???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1181
Tipo do documento: Dissertação
Título: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE MULHERES IDOSAS ATIVAS E SEDENTÁRIAS NA ALTERAÇÃO DA MEMÓRIA
Título(s) alternativo(s): COMPARATIVE STUDY AMONG ELDERLY WOMEN ACTIVE AND SEDENTARY IN THE CHANGE OF MEMORY
Autor: Soares, Rosa Helena Garbino 
Primeiro orientador: NAVARRO, Francisco
Resumo: Objetivo: Avaliar a memória em mulheres idosas ativas e sedentárias. Método: Estudo analítico do tipo caso controle realizado com 26 idosas sendo estas divididas em dois grupos (ativo e sedentário), com idade entre 60 e 86 anos. A coleta de dados se deu pela avaliação dos dados sóciodemográficos e índice de massa corpórea (IMC), cujas variáveis foram voltadas para: idade, cor, escolaridade, tipo de atividade física adotada e IMC; avaliação da capacidade cardiorrespiratória, através das variáveis frequência cardíaca (FC), frequência respiratória (FR), saturação de oxigênio (SatO2), pressão arterial (PA) e do teste de espirometria com as variáveis volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1), capacidade vital forçada (CVF) e a relação volume expiratório forçado no primeiro segundo e capacidade vital forçada (VEF1/CVF), finalizando com a avaliação da memória com a aplicação dos questionários Meta-memória (MIA), Auto-eficácia (MSEQ) e das listas de supermercado e histórias curtas, que fazem parte da avaliação da auto-eficácia. Resultados: prevaleceu entre as idosas a idade entre 60 a 64 anos (53,8%), cor parda (50%), ensino fundamental completo (38,5%). O IMC entre 17 idosas dos dois grupos ficou menor que 30 kg/m2 (65,38%) e o tipo de atividade física que prevaleceu foi a dança de salão (62,5%); o nível de pressão arterial sistólica (PAS) apresentou diferenças significativas entre os dois grupos ficando entre 135,6 mmHg e 141,0 mmHg. Neste estudo o índice de VEF1, apresentou diferenças significativas entre as idosas ativas e sedentárias, com p menor que 0,05, as CVF e SatO2 não tiveram muita diferença entre os dois grupos. Os resultados do MSEQ nas sub-escalas de nível da auto-eficácia da memória (NAE) e força da auto-eficácia da memória (FAE) entre os grupos tiveram diferenças estatisticamente significativas (p < 0,05). No nível e força das tarefas de memória, foram observadas diferenças significativas (p < 0,05) entre o grupo ativo e o sedentário; na análise de domínios não houve diferença entre os dois grupos; nos Testes de Mann Whitney não foram reveladas diferenças entre as sub-escalas de nível e força nos dois grupos. Os resultados dos questionários MSEQ revelaram que o grupo ativo apresentou um maior número de variáveis estatisticamente significativas, ou seja, P = 0,70 para mais em relação ao grupo sedentário. Em relação ao MIA o grupo ativo apresentou correlação significativa entre as variáveis VEF1 e Controle e CVF e Controle. Conclusão: Conclui-se que a prática de atividade física produz efeitos na memória dos idosos tendo em vista que, ao exercitar o corpo, o idoso melhora a capacidade cardiorrespiratória e o desempenho mental, repercutindo esses resultados de forma positiva em suas atividades de vida diária.
Abstract: Objective: To assess the memory in active and sedentary elderly women. Method: Analytical case-control study with 26 older and these are divided into two groups (active and sedentary), aged between 60 and 86 years. Data collection was done through the evaluation of socio-demographic data and body mass index (BMI), whose variables were facing. Results: prevailed among the elderly aged 60 to 64 years (53.8%), brown (50%), elementary education (38.5%). BMI between 17 older of the two groups was less than 30 kg/m2 (65.38%) and type of physical activity that prevailed was ballroom dancing (62.5%), the level of systolic blood pressure (SBP) showed significant differences between groups being between 135.6 mm Hg and 141.0 mm Hg. In this study the rate of FEV1 showed significant differences between active and sedentary elderly, with p less than 0.05, the FVC and SpO2 were not much difference between the two groups. The results of the sub-scales MSEQ level of memory self-efficacy (NAE) and strength of memory self-efficacy (FAE) between the groups were statistically significant (p less than 0.05). The level and strength of memory tasks, significant differences were observed (p less than 0.05) between the active and sedentary; analysis of areas did not differ between the two groups, the Mann Whitney tests were not revealed differences between the sub-scales and force level in both groups. MSEQ the results of the questionnaires revealed that the active group had a greater number of statistically significant variables, namely P = 0.70 for more sedentary as compared to group. Regarding MIA the active group showed a significant correlation between FEV1 and FVC and Control and Control. Conclusion: It is concluded that physical activity produces effects in the memory of the elderly considering that, while exercising the body, the elderly improves cardiorespiratory fitness and mental performance, reflecting these results positively in their daily activities.
Palavras-chave: Exercícios físicos
Idosas
Memória
Exercise
Elderly
Memory
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::SAUDE MATERNO-INFANTIL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: saúde da mulher e saúde materno-infantil
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL
Citação: SOARES, Rosa Helena Garbino. COMPARATIVE STUDY AMONG ELDERLY WOMEN ACTIVE AND SEDENTARY IN THE CHANGE OF MEMORY. 2012. 111 f. Dissertação (Mestrado em saúde da mulher e saúde materno-infantil) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1181
Data de defesa: 19-Dec-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL

Files in This Item:
File SizeFormat 
DISSERTACAO Rosa Helena.pdf2,06 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.