???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1895
Tipo do documento: Dissertação
Título: Diversidade e zonação do Ictioplâncton em um perfil da Plataforma Maranhense
Título(s) alternativo(s): Diversity and zonation of the Ithioplankton in a profile of Maranhense's shelf
Autor: COSTA, Delzenira Silva do Nascimento da 
Primeiro orientador: CRUZ, Leonardo Dominici
Primeiro coorientador: SILVEIRA, Paula Cilene Alves da
Primeiro membro da banca: ESCHRIQUE, Samara Aranha
Segundo membro da banca: PIORSKI, Nivaldo Magalhães
Resumo: O presente trabalho foi realizado em um perfil da zona costeira e marinha da Plataforma Continental Maranhense (PCM). O objetivo foi descrever a existência de padrões da estrutura do conjunto de espécies das larvas de peixes na zona costeira e marinha da PCM, testando a hipótese de que a estrutura da comunidade está relacionada às condições ambientais da região. A amostragem foi distribuída entre 7 pontos de coletas (MA1, MA2, MA3, MA4, MA5, MA6 e MA7) durante nove campanhas. Os meses amostrados foram: abril, agosto, outubro e novembro de 2013 e janeiro, março, maio, julho e setembro de 2014. O ictioplâncton foi obtido através de arrastos horizontais na superfície usando rede de plâncton – cônico cilíndrico, com abertura de malha de 300 μm e 30 cm de boca. Os parâmetros temperatura, salinidade, profundidade de transparência, oxigênio dissolvido, material particulado em suspensão (MPS), sólidos totais dissolvidos, condutividade, TDS, pH, fosfato e nitrito foram obtidos na superfície da água em todos os pontos de coleta. Foram utilizadas as análises de correspondência canônica (CCA) para verificar a influência das variáveis ambientais sobre a abundância das larvas. Durante o período amostral foram coletadas 4.011 larvas de peixes, sendo identificadas 43 famílias e 31 espécies. As espécies mais abundantes foram Anchoviella lepidentostolle, Cynoscion acoupa e Mugil sp. A diversidade e riqueza de espécies ocorreram de maneira que, no ponto MA1 foi fortemente influenciado por muitos indivíduos e com poucas espécies com alto grau de dominância, enquanto que no MA7 foi registrada a maior diversidade e riqueza de espécies. O modelo de CCA mais parcimonioso construído pela seleção forward considerou as variáveis transparência da água (m), MPS, salinidade, TDS e condutividade suficientes para explicar as distribuições de abundância das espécies. Consideradas juntas, estas variáveis explicaram 89,6% da variação total das abundâncias no conjunto de espécies de larvas. Estas análises demonstraram a existência de dois conjuntos de espécies distintos, a saber: i) um conjunto de espécies costeiras com influência estuarina; ii) um conjunto de espécies marinhas com influência oceânica. Em geral, a formação da estrutura da comunidade das espécies de larvas de peixes nas zonas costeira e marinha da PCM foi influenciada por variáveis ambientais atuantes nesta área. A formação dos conjuntos das larvas de peixes mostrou que a PCM possui uma diversificada ictiofauna de importância comercial e ecológica. Isto indica esta área como zona de conservação, na qual suas características devem ser preservadas.
Abstract: This present work was realized out in a profile of the coastal and marine zone of the continental shelf of Maranhão (MCS). This order to describe the existence of structure patterns of fish larvae species in the coastal and marine zone of the MCS, testing the hypothesis that the community structure is related to the environmental conditions of the region. The sampling was performed and distributed at seven collection points (MA1, MA2, MA3, MA4, MA5, MA6 and MA7), throughout nine campaigns in the months of April, August, October and November 2013; January, March, May, July and September 2014. The ichthyoplankton was obtained by horizontal trawls on the surface, using a conical – cylinder plankton net with mesh of 300 μm and 60 cm of mouth diameter. The variables “temperature”, “salinity”, “conductivity”, total dissolved solids – TDS, Water transparency, dissolved oxygen, suspended particulate matter, dissolved nutrients (phosphate and nitrite) were obtained on the water surface at all collection points. The canonical correspondence analysis (CCA) was used to verify the influence of environmental variables on larval abundance and distribution. During the sample period, 4.011 fish larvae were collected, belonging to 23 families, 40 genera and 31 species. The most abundant were Anchovilla lepidentostole, Cynoscion acoupa, Sardinella brasiliensis e Mugil sp. The diversity and richness of species occurred in a way that, at the point MA1 was strongly influenced by many individuals and few species with a high degree of dominance, while in the MA7 was recorded the greatest diversity and richness of species. The more parsimonious CCA model constructed by the forward selection considered the variables water transparency (M), SPM, salinity, TSD and conductivity sufficient to explain the abundance distributions of the species. All together, these variables accounted for 89.6% of the total abundance variation in the larval species. These analyzes demonstrated the existence of two distinct sets of species, namely: i) a set of coastal species with estuarine influence; Ii) a set of marine species with oceanic influence. In general, the formation of fish larvae in the coastal and marine environments of MCS was influenced by the environmental variables of this region. The formation of these sets showed that in the MCS there is a diverse ichthyofauna of commercial and ecological importance. This indicates this area as a zone in need of conservation, in which its characteristics must be preserved.
Palavras-chave: Ictioplâncton
Plataforma maranhense
Zona marinha
Ichthyoplankton
Maranhense Shelf
Marina zone
Área(s) do CNPq: Ciências Biológicas
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE CONSERVAÇÃO/CCBS
Citação: COSTA, Delzenira Silva do Nascimento da. Diversidade e zonação do Ictioplâncton em um perfil da Plataforma Maranhense. 2017. 50 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade e Conservação) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2017
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1895
Data de defesa: 4-Apr-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DelzeniraCosta.pdfDissertação640,61 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.