???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1712
Tipo do documento: Dissertação
Título: Apropriações de mídias digitais e dinâmicas de difusão, circulação e consumo da cultura em rede: um estudo netnográfico com bandas independentes de São Luís - MA e Teresina - PI
Título(s) alternativo(s): Appropriations of digital media and dynamics of diffusion, circulation and consumption of the network culture: a netnographic study with independent bands from São Luís - MA and Teresina - PI
Autor: Oliveira, Walline Alves 
Primeiro orientador: ZORZAL, Ricieri Carlini
Primeiro coorientador: Ferreira Junior, José
Resumo: Este estudo objetivou analisar as estratégias e as complexidades para difusão, circulação e consumo musical, tendo como escopo a apropriação dos espaços e ferramentas comunicacionais por parte de músicos independentes das cidades de São Luís - MA e Teresina - PI; refletir sobre os impactos desses recentes, porém transformadores, movimentos, frente à nova dinâmica da cultura na era digital; e, também, compreender tensões e desafios da autonomia e independência artística diante do mercado dominante da música. Em nosso primeiro caminhar metodológico, que foi o bibliográfico, buscamos a apreensão acerca da cultura online, associada às práticas de comunicação no ciberespaço. Em decorrência das apropriações dos atuais meios de comunicação digitais, artistas independentes e fãs passaram a atuar no cerne do processo de transmissão e circulação da cultura, no âmbito virtual. Como as experiências socioculturais online se diferem das presenciais, consideramos significativo utilizar como aporte metodológico para a pesquisa empírica a etnografia online ou netnografia. De cunho qualitativo, este estudo não oferta generalizações universais, pois é fundamentado em um contexto particular e específico. Todavia, entende-se que esta pesquisa netnográfica pode levantar formulações teóricas que aprofundem a compreensão da complexa relação estabelecida nesse contexto. Os campos online estudados foram três Fanpages de bandas independentes das cidades de São Luís e Teresina. Para efetivar o estudo, foram combinados métodos diversos na pesquisa netnográfica, entre eles: observação direta participante nos sites de redes sociais, entrevistas face a face, observação – com um direcionamento específico - e coletas de dados arquivais (retirados das páginas de sites de rede sociais das bandas analisadas). Como amostra, tivemos três bandas independentes da cena musical das cidades supracitadas, cujos representantes foram entrevistados presencialmente na etapa da coleta de dados. Para a análise dos dados da pesquisa, seguimos os critérios propostos para o estudo netnográfico e o associamos a outros dois métodos: análise de entrevista e análise da conversação em rede. Após esse caminhar, nosso estudo identificou, em relação às bandas analisadas, as estratégias empregadas nos sites de redes sociais com vistas à participação e engajamento de fãs, objetivando alcançar a popularidade em rede. Analisamos ainda as dificuldades e desafios que os músicos independentes de nossa pesquisa enfrentam para fazer circular sua arte no ciberespaço; apontamos que esse fato pode estar associado a mecanismos de controle das mídias tradicionais que estão ocupando o espaço virtual. Tão logo, a suposta neutralidade da rede pode ser uma utopia cada vez mais distante de ser alcançada. Nosso estudo é interdisciplinar e as bases de análises são as ciências da comunicação e os processos comunicacionais mediados por computadores (CMP), pois são parte constituinte e decisiva de novos costumes, formas de sociabilidade e práticas de relacionamentos sociais, fundidas no cotidiano diário de bilhões de pessoas.
Abstract: This study aims to analyze the strategies and complexities for music diffusion, circulation and consumption, having as scope the appropriation of communication tools and venues by musicians independent of the cities of São Luis - MA and Teresina - PI; reflect on the impacts of these recent but transformative movements against the new dynamics of culture in the digital era; and, also, to understand strains and challenges of artistic autonomy and independence given the dominant music industry. In our first methodological walkthrough, which was the bibliographical one, we have sought the comprehension about the online culture, associated to the communication practices in the cyberspace. Due to a restructuring in the music industry, opportunities have been opened in which the independent artist and the fans have commenced to act at the core of the process of transmitting and circulating culture in the virtual sphere, due to the appropriations of the current digital communication means. As online sociocultural experiences differ from face-to-face experiences, we have deemed significant to use as methodological contribution to empirical research the online ethnography or netnography. In a qualitative manner, this study does not offer universal generalizations, as it is based on a particular and specific context. Nevertheless, it is understood that this netnographic study can raise theoretical formulations that deepen the understanding of the complex relation established in this context.The online fields studied were three fan pages of independent bands from the cities of São Luis and Teresina. To implement the study, several methods were combined in the netnographic research, among them: direct participant observation in social networking sites, face-to-face interviews, observation - with a specific target - and archival data collections (taken from social network pages of analyzed bands). As a sample, we have had three bands from the independent music scene of the cities aforementioned, whose representatives were interviewed in person at the data collection stage. To analyze the research data, we have followed the proposed criteria for the netnographic study and associated it with two other methods: interviewing analysis and network conversation analysis. After this walkthrough, our study identified, in relation to the analyzed bands, the strategies employed in social networking sites in view of fans' participation and engagement, aiming at achieving network popularity. We also analyzed the difficulties and challenges that the independent musicians of our research have faced in order to circulate their art in cyberspace; we have pointed out that this fact is associated to control mechanisms of the traditional media that are occupying the virtual space. Therefore, the so-called network neutrality can be a utopia that is further and further away from being achieved. Our study is interdisciplinary and the analysis bases are the communication sciences and the computer-mediated communication (CMC), since they are a constituent and decisive part of new habits, sociability manners and social relationship practices, merged into the day-to-day basis of billions of people.
Palavras-chave: Comunicação
Cibercultura
Música Independente
Mídias Digitais
Sites de Redes Sociais
Communication
Cyber Culture
Independent Music
Digital Media
Social Networking Sites
Área(s) do CNPq: Artes
Comunicação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE/CCH
Citação: OLIVEIRA, Walline Alves. Apropriações de mídias digitais e dinâmicas de difusão, circulação e consumo da cultura em rede: um estudo netnográfico com bandas independentes de São Luís - MA e Teresina - PI. 2017. 186 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1712
Data de defesa: 20-Jan-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE (PGCULT) MESTRADO INTERDISCIPLINAR

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WallineOliveira.pdfDissertação7,78 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.