???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1203
Tipo do documento: Dissertação
Título: AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS DA SOJICULTURA EM UM ECOSSISTEMA AQUÁTICO DA MICRORREGIÃO DE CHAPADINHA, MA
Título(s) alternativo(s): EVALUATION OF ENVIRONMENTAL IMPACTS OF SOJICULTURA IN AN AQUATIC ECOSYSTEM OF MICRO-REGION OF CHAPADINHA, MA.
Autor: Presoti, Antonio Eduardo Pinheiro 
Primeiro orientador: NUNES, Gilvanda Silva
Primeiro membro da banca: Cutrim, Marco Valério Jansen
Resumo: AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS DA SOJICULTURA EM UM ECOSSISTEMA AQUÁTICO DA MICRORREGIÃO DE CHAPADINHA, MA. Os estudos foram realizados na microbacia do Rio Preto, afluente pelo lado direito da bacia do Rio Munim. O rio Preto nasce ao sul do município de Buriti, coordenadas: 3°56'41.96" Sul e 43° 2'31.40" Oeste. Após percorrer cerca de 230 km, deságua no Rio Munim, na localidade de Nina Rodrigues, banhando os seguintes municípios: Buriti, Brejo, Milagres do Maranhão, Anapurus, Mata Roma, Urbano Santos, Chapadinha, São Benedito do Rio Preto e Nina Rodrigues. É uma região predominantemente rural, onde as atividades agrícolas vêm se intensificando nos últimos anos. Os municípios de Buriti, Anapurus, Mata Roma e Brejo vêm desenvolvendo uma agricultura intensiva, com destaque para a sojicultura. Com intuito de conhecer os níveis de contaminação por agrotóxicos no alto curso do Rio Preto, provenientes da sojicultura e de implicações destas contaminações de agrotóxicos na comunidade fitoplanctônica, foram realizadas quatro campanhas de amostragem em três pontos amostrais: Rio Preto - RP2 - latitude 3°51'47,70"S e longitude 43° 02'46,14"O, Rio Preto RP3 - latitude 3°43'19,98"S e longitude 43°00'40,32"O e Rio Preto RP4 - latitude 3°31'34,98"S e longitude 43°02'53,46"O. Estas campanhas foram realizadas no inicio de dezembro de 2007, final de janeiro, final de março e inicio de junho de 2008, considerando as duas primeiras campanhas realizadas no período de estiagem e as duas subseqüentes no período chuvoso. As datas das campanhas também visaram acompanhar o ciclo de plantio da soja, que começa na metade de janeiro e finda na metade de junho, com uma tolerância de dias para o inicio e fim do ciclo de plantio. Foram registrados, in situ, dados sobre a temperatura do ar e da água e, concomitantemente, coletadas amostras de água a 20 cm da superfície para análise das variáveis hidrológicas (pH, oxigênio dissolvido OD, condutividade, sólidos dissolvidos totais, turbidez, nitrogênio sob a forma nitrato e fósforo sob a forma fosfato); biológicas (densidade fitoplanctônica e os índices de riqueza, de eqüitabilidade e de diversidade) e análise de agrotóxicos (alaclor, aldrin, 2,4-D, 2,4,5-T, clorpirifós, clorpirifós-oxon, carbendazim, cipermetrina, monocrotofós, metamidofós, paraquate, thiram e carbofuran). Nas quatro campanhas de amostragem, nos três pontos amostrais (portanto, das doze tomadas de amostras), foi detectada a presença de agrotóxicos em onze das tomadas. Em termos numéricos, dos treze compostos investigados, oito foram detectados. Foi, inclusive, verificada a presença do produto organoclorado aldrin, cujo uso é proibido no Brasil desde a década de 80. Os estudos mostraram uma correlação entre o nível de contaminação de agrotóxicos e o impacto causado pelo aumento do número de células fitoplanctônicas no ponto amostral RP2. Dentre as espécies de fitoplâncton, Oocystis lacustris foi a espécie que apresentou um maior número de indivíduos em relação às outras espécies. A presença dos agrotóxicos e as alterações em populações de espécies fitoplanctônicas vieram comprovar, assim, os impactos ambientais provenientes das atividades sojicultoras na região.
Abstract: EVALUATION OF ENVIRONMENTAL IMPACTS OF SOJICULTURA IN AN AQUATIC ECOSYSTEM OF MICRO-REGION OF CHAPADINHA, MA. The studies were accomplished in in the micronbasin of the Rio Preto, affluent for the right side of the basin of the Rio Munim. The Rio Preto is born to the south of the city of Buriti, coordinated: 3°56' 41.96" South and 43° 2' 31.40" West. After to cover about 230 km, empties in the Rio Munim, in the locality of Nina Rodrigues. The Rio Preto bathes the following cities: Buriti, Brejo, Milagres do Maranhão, Anapurus, Mata Roma, Urbano Santos, Chapadinha, São Benedito do Rio Preto and Nina Rodrigues. It is a predominantly agricultural region, where the agricultural activities come if intensifying in recent years. The cities of Buriti, Anapurus, Mata Roma and Brejo, come developing an intensive agriculture, with prominence for the soya cultivation. With intention to know the levels of contamination of pesticides in the high course of the Rio Preto, proceeding from the soybean cultivation and implications of these contaminations of pesticides in the phytoplankton community four campaigns of sampling in three points had been carried through show: Rio Preto - RP2 - latitude 3°51' 47,70" S and longitude 43° 02' 46,14" , Rio Preto - RP3 - latitude 3°43' 19,98" S and longitude 43°00' 40,32" and the Rio Preto - RP4 - latitude 3°31' 34,98" S and longitude 43°02' 53,46" . These campaigns of sampling are carried through at the beginning of december of 2007, final of january, end of march and beginning of june of 2008, considering the two first campaigns carried through in the period of dry season and the two subsequent ones in the rainy period. The dates of the campaigns had also aimed at to follow the cycle of plantation of the soya crop, that starts in the half of january and ends in the half of June, with a tolerance of days for the beginning and end of the cycle. They had been registered in situ given on the temperature of air and water, concomitantly collected water samples the 20 cm of the surface for analysis of variable (pH, dissolved oxygen - OD, electric conductivity, solids total, turbidez, nitrogen under the form nitrate, phosforus under the form fosfate); biological (phytoplankton density and the diversity and eqüitability, wealth indices; it analyzes of pesticides (alaclor, aldrin, 2,4-D, 2,4,5-T, carbofuran, clorpirifós, clorpirifós-oxon, carbendazim, cipermetrina, monocrotofós, metamidofós, paraquate, thiram and carbofuran). In the four campaigns of sampling, in the three sampling points, therefore, of the twelve taking of samples, they had been detected presence of pesticides in eleven of the taking. In terms of number of pesticides, of the thirteen investigated, they had been detected eight presence. Also detected the presence of organoclorate product - aldrin, forbidden the use, in Brazil, for Portaria Anvisa nº 329/85. The studies had shown a correlation enter the level of contamination of pesticides and the impact caused for the increase of the phytoplankton frame number in amostral point RP2. Amongst the species of phytoplankton, Oocystis lacustris it was the species that presented a bigger number of individuals in relation to the other species. The presence of the pesticides and the alterations in populations of phytoplankton species had come to prove, thus, the ambient impacts proceeding from the farm soy activities in the region.
Palavras-chave: Rio Preto
Qualidade da água
Agrotóxico
Fitoplâncton
Soja
Rio Preto
Quality of the water
Pesticide
Phytoplankton
Soy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA::CONSERVACAO DE BACIAS HIDROGRAFICAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: OCEANOGRAFIA E LIMNOLOGIA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SUSTENTABILIDADE DE ECOSSISTEMAS/CCBS
Citação: PRESOTI, Antonio Eduardo Pinheiro. EVALUATION OF ENVIRONMENTAL IMPACTS OF SOJICULTURA IN AN AQUATIC ECOSYSTEM OF MICRO-REGION OF CHAPADINHA, MA.. 2008. 117 f. Dissertação (Mestrado em OCEANOGRAFIA E LIMNOLOGIA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1203
Data de defesa: 11-Nov-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SUSTENTABILIDADE DE ECOSSISTEMAS

Files in This Item:
File SizeFormat 
ANTONIO EDUARDO PINHEIRO PRESOTI.pdf1,9 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.