???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tedebc.ufma.br/jspui/handle/tede/tede/615
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ESPAÇO URBANO ENQUANTO EXPRESSÃO DA LUTA DE CLASSES: O CASO DE PALMAS TO
Título(s) alternativo(s): URBAN SPACE AS A CLASS STRUGGLE OF EXPRESSION: the case Palmas-TO
Autor: Oliveira, Milena Pereira da Silva 
Primeiro orientador: FREITAS, Cesar Augustus Labre Lemos de
Resumo: Apesar do planejamento que envolve a criação da cidade de Palmas, criada para ser a capital do estado do Tocantins, o que se observa a partir da análise da sua ocupação foge aos critérios planejados. Ao invés de uma ocupação ordenada, partindo da área central para evitar o espraiamento da população por toda a cidade (conforme foi planejado), verifica-se uma ocupação que atende aos interesses políticos e do mercado imobiliário, com expulsão das famílias de baixa renda para a periferia e a criação de áreas destinadas à ocupação popular em contraste com a existência de várias áreas ociosas no centro da cidade. Observa-se assim, que o planejamento de Palmas (centrado nas ações do poder público) não foi suficiente para evitar que se estabelecessem na cidade alguns problemas (como segregação socioespacial e forte especulação imobiliária, por exemplo) típicos de cidades que passaram por um processo de urbanização rápido e intenso diante do processo de industrialização (contexto não vivenciado por Palmas). Dessa forma, entende-se que a persistência desses problemas é fruto das relações sociais estabelecidas que se caracterizam pela apropriação de riquezas a partir da produção do espaço urbano. Entende-se também, que essa relação tende a se perpetuar, independentemente da existência de planejamento, desde que tal planejamento seja concentrado apenas nas ações desenroladas pelo Estado, sem que haja um maior engajamento da sociedade civil (principal interessada na produção do espaço urbano) no planejamento das cidades, como estratégia para eliminar o caráter puramente mercantil da produção e apropriação do espaço urbano.
Abstract: Despite all the planning involving the creation and construction of the city of Palmas, built to be the capital of the Tocantins state, it is possible to observe from the analysis of its occupation that the actual urban configuration of the city flees from the planned standards. Instead of an organized occupation, starting from the central area to avoid the population spreading through the entire city (as it was planned), it is verified an occupation that serves the political and property market interests, with the expulsion of low income families to the periphery, the creation of areas designated to popular occupation contrasts with various idle areas on the centre of the city. It is observed that the planning of Palmas (centered on the public authority) was not enough to avoid typical problems (as spatial segregation and housing speculation as an example) from cities that have been through a fast urbanization and through a intense industrialization process (a context not experienced by Palmas).Therefore, it is recognized that the persistence of the problems are result of established social relations characterized by the appropriation of wealth from the space production. Furthermore, this relation tends to perpetuate, not relying on the existence of a planning, since the planning is centered only on the actions done by the estate, without any commitment from the civil society (the main interested on the urban space production) on the planning of the city, as a strategy to eliminate the characteristics of a pure mercantile production and appropriation of the urban space.
Palavras-chave: planejamento urbano
palmas-TO
sociedade civil
Produção do espaço
urban planning
palmas-TO
civil society
space production
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Maranhão
Sigla da instituição: UFMA
Departamento: Desenvolvimento Socioeconomico
Programa: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO/CCSO
Citação: OLIVEIRA, Milena Pereira da Silva. URBAN SPACE AS A CLASS STRUGGLE OF EXPRESSION: the case Palmas-TO. 2014. 146 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Socioeconomico) - Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tedebc.ufma.br:8080/jspui/handle/tede/615
Data de defesa: 28-May-2014
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO DE MESTRADO - PROGRAMA DE POS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SOCIOECONOMICO

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dissertacao_MILENA PEREIRA DA SILVA OLIVEIRA.pdf2,12 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.