???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1025
Tipo do documento: Dissertação
Título: GORDURA ABDOMINAL VISCERAL AVALIADA POR IMAGEM EM HIPERTENSOS DE COMUNIDADES QUILOMBOLAS DE ALCÂNTARA-MA
Título(s) alternativo(s): ABDOMINAL FAT visceral EVALUATED IN PICTURE OF COMMUNITIES hypertensive QUILOMBOLAS ALCÂNTARA-MA
Autor: Cutrim, Mara Silvia Pinheiro 
Primeiro orientador: SALGADO FILHO, Natalino
Resumo: Introdução: O avanço no estudo da obesidade e sua intrínseca associação como causa ou fator de risco para desenvolver hipertensão arterial sistêmica corroborou com a necessidade de uma avaliação mais detalhada da distribuição da gordura corporal, com foco na obesidade central, que se caracteriza pelo predomínio de depósito de tecido adiposo nos compartimentos subcutâneo e visceral do abdome, dando ênfase para o componente visceral, o qual está incluído entre os fatores de risco ou agravantes para o desenvolvimento primordialmente de doenças cardiovasculares. É importante salientar que as morbidades acima referidas têm correlação com a etnia, destacando-se a alta prevalência de hipertensão arterial em adultos jovens e refratária às medicações anti-hipertensivas na população afrodescendente. Objetivo: Identificar quantitativamente a gordura abdominal visceral em hipertensos de Comunidades Quilombolas no Município de Alcântara (MA). Métodos: selecionada a população hipertensa para realizar tomografia computadorizada do abdômen com protocolo pré-estabelecido, realizando corte volumétrico único na altura de L3-L4 ou L4-L5, e posterior análise em estação de trabalho com software apropriado para medir o volume desse tecido adiposo, utilizando-se ponto de corte definido para ambos os sexos. Os exames foram arquivados em computador portátil utilizado exclusivamente para esse fim, contendo programa próprio para visualização de imagem radiológica. Os dados numéricos do volume da gordura visceral foram armazenados no banco de dados informatizado específico criado no programa EPI INFO 2000 para o projeto PREVRENAL. Resultados: Os resultados encontraram forte associação entre as medidas antropométricas e o aumento da gordura visceral, de acordo com os descritos literários de várias pesquisas científicas. Conclusão: Os indicadores antropométricos apresentaram alta correlação com o volume de tecido adiposo visceral, observando-se que as taxas de prevalência da obesidade central na população quilombola, etnia negra, não mostraram diferença percentual importante dos valores descritos na literatura na população em geral.
Abstract: Introduction: Advances in the study of obesity and its correlation with the metabolic syndrome, association with systemic hypertension and diabetes mellitus corroborated the need for a more detailed assessment of body fat distribution, focusing on central obesity, which is characterized by adipose tissue storage compartments predominantly in subcutaneous and visceral abdominal and is inserted between the components of metabolic syndrome, visceral with emphasis on component which can be included among the risk factors for developing or worsening of cardiovascular diseases, and chronic renal disease. Importantly the above morbidities are correlated with ethnicity, highlighting the high prevalence of hypertension in young adults and refractory to anti-hypertensive drugs in the Afro-descendant population. Objective: To quantitatively identify the visceral abdominal fat in the resident population of African descent in Quilombola Communities in the Municipality of Alcântara (MA). Methods: The PREVRENAL research project aimed to estimate the prevalence of kidney disease in adults living in maroon communities in the municipality of Alcântara - MA, and visceral abdominal fat was quantified in hypertensive individuals, diabetics, hypertensive and diabetic selected to perform computed tomography of the abdomen, with protocol single predetermined volumetric section in the L3-L4 time and subsequent analysis in a workstation with appropriate software to measure the amount of adipose tissue, using a cutoff point set for both sexes. The examinations were filed in laptop used exclusively for this purpose, containing own program for radiological image view. Numerical data of the visceral fat volume were stored in specific computerized database created in EPI INFO 2000 to PREVRENAL project. Results: The results found a strong association between the measure of waist circumference and increased visceral fat, according to the literary described in several scientific research. Conclusion: The anthropometric indicators showed high correlation with the amount of visceral adipose tissue, especially waist circumference, higher among men. The prevalence of central obesity rates in the Maroons population, black ethnicity showed no significant difference in percentage values reported in the literature in the general population.
Palavras-chave: gordura visceral
obesidade
hipertensão arterial
tomografia computadorizada
quilombolas
visceral fat
obesity
quilombola communities
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::SAUDE MATERNO-INFANTIL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA/CCBS
Citação: CUTRIM, Mara Silvia Pinheiro. ABDOMINAL FAT visceral EVALUATED IN PICTURE OF COMMUNITIES hypertensive QUILOMBOLAS ALCÂNTARA-MA. 2015. 136 f. Dissertação (Mestrado em SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1025
Data de defesa: 26-Jun-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA

Files in This Item:
File SizeFormat 
DISSERTACAO_MARA SILVIA PINHEIRO CUTRIM.pdf3,44 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.