tipo do documento: Dissertação
Título: Detecção automática de massas em imagens mamográficas usando particle swarm optimization (PSO) e índice de diversidade funcional
Autor: Silva Neto, Otilio Paulo da 
Primeiro orientador: Silva, Aristófanes Corrêa
Primeiro coorientador: Paiva, Anselmo Cardoso
Resumo: O câncer de mama hoje é configurado no senário mundial como o mais comum entre as mulheres e o segundo que mais mata. Sabe-se que diagnosticado precocemente, a chance de cura é bem significativa, por outro lado, a descoberta tardia praticamente leva a morte. A mamografia é o exame mais comum que permite a descoberta precoce do câncer, esse procedimento consegue mostrar lesões nas fases iniciais, além de contribuir para a descoberta e o diagnóstico de lesões na mama. Sistemas auxiliados por computador, têm-se mostrado ferramentas importantíssimas, no auxilio a especialistas em diagnosticar lesões. Este trabalho propõe uma metodologia computacional para auxiliar na descoberta de massas em mamas densas e não densas. Dividida em 6 fases, esta metodologia se inicia com a aquisição da imagem da mama adquirida da Digital Database for Screening Mammography (DDSM). Em seguida, na segunda fase é feito o pré-processamento para eliminar e realçar as estruturas da imagem. Na terceira fase executa-se a segmentação com o Particle Swarm Optimization (PSO) para encontrar as regiões de interesse (ROIs) candidatas a massa. A quarta fase é a redução de falsos positivos, que se subdivide em duas partes, sendo a redução pela distância e o graph clustering, ambos com o objetivo de remover ROIs indesejadas. Na quinta fase são extraídas as características de textura utilizando os índices de diversidade funcional (FD). Por fim, na sexta fase, utiliza-se o classificador máquina de vetores de suporte (SVM) para validar a metodologia proposta. Os melhores valores achados para as mamas não densas, resultaram na sensibilidade de 96,13%, especificidade de 91,17%, acurácia de 93,52%, a taxe de falsos positivos por imagem de 0,64 e a acurva Free-response Receiver Operating Characteristic (FROC) com 0,98. Os melhores achados para as mamas densas firam com a sensibilidade de 97,52%, especificidade de 92,28%, acurácia de 94,82%, uma taxa de falsos positivos por imagem de 0,38 e a curva FROC de 0,99. Os melhores achados com todas as mamas densas e não densas, apresentaram 95,36% de sensibilidade, 89,00% de especificidade, 92,00% de acurácia, 0,75 a taxa de falsos positivos por imagem e 0,98 a curva FROC.
Abstract: Breast cancer is now set on the world stage as the most common among women and the second biggest killer. It is known that diagnosed early, the chance of cure is quite significant, on the other hand, almost late discovery leads to death. Mammography is the most common test that allows early detection of cancer, this procedure can show injury in the early stages also contribute to the discovery and diagnosis of breast lesions. Systems computer aided, have been shown to be very important tools in aid to specialists in diagnosing injuries. This paper proposes a computational methodology to assist in the discovery of mass in dense and nondense breasts. This paper proposes a computational methodology to assist in the discovery of mass in dense and non-dense breasts. Divided into 6 stages, this methodology begins with the acquisition of the acquired breast image Digital Database for Screening Mammography (DDSM). Then the second phase is done preprocessing to eliminate and enhance the image structures. In the third phase is executed targeting with the Particle Swarm Optimization (PSO) to find regions of interest (ROIs) candidates for mass. The fourth stage is reduction of false positives, which is divided into two parts, reduction by distance and clustering graph, both with the aim of removing unwanted ROIs. In the fifth stage are extracted texture features using the functional diversity indicia (FD). Finally, in the sixth phase, the classifier uses support vector machine (SVM) to validate the proposed methodology. The best values found for non-dense breasts, resulted in sensitivity of 96.13%, specificity of 91.17%, accuracy of 93.52%, the taxe of false positives per image 0.64 and acurva free-response receiver operating characteristic (FROC) with 0.98. The best finds for dense breasts hurt with the sensitivity of 97.52%, specificity of 92.28%, accuracy of 94.82% a false positive rate of 0.38 per image and FROC curve 0.99. The best finds with all the dense and non dense breasts Showed 95.36% sensitivity, 89.00% specificity, 92.00% accuracy, 0.75 the rate of false positives per image and 0, 98 FROC curve.
Palavras-chave: Particle Swarm Optimization (PSO)
Graph Clustering
Câncer de Mama
Índice de Diversidade Funcional
Particle Swarm Optimization(PSO)
Índice de Diversidade Funcional
Graph Clustering
Câncer de Mama
Mamografia
Área(s) do CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Engenharia
Programa: PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ELETRICIDADE
Citação: SILVA NETO, Otilio Paulo da. Detecção automática de massas em imagens mamográficas usando particle swarm optimization (PSO) e índice de diversidade funcional. 2016. 81 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2:8080/tede/handle/tede/298
Data de defesa: 4-Mar-2016
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE ELETRICIDADE

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao-OtilioPauloSilva.pdf2,18 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.