???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/1022
Tipo do documento: Dissertação
Título: HANSENÍASE NA POPULAÇÃO ESCOLAR DE UM MUNICÍPIO HIPERENDÊMICO DO MARANHÃO
Título(s) alternativo(s): LEPROSY IN THE POPULATION OF A SCHOOL DISTRICT OF hyperendemic MARANHÃO
Autor: Lima, Themys Danyelle Val 
Primeiro orientador: AQUINO, Dorlene Maria Cardoso de
Resumo: A hanseníase é doença causada pelo Mycobacterium leprae, ou bacilo de Hansen, parasita intracelular obrigatório, com afinidade por células cutâneas e por células dos nervos periféricos, que se instala no organismo da pessoa infectada, podendo se multiplicar. O acometimento da doença em menores de 15 anos é prioridade do Programa Nacional de Controle da Hanseníase (PNCH) da Secretaria de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, pois quando a doença se manifesta na infância indica alta endemicidade. Trata-se de um estudo retrospectivo e transversal com abordagem quantitativa com o objetivo de investigar a hanseníase em população de escolares no município de Itapecuru-Mirim/MA e caracterizar os casos notificados de hanseníase em menores de 15 anos no período de 2009 à 2013. No estudo retrospectivo registrou-se 36 casos nos anos de 2009 à 2013, e verificou-se maiores frequências no sexo feminino (72,3%), a faixa etária de 06 a 10 anos (52,7%) 83,3% apresentaram menos de 05 lesões; forma clínica tuberculóide (58,3%); classificação paucibacilar (66,6%), ausência de nervos afetados (94,4%); a baciloscopia não foi realizada em 83,3% dos casos; diagnóstico por demanda espontânea (47,2%); Grau zero de incapacidade física (91,6%).Em ao exame de contatos intradomiciliares, o ano de 2013 teve 100% dos contatos examinados. Para o estudo retropectivo foi realizada busca ativa de casos na população de escolares e obteve-se maiores frequências no sexo feminino (75%); idade correspondente a 11 anos (50%); residência própria (50%); renda referida de mais de um salário mínimo (50%); forma clínica tuberculóide (50%); grau de incapacidade física e ausência de lesões nos nervos (75%); provável fonte de contágio ignorada (50%); presença de uma cicatriz de BCG (75%); tratamento anterior para essa sintomatologia (75%); problema anterior identifidado foram as dermatofitoses (75%). O estudo permitiu a identificação de 04 casos de hanseníase em menores de 15 anos, destacando a importância da realização de outros estudos nessa população.
Abstract: Leprosy is a disease caused by Mycobacterium leprae, or Hansen bacillus, obligate intracellular parasite, affinity with skin cells and cells of the peripheral nerves, which settles in the body of the infected person and can multiply. The involvement of the disease in children under 15 is a priority of the National Program of Leprosy Control (PNCH) of the Department of Epidemiological Surveillance of the Ministry of Health, for when the disease manifests in childhood indicates high endemicity. This is a retrospective cross-sectional study with a quantitative approach in order to investigate the leprosy in rural schoolchildren in the city of Itapecuru-Mirim / MA and characterize the reported cases of leprosy in children under 15 years from 2009 to 2013. In the retrospective study enrolled 36 cases in 2009 to 2013 and found most frequent in females (72.3%), the age group 06-10 years (52.7%) 83.3% had less than 05 lesions; tuberculoid clinical form (58.3%); paucibacillary classification (66.6%), lack of nerves affected (94.4%); smear microscopy was not performed in 83.3% of cases; diagnostic spontaneous demand (47.2%); Disability zero degree (91.6%). In the examination of household contacts, the year 2013 had 100% of the contacts examined. For cross-sectional study was conducted active case finding in the school population and obtained higher frequency in females (75%); corresponding to 11 years old (50%); own home (50%); more than a minimum wage that income (50%); tuberculoid clinical form (50%); physical disability and no damage to the nerves (75%); likely ignored source of contagion (50%); presence of a BCG scar (75%); Previous treatment for these symptoms (75%); identified previous problem were dermatophytosis (75%). The study allowed the identification of 04 cases of leprosy in children under 15 years, highlighting the importance of further studies in this population.
Palavras-chave: mycobacterium leprae
hanseníase
escolares
mycobacterium leprae
leprosy
school
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE DOENCAS CONTAGIOSAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA/CCBS
Citação: LIMA, Themys Danyelle Val. LEPROSY IN THE POPULATION OF A SCHOOL DISTRICT OF hyperendemic MARANHÃO. 2015. 81 f. Dissertação (Mestrado em SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/1022
Data de defesa: 27-Nov-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DO ADULTO E DA CRIANÇA

Files in This Item:
File SizeFormat 
DISSERTACAO_THEMYS DANYELLE VAL LIMA.pdf786,36 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.