Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1168
Tipo do documento: Dissertação
Título: QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES TRATADAS POR CÂNCER DE MAMA EM SÃO LUÍS-MA
Título(s) alternativo(s): QUALITY OF LIFE IN WOMEN TREATED BY BREAST CANCER IN SÃO LUIS-MA
Autor: Bezerra, Karla Barros 
Primeiro orientador: Mochel, Elba Gomide
Primeiro membro da banca: Chein, Maria Bethânia da Costa
Segundo membro da banca: Brito, Luciane Maria Oliveira
Resumo: Os efeitos do tratamento do câncer de mama sobre a qualidade de vida têm sido amplamente discutidos na literatura, entretanto, pouco se conhece sobre o assunto no Nordeste do Brasil. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida das pacientes tratadas de câncer de mama no município de São Luís-MA. Foi realizado um estudo de corte transversal com 197 mulheres submetidas a tratamento cirúrgico para o câncer de mama, assistidas no Instituto Maranhense de Oncologia Hospital Aldenora Bello. Foram incluídas no estudo, mulheres tratadas unilateralmente, independente da terapia coadjuvante realizada ou em andamento, sem outra neoplasia As variáveis sócio-demográficas estudadas foram: idade, escolaridade, estado civil, etnia e número de filhos. As variáveis relacionadas ao tratamento foram tipo de cirurgia, tempo desde a cirurgia e terapias neo-adjuvantes e adjuvantes. A qualidade de vida foi avaliada através do FACT-B, aplicado em etapa única por uma equipe de pesquisadores treinados. Para os grupos de variáveis com mais de três classes, foi utilizada a Anova ou Kruskal Wallis. Para aqueles de apenas duas classes, aplicou-se Teste t de Student quando houve distribuição normal ou Mann-Whitney para as variáveis não-paramétricas. Para verificação de Correlação entre si dos Domínios e dos Escores, foi aplicado o teste de Correlação Linear de Pearson. Os níveis de significância adotados para todos os testes foi de &#945; menor ou igual a 0.05. As mulheres apresentaram média de 53,02 anos (DP±11,71), tinham cor branca (44,67%), estavam no ensino fundamental (46,19%), eram casadas ou em união consensual (57,87%) e com uma média de 3,17 filhos (DP±2,73). Quanto à cirurgia, a maioria realizou tratamento radical (mastectomia) (63,46%) e um terço, cirurgia conservadora (36,54%) há menos de 6 anos (92,90%). Terapias neo-adjuvantes não foram adotadas na maioria (86,30%), porém 92,38% receberam tratamento adjuvante. Os valores médios encontrados através do FACT-B demonstram uma tendência para boa qualidade de vida, sendo que o Domínio Funcional foi o mais comprometido e o Escore Total, menos comprometido. Idade, escolaridade, estado civil, etnia, tipo e tempo de cirurgia e terapias adjuvantes influenciaram a qualidade de vida em pelo menos um Domínio ou Escore do questionário, sendo que as relações mais marcantes foram idade com a sub-escala câncer (p=0,0001) e com o escore total FACT-B (p=0,0001) e das terapias adjuvantes com a subescala câncer de mama (p<0,0001). A qualidade de vida encontrada foi relativamente boa, mas foi influenciada negativamente pela mastectomia, pelo menor tempo desde a cirurgia e pelas terapias adjuvantes.
Abstract: The effects of the treatment of breast cancer on the quality of life have been widely discussed in the literature. However, little is known about the subject in northeastern Brazil. The purposewasto evaluatethequality of life of patients treated for breast cancer in Sao Luis, MA. We conducted a cross-sectional study with 197 women Who underwent breast surgery and were attended in a Oncology Reference Hospital in Maranhao. The study included women treated unilaterally, regardless of adjuvant therapy conducted or in progress, no other malignancy. The sociodemographic variables studied were: age, education, marital status, ethnicity and number of children. Variables related to treatment were type of surgery, time since surgery and neo-adjuvant and adjuvant therapy. Quality of life was assessed using the FACT-B, applied in one step by a team of trained researchers. The variables were presented as Mean and Standard Deviation. For the classification groups with more than three classes, we used the ANOVA orKruskal Wallis. For those with only two classes, we applied Student's t test when there was a normal distribution or Mann-Whitney test for nonparametric variables. To check the correlation between them and the scores of the domains, we applied the Pearson linear correlation test. The significance level adopted for all tests was &#945; less than or equal to 0,05.Withanaverage age of 53.02 years (SD ± 11,71), white (44,67%), school (46,19%), married or in consensual union (57,87%) and average of 3,17 children (SD±2,73), women underwent mastectomy (63,46%) or breast conserving surgery (36,54 %), less than 6 years of surgery (92,90%). Neo-adjuvant therapies were not adopted in the majority (86,30%), but 92,38% received adjuvant therapies. The average values through the FACT-B showed a tendency to good quality of life, and the Functional Domain was the most committed and the total score, the less committed. Age, education, marital status, ethnicity, type and duration of surgery and adjuvant therapies influenced the quality of life in at least one Domain or Score of questionnaire, and the relationships were more marked with the sub-scale breast cancer (p=0,0001) and the FACT-B total score (p=0,0001) and adjuvant therapy with sub-scale breast cancer (p<0,0001). Pearson said there was a positive correlation between Domains and the questionnaire Scores. Qualityoflifewas relatively good, but was negatively influenced by mastectomy, the shortest time since the surgery and adjuvant therapies.
Palavras-chave: Câncer de mama
Qualidade de vida
Mastectomia
FACT-B
Breast cancer
Quality of life
Mastectomy
FACT-B
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::SAUDE MATERNO-INFANTIL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: saúde da mulher e saúde materno-infantil
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL
Citação: BEZERRA, Karla Barros. QUALITY OF LIFE IN WOMEN TREATED BY BREAST CANCER IN SÃO LUIS-MA. 2012. 88 f. Dissertação (Mestrado em saúde da mulher e saúde materno-infantil) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2:8080/tede/handle/tede/1168
Data de defesa: 18-Jun-2012
Aparece nas coleções:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE MATERNO-INFANTIL

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao Karla.pdf836,22 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.