???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1487
Tipo do documento: Dissertação
Título: Eficiência da tecnologia LED (Light-Emitting Diode) na captura de mosquito do gênero Anopheles (Diptera: culicidae) e vetores da malária
Título(s) alternativo(s): Efficiency of LED technology (Light-Emitting Diode) in mosquitoes catch of the genus Anopheles (Diptera: culicidae) and vectors of malaria
Autor: Costa Neta, Benedita Maria
Primeiro orientador: REBÊLO, José Manuel Macário
Primeiro coorientador: Silva, Francinaldo Soares
Resumo: O uso diodo emissor de luz (LED) foi avaliado como atrativo para insetos vetores e tem apresentado varias vantagens sobre a lâmpada incandescente convencional, favorecendo o uso da tecnologia LED como uma fonte de luz alternativa para a amostragem de mosquitos de importância médica. Além disso, outros estudos foram realizados a fim de examinar a resposta a diferentes comprimentos de onda, entretanto dados sobre o uso de LED e sua intensidade luminosa para atrair mosquitos anofelinos são escassos. Esse estudo teve como propósito avaliar a eficácia de LEDs e a influência da intensidade da luz nas capturas de mosquitos anofelinos, diante das fases lunares, em área peridomiciliar no Nordeste do Maranhão. No primeiro ensaio as lâmpadas incandescentes convencionais utilizadas em armadilhas luminosas do tipo CDC foram substituídas por LEDs de 5 mm (verde: 520 nm; azul: 470 nm) para avaliar a resposta de mosquitos anofelinos às fontes de luz alternativas, a lâmpada incandescente foi utilizada como controle. Para testar a influência da fase lunar, as coletas foram realizadas sob as quatro fases lunares durante o período de estudo. No segundo ensaio foi analisado a influência da intensidade luminosa nas capturas de mosquitos, foram utilizadas seis armadilhas luminosas com diferentes intensidades de luz: verde (10.000mCD, 15.000mCD, 20.000mCD) e azul (4.000mCD, 12.000mCD, 15.000mCD). Como resultado do primeiro ensaio, um total de 1.845 espécimes e oito espécies foram coletados. As espécies mais frequentes foram Anopheles evansae, representando 35,2%, seguido por An. triannulatus s.l. (21,9%), An. goeldii (12,9%) e An. argyritarsis (11,5%). O LED verde foi à fonte de luz mais eficaz, tendo atraído 43,3% dos indivíduos, seguido do LED azul (31,8%) e o controle (24,9%). As armadilhas com LED foram mais atrativas do que o controle, independentemente da fase lunar. Em todos os testes, as capturas foram mais eficientes quando os LEDs foram usados para atrair os mosquitos anofelinos do que quando utilizou-se o controle. Como resultado do segundo ensaio, um total de 1.650 espécimes e cinco espécies de mosquitos anofelinos foram capturados. A armadilha com LED azul atraiu mais indivíduos (953) do que o verde (697). Quanto às intensidades de luz, o LED verde de 20.000mCD obteve maior atratividade com 39,2% em relação às demais intensidades. Enquanto o LED azul de 15.000mCD atraiu 50,2% dos individuos capturados. A eficiência dos LEDs melhora os resultados de captura com luz, sugere-se o uso de LEDs como atrativo para mosquitos anofelinos e deve ser levado em consideração nas atividades de monitoramento de populações de mosquitos. Além disso, a intensidade luminosa é um fator importante para aumentar o desempenho da armadilha luminosa na atração dos mosquitos, quanto mais intensa a luz, mais insetos são atraídos. Portanto, a intensidade luminosa dos LEDs é um importante atributo para amostragem de insetos vetores.
Abstract: The use of LEDs was evaluated as attractants for insect vectors and there are several advantages over the standard incandescent lamp favoring the use of LED technology as alternative light source for sampling medically important mosquitoes. Therefore, other studies were conducted in order to evaluate the response to the different wavelengths; however data on the use of LEDs and light intensity to attract anopheline mosquitoes are scarce. This study main purpose was to evaluate the efficiency of LEDs and the influence of the light intensity in the captures of malaria vectors upon the lunar phases, in a peridomiciliary area in northeastern Maranhão, Brazil. In the first essay, incandescent lamps routinely used in CDC-type light traps were replaced for 5 mm LEDs (green – 520 nm; blue – 470 nm) to evaluate the response of anopheline mosquitoes to those alternative light sources. However, the incandescent lamp was used as control. To test the influence of moonlight, the collections were undertaken under the four lunar phases during the study period. In the second essay, it was analyzed the influence of light intensity on the captures of mosquitoes, six light traps with LEDs of different light intensities were used: green (10,000 mCD, 15,000 mCD and 20,000 mCD) and blue (4,000 mCD, 12,000 mCD and 15,000 mCD). As a result in the first essay, 1,845 specimens and eight species foi was sampled. The most frequent species were Anopheles evansae, accounting for 35.2%, followed by An. triannulatus s.l.(21,9%), An. goeldii (12,9%) and An. argyritarsis (11,5%). The green LED was the most efficient light source, it had attracted 43.3% of the individuals, followed by the blue LED (31.8%) and the control (24.9%). The LED traps were more attractive than the control, regardless the lunar phase. In all tests, the captures were more efficient when LEDs were used to attract the anopheline mosquitoes than when the control was used. As a result in the second essay, a total of 1,650 specimens and five species of anopheline mosquitoes were sampled. The blue LED attracted more individuals (953) than the green one (697). According to the light intensity, the green LED 20.000mCD had a greater attractiveness showing 39.2% increase related to the others intensities. While the blue LED 15.000mCD has attracted 50.2% of the specimens captured. The efficiency of LEDs improves light trapping results and it is suggested that the use of LEDs as an attractant for anopheline mosquitoes should be taken into consideration when monitoring mosquito populations. Thus, the light intensity was a very important factor in enhancing the light trap performance in attracting the mosquitoes; more intense the light, more insects attracted. However, the light intensity is an important attribute for sampling more efficiently insect vectors.
Palavras-chave: Armadilha luminosa
Diodo emissor de luz
Anofelino
Atração
Intensidade luminosa
Light trap
Light-emitting diode
Anofelino
Attraction
Light intensity
Área(s) do CNPq: Saúde Pública
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE MEDICINA I/CCBS
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE/CCBS
Citação: COSTA NETA, Benedita Maria. Eficiência da tecnologia LED (Light-Emitting Diode) na captura de mosquito do gênero Anopheles (Diptera: culicidae) e vetores da malária. 2017. 89 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1487
Data de defesa: 29-Mar-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BeneditaCosta.pdfDissertação3,38 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.