???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1808
Tipo do documento: Dissertação
Título: PARTO CESÁREO E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM CRIANÇAS ENTRE 1 A 3 ANOS DE IDADE: análise do efeito causal
Título(s) alternativo(s): CESAREUM BIRTH AND BODY MASS INDEX IN CHILDREN BETWEEN 1 TO 3 YEARS OF AGE: analysis of causal effect
Autor: CAVALCANTE, Lilian Fernanda Pereira 
Primeiro orientador: SIMÕES, Vanda Maria Ferreira
Primeiro coorientador: SILVA, Antônio Augusto Moura da
Resumo: Introdução: As taxas de obesidade estão aumentando significativamente no mundo. O parto cesáreo tem sido associado ao aumento de obesidade em todas as fases da vida. Nosso objetivo foi avaliar o efeito causal entre parto cesáreo e o índice de massa corporal em crianças. Métodos: Realizou-se um estudo do tipo coorte que incluiu 3.205 crianças entre 1 e 3 anos de idade, nascidas no ano de 2010. Após o nascimento, foram avaliados 5.475 mães e filhos. Informações sobre o tipo de parto, características maternas e do filho como condições sociodemográficas, morbidade e antropométricas foram coletadas. Para análise do efeito causal foi construído um Gráfico acíclico direcionado (DAG) para escolha das varáveis para ajuste mínimo. Após análise estatística foi verificado a permutabilidade entre os grupos. O excesso de peso nas crianças pelo índice de massa corporal para idade foi definido por escore z > +2. Resultado: Das 3.205 crianças avaliadas (51,3% do sexo feminino), 48% nasceram por parto cesáreo, apenas 0,2% dos recém nascidos foram pequenos para idade gestacional e 8,9% das crianças apresentaram excesso de peso .Houve inadequação do pré-natal em 37,8% das gestações. Não há relação de causa entre o parto cesáreo e índice de massa corporal em crianças entre 1 a 3 anos de idade. Conclusão: Não observou-se o efeito causal do parto cesáreo no IMC de crianças. Através da metodologia utilizada foi possível atenuar possíveis viéses de confundimento e colisão e foi observado permutabilidade entre os grupos.
Abstract: Introduction: Obesity rates are rising significantly in the world. Cesarean delivery has been associated with increased obesity at all stages of life. Our objective was to evaluate the causal effect between cesarean delivery and body mass index in children. Methods: A cohort study was carried out, including 3,205 children between 1 and 3 years of age, born in 2010. After birth, 5,475 mothers and children were evaluated. Information on the type of delivery, maternal and child characteristics such as sociodemographic, morbidity and anthropometric conditions were collected. For the analysis of the causal effect a Directed Acyclic Graphs (DAG) was constructed to select the variables for minimum adjustment. Statistical analysis showed interchangeability between groups. Overweight in children by body mass index for age was defined by z> +2 score. Results: Of the 3,205 children evaluated (51.3% female), 48% were born by cesarean delivery, only 0.2% of the newborns were small for gestational age and 8.9% of the children were overweight. There was inadequacy of prenatal care in 37.8% of pregnancies. There is no causal relationship between cesarean delivery and body mass index in children between 1 and 3 years of age. Conclusion: The causal effect of cesarean section on the BMI of children was not observed. Through the methodology used, it was possible to attenuate possible biases of confounding and collision, and interchangeability between groups was observed.
Palavras-chave: Parto cesáreo;
Obesidade infantil;
Índice de Massa corporal;
Estudo coorte;
Cesarena section;
Childhood obesity;
Body mass index;
Cohort study
Área(s) do CNPq: Sáude pública
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/CCBS
Citação: CAVALCANTE, Lilian Fernanda Pereira. Parto cesáreo e índice de massa corporal em crianças entre 1 a 3 anos de idade: análise do efeito causal. 2017. 65 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2017 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1808
Data de defesa: 15-Feb-2017
Appears in Collections:TESE DE DOUTORADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lilian Cavalcante.pdfDissertação de Mestrado2,19 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.