???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1762
Tipo do documento: Dissertação
Título: RESÍDUOS DAS COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE (CEBs) NO MARANHÃO: Atualidades no contexto urbano de São Luís e São José de Ribamar
Título(s) alternativo(s): WASTE OF THE BASIC ECCLESIAL COMMUNITIES (CEBs) IN MARANHÃO: Current events in the urban context of São Luís and São José de Ribamar
Autor: CHAVES, Adriana Sousa 
Primeiro orientador: FERREIRA, Ricardo Franklin
Resumo: A presente pesquisa tem como propósito refletir sobre a atualidade das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) no contexto urbano maranhense, a partir do depoimento de sete participantes que moram nas cidades de São Luís e São José de Ribamar. Reconhecidas por sua capacidade de mobilização popular frente aos desmandos do regime militar e pelo amadurecimento de uma religiosidade permeada pela mística libertária, as CEBs marcaram consideravelmente a história sociopolítica do país, assim como a história de vida de muitos homens e mulheres. No Maranhão, as primeiras CEBs teriam surgido nas cidades do interior, em Tutóia e Bequimão, seguidas por Barreirinhas, Urbano Santos, São Benedito do Rio Preto, Santa Rita, Itapecuru e Lago da Pedra. Após um período de grande fermentação, várias mudanças no contexto social e religioso afetaram as CEBs, junto ao processo de urbanização do país. De um lado, a abertura democrática, o enfraquecimento dos movimentos sociais, a subida da esquerda ao poder e a defasagem de seus princípios; do outro, a condenação da Teologia da Libertação, o projeto centralizador do Vaticano, o avanço do protestantismo e da Renovação Carismática Católica, traços que compõem a nova conjuntura moderna e que contribuíram com a perda significativa de espaço das CEBs, dentro e fora da Igreja. Diante deste cenário, buscou-se compreender o que ficou das CEBs no Maranhão, especificamente nas cidades de São Luís e São José de Ribamar. Para tanto, recorri à análise da história de vida dos participantes e das músicas que fazem parte do repertório das CEBs. As entrevistas foram situadas a partir de duas perspectivas de análise: a histórica – que reflete a caminhada das CEBs e dos participantes, e a dialética – que dialoga sobre o jeito de ser igreja e a relação fé e vida das CEBs em seu contexto urbano. Apresento também anotações de campo das viagens que fiz desde os primeiros movimentos de pesquisa pelas CEBs do interior como contraponto reflexivo das dificuldades e impossibilidades vivenciadas pelas CEBs nas cidades grandes. Nesse sentido, este estudo faz um pequeno apanhado antropológico sobre as CEBs, utilizando referências que intercalam os conceitos da Psicologia Comunitária e da Libertação com as concepções da Teologia da Libertação, assim como de outros autores da sociologia e da pedagogia.
Abstract: This research aims to reflect on the relevance of the Basic Ecclesial Communities (CEBs) in Maranhão urban context, from the testimony of seven participants who live in the cities of São Luís and São José de Ribamar. Recognized for its ability to mobilize popular front to the excesses of the military regime and the maturation of a religion permeated by libertarian mystic, the CEBs considerably marked the socio-political history of the country, as well as the life story of many men and women. In Maranhão, the first CEBs have arisen in the inner cities, in Tutóia and Bequimão, followed by Barreirinhas, Urbano Santos, São Benedito do Rio Preto, Santa Rita, Itapecuru and Lago da Pedra. After a period of great ferment, several changes in the social and religious context affected the CEBs, with the country's urbanization process. On the one hand, the democratic opening, the weakening of social movements, the rise of the left to power and the lag of its principles; on the other, the condemnation of liberation theology, the centralizing Vatican project, the advance of Protestantism and the Catholic Charismatic Renewal, traits that make up the new modern environment which contributed to the significant loss of space CEBs, inside and outside the Church . In this scenario, we sought to understand what was the CEBs in Maranhão, specifically in the cities of São Luís and São José de Ribamar. To this end, it turned to the analysis of the history of life of participants and songs that are part of the repertoire of the CEBs. Interviews were located from two analytical perspectives: historical - reflecting the hike CEBs and participants, and the dialectic - that dialogues on the way of being church and faith relationship and life of CEBs in its urban context. I present also travel from field notes I took from the first movement of research by the interior CEBs as opposed reflective of the difficulties and impossibilities experienced by CEBs in big cities. Thus, this study is a small anthropological caught on CEBs, using references that intersperse the concepts of community psychology and liberation with the ideas of liberation theology, as well as other authors of sociology and pedagogy.
Palavras-chave: CEBs; Religião; Comunidade; Cidade
CEBs;Religion;Community; City
Área(s) do CNPq: Processos Grupais e de Comunicação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA/CCH
Citação: CHAVES, Adriana Sousa. RESÍDUOS DAS COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE (CEBs) NO MARANHÃO: Atualidades no contexto urbano de São Luís e São José de Ribamar. 2015. [154 folhas]. Dissertação( PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA/CCH) - Universidade Federal do Maranhão, [São Luis] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1762
Data de defesa: 22-Sep-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriana Sousa Chaves.pdfDissertação de Mestrado1,16 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.