???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/916
Tipo do documento: Dissertação
Título: MESOCARPO DO COCO BABAÇU (Orbignya speciosa) MODIFICADO COM AMINAS COMO REMOVEDORES DE ÍONS COBRE EM MEIO AQUOSO E EM AGUARDENTE DE CANA-DE-AÇÚCAR.
Título(s) alternativo(s): MESOCARP (Orbignya speciosa) WITH MODIFIED AMINES AS REMOVERS COPPER IONS IN AQUEOUS MEDIUM AND IN BRANDY OF CANE SUGAR.
Autor: Barros, Willyam Róger Padilha 
Primeiro orientador: BEZERRA, Cícero Wellington Brito
Primeiro membro da banca: Maciel, Adeilton Pereira
Resumo: O mesocarpo do coco babaçu foi quimicamente modificado com metaperiodato de sódio (MBOA) e, posteriormente, com as aminas: etilenodimanina (MBED), dietilenotriamina (MBDT) e trietilenotetramina (MBTT). Os sólidos foram preparados na faixa granulométrica 0,088 - 0,177 mm, caracterizados por espectroscopia vibracional, ressonância magnética nuclear de 13C, raios X, análise elementar, pHzpc e estudados quanto a remoção de íons Cu2+ a partir de meios aquoso, hidroalcoólico e em aguardente de cana-de-açúcar. Todos os experimentos foram conduzidos em batelada, a temperatura (25 ± 1°C) e agitação constante. As concentrações do adsorvato foram determinadas por espectrofotometria de absorção atômica. As alterações nos espectros vibracionais e de ressonância, difratograma, teores de C, H e N, além dos valores de pHzpc em relação ao sólido in natura, foram atribuídas as modificações propostas. O abaixamento do valor de pHzpc com as modificações permitiu o aumento da capacidade de adsorção de íons Cu2+. Em pH 6,0 para ambos os meios, foram obtidos os maiores valores de capacidade de adsorção. Os tempos de equilíbrio foram 60 min para todas as matrizes em meio aquoso, e 30 min para todas as matrizes em meio hidroalcoólico. O processo cinético para todos os sistemas estudados foi regido pelo modelo de pseudo-segunda ordem. As isotermas de adsorção obedeceram mais de perto ao modelo de Langmuir para as matrizes no meio hidroalcoólico. As quantidades máximas de adsorção (mg g-1) determinadas foram: meio aquoso, MBOA= 124,62; MBED= 49,71; MBDT= 54,97; MBTT= 56,82; meio hidroalcoólico, MBOA= 131,62; MBED= 125,65; MBDT = 138,0; MBTT= 145,15. Os testes em amostra de aguardente indicaram que a utilização de apenas 1,0 g L-1de adsorvente, é capaz de reduzir a concentração de íons Cu2+, deixando a aguardente de cana-de-açúcar dentro do padrão exigido pela legislação Brasileira.
Abstract: The babassu coconut mesocarp was chemically modified with sodium metaperiodate (MBOA) and subsequently with the following amines: ethylenedianine (MBED), diethylenetriamine (MBDT) and triethylenetetramine (MBTT). The solids were prepared having a granulometry comprised between 0,088 0,177 mm, and they were characterized by vibrational spectroscopy, 13C nuclear magnetic resonance, X-ray, elemental analysis, pHzpc and they also they were applied to the removal of Cu2+ from aqueous, hydro alcoholic and brandy samples mediums. All the experiments were conducted in batch, under temperature (25 ± 1 °C) and stirrer constant. The adsorbate concentrations were determined by atomic absorption spectrophotometry. The vibrational and resonance spectral changes in relation to the raw material, as well as the differences in the C, H and N contents, and pHzpc values between unmodified and modified solids were attributed to the surface modification. The lowering in pHzpc values with the modification allowed to enhancement of their adsorption capacity with respect to Cu2+. For both media, the best pH value for the adsorption was 6.0. The times required to achieve equilibrium were 60 min for all materials in aqueous solution, and 30 min for all materials in hydro alcoholic medium. The kinetic process for all studied systems was governed by the pseudo-second order model. The adsorption isotherms fitted better model Langmuir´s for experiments in hydro alcoholic medium. The maximum adsorption capacities (mg g-1) obtained were: aqueous solution, MBOA = 124.62; MBED = 49.71; MBDT = 54.97; MBTT = 56.82; hydro alcoholic medium, MBOA = 131.62; MBED = 125.65; MBDT = 138.0; MBTT = 145.15. The conducted tests on the brandy samples indicated that only 1.0 g L-1 of the adsorbent is enough to reduce the Cu2+ concentration for the label required by the Brazilian legislation.
Palavras-chave: mesocarpo
modificação de superfície
aminas
adsorção
cobre
mesocarp
surface modification
amines
adsorption
copper
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: QUIMICA
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA/CCET
Citação: BARROS, Willyam Róger Padilha. MESOCARP (Orbignya speciosa) WITH MODIFIED AMINES AS REMOVERS COPPER IONS IN AQUEOUS MEDIUM AND IN BRANDY OF CANE SUGAR.. 2010. 108 f. Dissertação (Mestrado em QUIMICA) - Universidade Federal do Maranhão, São Luis, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/916
Data de defesa: 15-Oct-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUIMICA

Files in This Item:
File SizeFormat 
WILLYAM ROGER PADILHA BARROS.pdf1,02 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.