???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1182
Tipo do documento: Dissertação
Título: AVALIAÇÃO DAS COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS IMEDIATAS DOS PACIENTES SUBMETIDOS À CIRURGIA DE TUMOR DE HIPÓFISE
Título(s) alternativo(s): EVALUATION OF POSTOPERATIVE COMPLICATIONS IMMEDIATE OF PATIENTS UNDERGOING SURGERY OF TUMOR OF PITUITARY
Autor: Santos, Kenya Mara Veras 
Primeiro orientador: FARIA, Manuel dos Santos
Primeiro membro da banca: Teixeira, Jorge Antonio Meireles
Segundo membro da banca: Costa, Maria do Rosário da Silva Ramos
Resumo: Os adenomas hipofisários são a causa mais comum de massa selar da terceira década em diante, sendo responsável por mais de 10% das neoplasias intracranianas. Estudos recentes apontam para uma prevalência de até 77,6 por 100.000 habitantes. A ressecção cirúrgica pode ser necessária e as complicações pós-operatórias de cirurgia hipofisária incluem: lesão de artéria carótida, fistula liquorica, perfuração de septo nasal, diabetes insipidus, SIADH, insuficiência adrenal, epistaxe, hiponatremia, sinusite, déficit visual, paralisia transitória de nervo craniano, abscesso esfenoidal, meningite, hemorragia no leito do tumor e lesão hipotalâmica. Sendo as três últimas as de maior mortalidade. Neste estudo avaliamos 28 pacientes submetidos à cirurgia de tumor hipofisário via transesfenoidal e 2 por via transcraniana, onde foram observadas as seguintes complicações: fístula liquórica (30%), diabetes insipidus (26,6%) e insuficiência adrenal (13,3%), hemorragia no leito do tumor (6,7%), pneumonia (6,7%) e sinusopatia (3,3%). A taxa de mortalidade foi de 6,7%. Complicações endócrinas podem levar a óbito se não tratadas em tempo hábil. Uma rigorosa avaliação clínica e laboratorial por equipe multidisciplinar é necessária para o bom desempenho no manejo das complicações pós-operatórias dos pacientes submetidos a ressecções de tumor hipofisário, posto que pode antecipar complicações e minimizar seus riscos.
Abstract: The pituitary adenomas are the most common cause of a sellar mass of the third decade onwards, accounting for more than 10% of intracranial tumors. Recent studies indicate a prevalence of up to 77.6 per 100,000 inhabitants. Postoperative complications of hypophyseal surgery include: lesion of the carotid artery, cerebrospinal fluid leak, nasal septum perforation, Diabetes Insipidus, Syndrome of Inappropriate Antidiuretic Hormone Secretion, adrenal insufficiency, epistaxis, hyponatremia, sinusitis, visual loss, transient paralysis of the cranial nerve, sphenoidal abscess, meningitis, hemorrhage in the tumor bed and hypothalamic injury. Being the last three the ones of the highest mortality. This study evaluated 28 patients undergoing surgery of Pituitary tumor by transsphenoidal way and 2 by transcranial and watched the most common complications such as: cerebrospinal fluid leak (30 %), Diabetes Insipidus (26.6 %) and adrenal insufficiency (13.3 %) were found more frequently , followed by bleeding in the tumor bed (6.7%), pneumonia (6.7%) and sinusitis (3.3%). The prevalence of mortality was 6.7%. Endocrine complications can lead to death if not treated timely. A thorough clinical and laboratory evaluation by a multidisciplinary team is necessary for good performance in the management of postoperative complications of patients undergoing resection of pituitary tumor, since anticipate complications and minimize its risks.
Palavras-chave: Tumor hipofisário
Cirurgia hipofisária
Hipopituitarismo
Pituitary tumor
Pituitary surgery
Hypopituitarism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: saúde da mulher e saúde materno-infantil
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL
Citação: SANTOS, Kenya Mara Veras. EVALUATION OF POSTOPERATIVE COMPLICATIONS IMMEDIATE OF PATIENTS UNDERGOING SURGERY OF TUMOR OF PITUITARY. 2012. 60 f. Dissertação (Mestrado em saúde da mulher e saúde materno-infantil) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1182
Data de defesa: 30-Jul-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dissertacao Kenya Mara.pdf781,21 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.