Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1302
Tipo do documento: Dissertação
Título: MENSAGENS SILENCIOSAS: Gestualidade das professoras da educação infantil em uma escola quilombola em Itapecuru- Mirim /MA.
Título(s) alternativo(s): SILENT MESSAGES: Gestures of the teachers of early childhood education in a quilombola school in Itapecuru Mirim/MA.
Autor: SOARES, Dryelle Patricia Silva Coe
Primeiro orientador: BOTTENTUIT JUNIOR, João Batista
Resumo: O homem é um ser social, biológico, psíquico, cultural e histórico. Ou seja, apenas um organismo é constituído por complexos diferentes. E para desenvolver-se e ser cidadão em algumas sociedades, a educação formal torna-se o fundamento para manutenção ou fortalecimento do sistema. Assim, no âmbito da educação formal, estudaremos a educação infantil, porque é nesse período em que as crianças de zero a cinco anos absorvem através dos gestos, palavras, pelos toques, olhares e sensações e podem construir a sua identidade, atribuindo significado nas relações e nos elementos que as cercam. Também é na infância que os valores e conceitos sobre a vida começam a ser organizados. Faz-se indispensável observar as práticas das professoras que lecionam na primeira etapa da educação básica, pois o seu posicionamento e os seus conhecimentos sobre o desenvolvimento do ser nessa fase será traduzido na relação professor e aluno (adulto e criança). Na pesquisa, investigamos as percepções das professoras sobre a linguagem corporal, visto que através dos movimentos corporais há comunicação e o corpo torna-se o centro da linguagem, ele é vivo. Este trabalho analisou: Quais as percepções das docentes da educação infantil da U.E.B. Quilombola Elvira Pires em relação à influência e/ou interferência das expressões corporais no processo de ensino–aprendizagem de crianças pequenas. A escola está inserida nas terras do quilombo Santa Rosa, localizado no município de Itapecuru – Mirim/MA. E desenvolvemos a temática da linguagem corporal na educação infantil nessa escola quilombola, porque as professoras, além de serem quilombolas, lutam e almejam uma educação de qualidade para as crianças da comunidade. Nesse trabalho, o estudo de caso, transformou-se no caminho a ser percorrido e os instrumentos foram: a entrevista e a observação das aulas (com roteiro). Assim, investigamos as percepções das professoras quilombolas sobre a gestualidade e a expressão corporal em suas práticas pedagógicas na Educação Infantil, realizamos fichamentos (pesquisa bibliográfica), estudamos o Relatório Técnico de Identificação e Delimitação das terras (verificação do documento) e desenvolvemos as ideias que envolvem as relações étnicas e raciais, as diretrizes da educação quilombola, os referenciais curriculares da educação infantil e visões de autores, pesquisadores que empenham-se no estudo da linguagem corporal, destacando a educação. E considerando os resultados da pesquisa, observamos que a linguagem corporal é presente nas atividades culturais da comunidade, obtendo o seu valor no grupo. Também participamos das aulas e verificamos que os alunos refazem os comportamentos das suas educadoras, ou seja, as crianças observam, relatam e expressam as ações das suas professoras conforme o seu imaginário.
Abstract: The mankind is a social, biological, psychological, cultural and historical being. In other words, just an organism is constituted by different complexes. And to grow itself up and be a citizen In some societies, the formal education becomes basis for system fortifying or maintenance. Thus, in the ambit of formal education, We’ll study the child education, because is on this period children between zero and five years absorbs throught gestures, words, for touchs, views and sensations, and therefore They build their identity, attributing significance on the relations and elements around them. Also is during the childhood that values and concepts about life starts to be organized. Does itself needful to observe practices of teaches which educates on first stage of basic education, seeing that their positioning and knowledges about the being development, in this stage, will be translated on the relation between teacher and student (adult and child). During the research, was investigated the teacher’s perceptions about the corporal language, seeing that through the corporal movements has communication and the body becomes itself as the language center, it is alive. This work analysed: What are the perception of child education teachers at U.E.B Quilombola Elvira Pires related to the influence or interference of young children? The school is inserted at Quilombo Santa Rosa’s domain, localized in Itapecury Mirim city (MA state). And We developed the corporal language theme on child education within this quilombola school because the teachers, further off being quilombolas, fight for and prospect one quality education for the children from community. In this work, the study case transformed itself in the path to be coursed and the instruments was: interview and observation of classes (with script). Therefore, We investigate the perceptions of quilombola teachers about gestuality and corporal expression in their pedagogical practices at Children Education, accomplish book reports (bibliographic research), study the Delimitation and Identification Technical Report of the lands (document verification) and We develops ideas envolving racial and ethical relations, the guidelines of quilombola education, curricular referencials of child education, and views of authors and researches that contributes to corporal language study, highlighting the education. Considering the research results, We observes the corporal language is present in cultural activities of community, getting its value as a group. We also participated of classes and was verified that the students rebuilds their teachers behaviors, in other words, They observes, relates, and express actions of their teachers according their imaginary.
Palavras-chave: Linguagem corporal; Ensino-aprendizagem; Educação infantil; Comunidade quilombola Santa Rosa
Corporal language; Teaching and Learning; Child Education; Sata Rosa’s quilombola community
Área(s) do CNPq: Sociologia da Educação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA/CCH
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE/CCH
Citação: SOARES, Dryelle Patricia Silva Coe. MENSAGENS SILENCIOSAS: Gestualidade das professoras da educação infantil em uma escola quilombola em Itapecuru- Mirim /MA.. 2017. [134 folhas]. Dissertação( PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE/CCH) - Universidade Federal do Maranhão, [São Luis] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1302
Data de defesa: 10-Jan-2017
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE (PGCULT) MESTRADO INTERDISCIPLINAR

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dryelle Patricia.pdfDissertação de Mestrado3,75 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.